Crossovers entre One Piece e Dragon Ball! (tem Toriko tbm) | Análise

Dois dos maiores sucessos japoneses na história, Dragon Ball e One Piece marcaram diferentes gerações e eras por todo o mundo. Ambos ainda continuam em lançamento no momento, mas One Piece se encaminha para o seu final, enquanto Dragon Ball está a todo vapor nos cinemas e seu manga na fase Super. Uma coisa é inegável, o sucesso de ambas as franquias e nada melhor do que juntar estes sucessos em crossovers entre One Piece e Dragon Ball. Goku e Luffy? Vegta, Zoro, Gohan e Sanji? Sim, temos todos eles e interagindo!

São dois os crossovers oficiais entre os dois mangas. O primeiro, lançado em 2006, chama-se Cross Epoch e é um manga. O segundo, em anime, na verdade é um crossover entre One Piece e Dragon Ball, porém com Toriko junto. Nunca viu Toriko? Tá esperando o que amigo? Continua sem ver, porque ninguém vai te cobrar por isso, não se preocupe! Brincadeira! (inclusive, peço desculpas aos três fãs de Toriko que podem ter se ofendido).


Chross Epoch

Desenhado por ambos autores principais das franquias, Cross Epoch é um One Shot que misturas os dois universos. Em pouquíssimas páginas – infelizmente – vemos os principais personagens dos dois mangas numa mistura interessante. Vegeta é um capitão pirata de um barco com Usopp, Robin e Trunks. Nami e Bulma são ladras espaciais no espaço, Sanji e Mestre Kame são xerifes. Chopper e Kuririn estão juntos de Mr. Satan que é rei de algum reino aleatório. Piccolo e Zoro parecem estar indo para algum lugar e, para variar, Zoro se perder. Como Piccolo o estava seguindo, se perde junto.

Ao mesmo tempo, Luffy encontra Goku no caminho. Temos uma rápida interação entre eles que parecem estar indo na mesma direção. Os dois acabam dando de frente com a aliança Pilabuggy, que junta ninguém mais, ninguém menos que o infame Pilaf aliado ao lendário Buggy. Os dois são rapidamente derrotados e, então, todos nossos queridos personagens chegam ao seu destino. Um café da tarde oferecido pelo próprio Shenron (mas juro que achava que era Big Mom nos primeiros quadros).

É só isso mesmo, uma grande brincadeira de poucas páginas que reúne rapidamente o desejo de vermos todos estes personagens interagirem. Vale a curiosidade e é muito interessante!

Dream 9: Goku x Luffy x Mr Satan (e Toriko…)

Já o Especial Dream 9 se passa no episódio 99 do anime Toriko e no 590 de One Piece. Não faço a mínima ideia do que ocorria em Toriko, mas One Piece estava no meio do arco de Punk Hazard. Então, quando estiver assistindo a este arco e for pego de surpresa por um episódio solto, saiba que é este crossover e há outro que deveria vir antes.

Este especial trás Goku, Luffy, Toriko e o resto da galera reunidos em um torneio Tenkaichi. Se trata de um Capture the Flag. Aquele que chegar na bandeira primeiro, ganhara uma lendária carne. O pano de fundo é irrelevante, afinal é só uma premissa para a grande brincadeira que´é a mistura dos universos. Há uma maravilhosa utilização das características de cada personagem e os paralelos que eles representam nos dois mangas. Como na época Dragon Ball estava parado, o especial serviu de propaganda para A Batalha dos Deuses que seria lançado no fim daquele ano.

Vale a pena ver?

Há todo um clima de nostalgia em cima de Goku e o universo de Dragon Ball, com o personagem sempre no centro das ações e uma espécie admiração dos demais em relação a seu nome. Porém, os dois episódios trabalham muito bem o tempo de tela e os paralelos feitos entre os personagens ajudam a identificação da personalidade de cada personagem. Além disso, as piadas envolvendo cada um deles é reciclada de seus animes originais, porém, como se trata de uma mistura de universos, permite uma reação incrível. Não era obvio que Chopper ficaria impressionado ao ver a fusão? É algo incrível de ver em tela. E o quanto mestre Kame e Brook combinam?

Sem duvidas, se você é fã de alguma das franquias, ou mesmo das duas, vale e muito a experiência, tanto que vou evitar de dar tantos spoilers neste, pra não estragar a experiência. Há lutas entre os personagens destes universos, mas é obvio que o nível de força é balanceado pra permitir uma disputa e todos recebem seu destaque. Fica como lamentação o pouco tempo de tela dos “marrentos” de cada universo, principalmente Zoro, que se limita a estar perdido, o que aparentemente é seu único traço de personalidade em qualquer aparição do personagem.

Em Conclusão

Estes são os dois Crossovers entre One Piece e Dragon Ball que temos. Fica aquele gostinho de quero mais ao acompanhá-los. Fica a vontade de ver Naruto entre eles também, mas infelizmente parece que não teremos este prazer tão cedo. Todavia, vale a experiência e a brincadeira. A química entre Luffy e Goku é clara em ambos crossovers, o que mostra que apesar da briga de alguns fãs infantis, no fim se os personagens se reunissem não brigariam, mas sim se tornariam grande amigos, assim como todos deveriam ser na vida real.

Ah, há páginas especiais desenhadas tanto Por Toriyama quanto por Oda ao longo dos anos, mas não se tratam de histórias e sim desenhos que misturam os universos somente. Além disso, os jogos que misturam os personagens são só jogos. Mas seria legal vê-los virarem uma temporada de um anime com trocação franca entre os personagens, não? Mais uma vez, fica o desejo. Que Shenlong possa realizar só mais esse!

Quem quiser saber quem sou, olha para o céu azul...Amante de infinitas coisas, desde animes, games, filmes, séries, música, futebol, literatura...Toda e qualquer uma dessas artes, mas, principalmente, a escrita, que torna minhas palavras imortais igual ao meu tricolor!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here