Chainsaw Man: Aki Hayakawa é o personagem mais interessante da obra

O anime Chainsaw Man está tornando Denji selvagem, violento e divertido, mas Aki Hayakawa é mais atraente pela profundidade, emoção e vulnerabilidade em mãos.

Aki Hayakawa em ‘Chainsaw Man’ | Tatsuki Fujimoto, Shueisha, MAPPA
Aki Hayakawa em ‘Chainsaw Man’ | Tatsuki Fujimoto, Shueisha, MAPPA

Chainsaw Man: Aki Hayakawa é o personagem mais interessante da obra

Um aspecto importante de Chainsaw Man, mangá escrito e ilustrado por Tatsuki Fujimoto, é como revela mais sobre os demônios travando uma guerra no Japão e a reação humana a tudo isso. O Demônio da Arma está agora em jogo, na adaptação em anime disponível via Crunchyroll, causando estragos em toda a terra. E é exatamente por isso que Makima quer Denji em o foco na missão. E Denji não está entendendo a gravidade da situação.

O que vale a pena notar é que Aki Hayakawa está ciente de como o Demônio da Arma é uma arma de destruição em massa. Isso faz com que mais da história de Aki Hayakawa se revele nos episódios do anime e nos capítulos do mangá, aproximando os fãs de suas ambições. No processo, ele acaba parecendo a figura mais envolvente. Vamos aos detalhes, mas cuidado! O texto tem spoilers da série em anime e do mangá. Caso seja novo no tema, confira em nosso portal: Guia Chainsaw Man: tudo sobre o anime e o mangá, teorias, resenhas e muito mais!

Aki Hayakawa ficou órfão graças aos ataques do Demônio da Arma

Aki Hayakawa em ‘Chainsaw Man’ | Tatsuki Fujimoto, Shueisha, MAPPA
Aki Hayakawa em ‘Chainsaw Man’ | Tatsuki Fujimoto, Shueisha, MAPPA

Flashbacks mostraram que ele era um pré-adolescente comum, um tanto insolente para com seus pais e irmão mais novo. O que não significava que não gostasse de sua família. Infelizmente, uma explosão eviscerou sua casa, deixando o jovem Aki sozinho. Isso partiu seu coração, confirmando por que ele passou a odiar demônios e também o porque dele considerar humanos híbridos como abominações. É por isso que ele é impaciente com Denji, embora o protagonista seja seu colega de trabalho. De qualquer forma, Aki Hayakawa ingressou na Unidade de Segurança Pública ainda novo, com a intenção de assassinar todos os demônios em vingança, até mesmo usando acordos com outros demônios para fazer o trabalho.

Coincidentemente, Himeno também perdeu sua família também, e é por isso que ela e Aki Hayakawa são parceiros na organização. Isso cria imediatamente um vínculo único onde eles podem se curar como irmãos. Dado que Himeno tem um Demônio Fantasma que permite que ela mate à distância usando essa força invisível, existe até a triste possibilidade de eles se perderem ao abusar de seus demônios enquanto buscam vingança.

Aki Hayakawa atualmente tem a melhor história na adaptação de Chainsaw Man

Aki Hayakawa em ‘Chainsaw Man’ | Tatsuki Fujimoto, Shueisha, MAPPA
Aki Hayakawa em ‘Chainsaw Man’ | Tatsuki Fujimoto, Shueisha, MAPPA

Até agora, a série em anime desenvolveu a história de Aki mais do que a história Himeno. É ele quem tenta manter Denji e Power sob controle, odiando-os por seu poder, mas sendo um hipócrita. Afinal, ele também usa demônios. Ainda assim, é uma coisa engraçada em Aki Hayakawa. O problema será se ele acabar se perdendo na escuridão, ultrapassando a linha e até brigando com um Himeno que pode chamá-lo parece o arco mais sutil.

E é esse tema de família que tem mais substância do que Denji tentando matar demônios, ganhar dinheiro e apalpar mulheres como Power e Makima. Claro, é bom vê-lo ganhando a vida e cumprindo os desejos de Pochita de sair da pobreza, mas todo o arco pervertido não torna seu objetivo saudável ou interessante. É tudo apenas estilo, pois ele faz de tudo para matar em nome da autogratificação. Ou seja, Aki Hayakawa sai vulnerável, humano, mas manipulador, enquanto Denji é apenas um jovem impulsionado pela testosterona.

Você sabia que o portal Meta Galáxia possui muitas resenhas e análises? Se procura por mais animes legais, você também poderá conferir em nosso portal: Resenha da 1ª temporada de Solo Leveling, a fantasia sombria do momento Resenha da 1ª temporada de A Sign of Affection: Compensou acompanhar?? Nós também temos em nosso portal: Resenha da 1ª temporada de The Unwanted Undead Adventurer (2024): Compensa assistir essa fantasia sombria?? Curte mangás? Se sim, vai gostar da última resenha: Resenha de Showa Volume 01, mangá de Shigeru Mizuki. E se você procura por mangás legais, pode conferir: Resenha de Vênus Invisível: Coleção de Histórias Curtas, com o Melhor de Junji ItoResenha de GoGo Monster, mangá de Taiyo Matsumoto e Resenha de Hitler, mangá de Shigeru Mizuki publicado pela Editora Devir!! Além disso, você também pode ler a nossa matéria: Critérios – Como fazemos Críticas e Análises.

Caroline Ishida Date
Come to the Dark Side. We have coffee with cookies! ☕

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here