Novo Personagem de Free Fire, Skyler, manterá o desequilíbrio do jogo

84

Desde que foi lançado, o personagem de Cristiano Ronaldo, conhecido como Chrono, causou um sério desequilíbrio no game. Constantes críticas e reclamações dos jogadores tomaram conta das redes sociais da Garena. Não é de se surpreender, portanto, que rapidamente algo fosse feito, fosse um nerf, ou até mesmo um novo personagem de Free Fire capaz de anular a habilidade da barreira. Skyler vem ai, mas ao invés de equilibrar o game, só irá atrapalhar mais ainda.

A barreira Chrono

Só para contextualizar, a habilidade de Chrono cria uma barreira que dura até 12seg e aguenta 600 de dano (o mesmo dano que o jogador leva, variando de cada arma). Tal habilidade se tornou extremamente problemática para quem não a possui, pois frequentemente causa uma desvantagem enorme no confronto direto. Não é incomum jogadores irem para cima em um espaço aberto, o outro vai pra cima também e, de repente, o primeiro ativa a habilidade, deixando o adversário sem qualquer defesa, enquanto fica seguro dentro da barreira. Fica claro a grande desvantagem e não demorou para que muitos pegassem ranço da habilidade, até mesmo quem a possui.

Chrono é a consequência de uma parceria da Garena com Cristiano Ronaldo, a segunda parceria do game com um celebridade – a primeira havia sido com o DJ Alok. Ambas geraram personagens com habilidades poderosas. Talvez com a noção de que seria problemática, a empresa deu o personagem Chrono por qualquer recarga – algumas podiam ser feitas por três reais. Parece pouco, não é? Pois bem, era por tempo limitado e mesmo três reais podem ser muito para quem tem pouco.

Costumava ser um jogo para todos

Free Fire se orgulha de ser um jogo democrático, foi assim que se tornou tão popular. Com gráficos simples e que geram muitas piadas pela Internet, o game rodava em aparelhos mais modestos e automaticamente atingiu um público que outros concorrentes não são capazes. Com as recentes atualizações, cada vez menos essa é a realidade, com um peso além do comum e se aproximando dos concorrentes no gênero. O grande problema, porém, se iniciou em Alok. Como eu disse, foi a primeira grande parceria da Garena e causou um sucesso tão grande, que deve ter gerado uma necessidade enorme de que fossem feitas mais.

Cristiano Ronaldo veio com uma missão bem simples: Uma habilidade que fosse boa o suficiente para bater de frente ou superar Alok. Isso porque ambas habilidades precisam ser ativadas através do HUD do jogo e cada jogador pode utilizar somente uma habilidade deste estilo. Tal premissa se tornou perigosa, afinal, toda habilidade ativa precisa necessariamente ser de alto nível, ou será ignorada desde seu lançamento.

Além da necessidade de não lançar uma parceria irrelevante, a empresa partiu do principio de que tais habilidades são tão chamativas, que todos irão gastar dinheiro para tê-las. Grande erro. Antes, o game apostava em skins e personagens com leve vantagens para obter lucro. Assim sendo, quem recarregava, tinha pouca ou nenhuma vantagem em relação aos demais, em um equilíbrio importantíssimo para um jogo online. Exigir qualquer recarga, mesmo uma de três reais, para que se possa manter competitivo, vai totalmente contra o principio que tornou o game tão popular.

Problemas não são de hoje

Os problemas do game não são de hoje. No fim do ano passado, Free Fire estava tomado por hackers. Atualizações e mais atualizações reduziram bastante o problema, mas ainda não o consertaram totalmente. Além disso, bugs são notados e ignorados. Só para curiosidade, testei um dos chamados Servidores Avançados, em que jogadores testam atualizações antes de serem lançadas e enviam relatórios para a empresa decidirem se as novidades vão para o jogo oficial.

Quando participei do servidor, em partidas de Contra Squad, diversas vezes iniciei a partida morto. Era de se esperar que isso fosse corrigido antes da nova atualização chegar. No entanto, não foi o que ocorreu. Faz meses que isso aconteceu e a atualização não só veio com este problema, como ele ainda ocorre até hoje. Fica a impressão que o chamado Servidor Avançado serve só de propaganda para as novidades do game, que serão lançadas independente dos relatórios.

Uma soma de fatores

Agora, some os fatores que mencionei antes, que se acumularam ao longo do ano passado, com o lançamento de Chronos? Muito hate. Afastando seu principal nicho, a Garena arrisca a popularidade do jogo mais democrático do cenário. Skyler, ainda não lançado nos servidores brasileiros, segue o problema que mencionei sobre as habilidades ativas: precisa ser “roubado”, ou ninguém vai comprar usar.

A habilidade de Skyler, Novo Personagem de Free Fire (no nível 6 – o máximo.)

Dispara uma onda sônica para frente, causando danos a cinco paredes de gel dentro de 100 metros. Tempo de recarga 40 segundos. Cada parede de gel atingida resultará em um aumento na velocidade de cura a partir de 9 pontos. Efeitos de recuperação não acumulam.

Resumindo: Ele destrói até cinco Gels de qualquer distância – 100 metros é praticamente a renderização máxima do jogo. Além disso, ao jogar um Gel, ele encherá 40 pontos de vida, independente de sua habilidade estar ativa ou não. Não chega a ser um grande problema no confronto direto, como é a barreira Chrono, porém, é uma grande vantagem para quem tiver a possibilidade de comprá-lo. Novamente, indo contra o princípio de manter o game competitivo para todos. A esperança era que Skyler chegasse para nerfar Chrono. Sua habilidade poderia destruir a barreira, então? Poderia, mas não vai! A barreira continua invicta contra qualquer coisa, praticamente.

Como corrigir o problema?

Seria fácil reequilibrar a jogabilidade ao simplesmente impedir que quem esta dentro da barreira possa atirar pro lado de fora (ou seja, a barreira impediria você de tomar tiro, mas também impediria de você atirar em quem esta fora dela). No entanto, talvez a empresa não tenha coragem de fazê-lo, pois geraria muita reclamação de quem pagou por algo que não teria mais. Talvez fosse até o caso de gerar reembolsos para evitar problemas judiciais. É muito improvável, portanto, que isso venha a acontecer. Mas, não é minha função como blogueiro ou jogador, dar as soluções para uma empresa multimilionária que deve ter muitos funcionários e dinheiro para encontrar soluções. Porém, a cada atualização não parece que isso ocorrerá. Se o novo personagem de Free Fire, Skyler, destruísse Chrono também e fosse dado de graça, eu acreditaria na boa vontade da Garena.

No momento, a impressão que fica, é que seu público alvo inicial esta sendo deixado de lado em nome dos compradores de diamantes e das competições. O tempo dirá se não é – provavelmente – um tiro no pé.

Confira mais notícias de Free Fire e outros games aqui no Meta Galáxia!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here