Blue Lock: Uma linha do tempo completa

Blue Lock

Blue Lock: Uma linha do tempo completa

Em Blue Lock, jogadores de futebol do ensino médio de todo o Japão se reúnem em um centro de treinamento para competir pelo título de melhor atacante do mundo. O Projeto Blue Lock tem como objetivo criar o jogador perfeito para a seleção japonesa, colocando 300 jogadores uns contra os outros em uma série de competições intensas e desafiadoras.

Blue Lock é muito mais do que um anime esportivo comum. A série coloca um grande foco nos relacionamentos entre os jogadores, explorando seus motivos para entrar na competição e destacando seu crescimento pessoal. Embora o Projeto Blue Lock comece com 300 concorrentes, ele rapidamente reduz esse número, tornando a competição cada vez mais acirrada conforme a história avança. É uma narrativa cheia de emoção, drama e muito futebol, que prende a atenção do início ao fim.

  • Atualmente, a adaptação em anime do mangá de Muneyuki Kaneshiro e Yusuke Nomura está disponível na plataforma de streaming Crunchyroll.

O protagonista Yoichi Isagi se junta ao projeto Blue Lock

A narrativa começa com o protagonista, Yoichi Isagi, enfrentando uma derrota dolorosa em um jogo importante nas Eliminatórias Nacionais de Futebol Escolar. Ao voltar para casa, ele é surpreendido por sua mãe, que lhe entrega uma carta da Associação Japonesa de Futebol sobre o controverso Projeto de Melhoria do Jogador – o famoso Projeto Blue Lock. Curioso e determinado a saber mais, Isagi decide se juntar aos outros 299 jogadores na instalação.

Jinpachi Ego, o criador do Blue Lock, reúne os jogadores e explica seu grande objetivo: criar o melhor atacante do mundo e tornar o Japão capaz de vencer a Copa do Mundo. Para alcançar isso, os jogadores vão morar nas instalações e seguir um regime de treinamento rigoroso. O Projeto Blue Lock não é brincadeira – quem for eliminado terá sua carreira no futebol praticamente destruída e não poderá representar o Japão no futuro. A pressão é enorme, mas para Isagi e seus colegas, é uma oportunidade única de se tornarem verdadeiras estrelas do futebol.

A primeira seleção elimina os jogadores mais fracos

Blue Lock | Muneyuki Kaneshiro | Yusuke Nomura | Studio 8-Bit
Blue Lock | Muneyuki Kaneshiro | Yusuke Nomura | Studio 8-Bit
  • Capítulo 5-38 (Mangá), Ep. 3-11 (anime)

Logo após chegarem aos dormitórios, os competidores são colocados à prova com altas apostas – perder significa ser eliminado. Um intenso jogo de pega-pega testa os instintos dos jogadores, revelando que Isagi ocupa o 299º lugar entre 300 competidores. Pouco depois, Jinpachi Ego anuncia o torneio round-robin da Primeira Seleção, dividindo os 300 jogadores em 25 equipes de cinco subseções. Apenas as duas melhores equipes avançarão no Projeto Blue Lock, e os jogadores podem progredir de duas maneiras: pela pontuação da equipe ou pelos gols que marcam individualmente.

Essas regras criam conflitos dentro dos jogos, com alguns jogadores buscando marcar mais pontos egoisticamente, em vez de colaborar como equipe. Como parte do Time Z, uma das equipes mais baixas no ranking do Projeto Blue Lock, Isagi e seus aliados enfrentam desafios significativos. Inicialmente derrotados por 5-1 no primeiro jogo, eles se unem melhor como equipe e conseguem uma vitória crucial no segundo jogo. Um empate emocionante de 4-4 com o Time W coloca o Time Z em uma partida decisiva na terceira rodada contra o Time V, onde conseguem uma vitória apertada por 5-4. Não é a toa que muitos dizem que o anime tá mais para um Battle Royale – não um Squid Game. Acho que tamo sendo obrigados a concordar, né?

Os 125 concorrentes restantes são colocados à prova

Blue Lock | Muneyuki Kaneshiro | Yusuke Nomura | Studio 8-Bit
Blue Lock | Muneyuki Kaneshiro | Yusuke Nomura | Studio 8-Bit
  • Capítulo 39-86 (Mangá), Ep. 11-22 (anime)

Após o Time Z sobreviver à Primeira Seleção, Ego leva os jogadores rapidamente para uma Segunda Seleção ainda mais rigorosa, que reduzirá os competidores remanescentes para apenas 35. Esta fase é dividida em 4 etapas, cada jogador precisando passar por todas em sequência para avançar.

A primeira etapa apresenta um desafio com um goleiro holográfico, onde os competidores devem marcar 100 gols em 90 minutos para progredir. A dificuldade aumenta progressivamente com a adição de hologramas extras, tornando a tarefa de marcar um gol cada vez mais desafiadora.

Em seguida, os jogadores enfrentam uma série de partidas intensas que determinam o destino do Projeto Blue Lock. Após várias rodadas emocionantes, a Segunda Seleção chega ao seu “estágio claro”, onde equipes de quatro jogadores competem e a primeira a marcar 5 gols vence. O time vencedor escolhe um jogador da equipe perdedora para se juntar a eles, e após o Time de Isagi ser derrotado, ele é escolhido com gratidão para se juntar a uma equipe vitoriosa e continuar sua jornada em direção aos seus objetivos.

Esta fase intensa não apenas testa as habilidades técnicas dos jogadores, mas também sua capacidade de trabalho em equipe e resiliência sob pressão, fazendo do Projeto Blue Lock uma saga emocionante e cheia de reviravoltas.

Os jogadores da terceira seleção devem coexistir com a elite da Blue Lock

BLUELOCK Nagi
Blue Lock | Muneyuki Kaneshiro | Yusuke Nomura | Studio 8-Bit
  • Capítulo 87-108 (Mangá), Ep. 23-24 (anime)

Com apenas 35 jogadores restantes no Projeto Blue Lock, a Terceira Seleção de Ego pressiona os sobreviventes a colaborarem com os seis melhores competidores de todo o projeto. Esses craques são Rin Itoshi, Ryusei Shido, Tabito Karasu, Eita Otoya, Kenyu Yukimiya e Seishiro Nagi, todos destacados na Blue Lock. Os seis principais foram distribuídos em três equipes: Rin e Shido lideram o Time A, Karasu e Otoya capitaneiam o Time B, e Yukimiya e Nagi completam o Time C.

Segue-se uma série de cinco partidas, onde os 35 jogadores competem sob a liderança da elite da Blue Lock. Ao fim, Ego aparece e revela o Blue Lock Eleven — a formação inicial oficial do Team Blue Lock. Isagi é escolhido como meio-campista ofensivo, uma jornada notável desde seus dias como o 299º de 300 no início do projeto.

Mostrando as suas habilidades para o mundo

 Muneyuki Kaneshiro | Yusuke Nomura
Blue Lock | Muneyuki Kaneshiro | Yusuke Nomura
  • Capítulo 109-151 (mangá)

Com o grupo Eleven formado, o novo time faz sua estreia pronta para enfrentar seu rival destinado, o Japão Sub-20 — a equipe que o Projeto Blue Lock foi criado para superar. Neste momento crucial, Ego está mais perto do que nunca de alcançar seu objetivo e espera que o time tenha um desempenho que garanta a vitória (o que o colocaria no comando da seleção japonesa de futebol). O time é composto exclusivamente por atacantes, todos conhecidos por seus estilos de jogo egoístas e agressivos, o oposto da abordagem de seus rivais no Sub-20.

O confronto entre essas equipes de elite testa suas estratégias distintas. Em um jogo emocionante entre o Sub-20 e o Eleven, Isagi marca o gol decisivo no final, virando o jogo e garantindo a vitória por 4-3 para o Blue Lock. Com Ego conquistando sua primeira vitória significativa sobre o Japão e o mundo do futebol, todos agora estão de olho no Blue Lock Team, ansiosos para ver seus próximos passos.

Os jogadores se preparam para a Copa do Mundo

 Neo Egoist League Arc
Neo Egoist League Arc em Blue Lock | Muneyuki Kaneshiro | Yusuke Nomura
  • Capítulo 152 – Contínuo (Mangá)

Depois da impressionante vitória do Blue Lock sobre a seleção sub-20 do Japão, Isagi se destacou como um dos jogadores mais valiosos do time. Ego ganhou controle total sobre a Seleção Japonesa, atraindo o interesse de muitos investidores para apoiar seus esforços. Com novos recursos à disposição, ele intensifica o treinamento dos jogadores para prepará-los para a Copa do Mundo e transforma o Blue Lock em um programa de entretenimento transmitido globalmente.

O Projeto Blue Lock agora se assemelha às cinco principais ligas de futebol da Europa com a Neo Egoist League. Os jogadores remanescentes do Blue Lock Team se juntam aos talentos da França, Alemanha, Inglaterra, Itália e Espanha. Dependendo do país escolhido, eles treinam ao lado de jovens jogadores de nível sub-20 dessas nações e competem em partidas intensas, elevando o nível competitivo do Blue Lock para novos patamares.

Ego decide colocar as suas equipes em outro torneio Round Robin, onde os jogadores enfrentam equipes de classe mundial. É uma oportunidade para eles se destacarem e garantirem um lugar na nova seleção Sub-20 do Japão para a Copa do Mundo. Neste ponto da história do Blue Lock, novos personagens e times foram introduzidos, como o Bastard München, onde Isagi joga como meio-campista ofensivo, e o FC Barcha.

O arco Neo Egoist League da série em mangá Blue Lock está em pleno andamento, com o torneio sendo uma parte crucial da seleção e treinamento liderados por Ego, visando formar o melhor time do mundo. Tudo isso está sendo feito em preparação para a Copa do Mundo Sub-20, que será o grande teste para Ego e o Projeto Blue Lock, colocando à prova todo o trabalho árduo realizado até agora.

Trailer oficial

Você sabia que o portal Meta Galáxia possui muitas resenhas e análises? Se procura por mais animes legais, você também poderá conferir em nosso portal: Resenha da 1ª temporada de Solo Leveling, a fantasia sombria do momento Resenha da 1ª temporada de A Sign of Affection: Compensou acompanhar?? Nós também temos em nosso portal: Resenha da 1ª temporada de The Unwanted Undead Adventurer (2024): Compensa assistir essa fantasia sombria?? Curte mangás? Se sim, vai gostar da última resenha: Resenha de Showa Volume 01, mangá de Shigeru Mizuki. E se você procura por mangás legais, pode conferir: Resenha de Vênus Invisível: Coleção de Histórias Curtas, com o Melhor de Junji ItoResenha de GoGo Monster, mangá de Taiyo Matsumoto e Resenha de Hitler, mangá de Shigeru Mizuki publicado pela Editora Devir!! Além disso, você também pode ler a nossa matéria: Critérios – Como fazemos Críticas e Análises.

Elaine Dias
Adoradora de animes e mangás, gosto de escrever minhas opiniões sobre tudo que leio e assisto. Ah, de vez em quando também jogo no PC ou Nintendo Switch. Se gostar das minhas matérias, deixe seu comentário pra gente conversar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here