Deca-Dence (1 ao 5): Primeiras impressões

Deca-Dence nos emerge em um mundo cheio de segredos e desafios para humanos que foram quase exintos.

165

Lançado em julho, o anime original do estúdio NUT, Deca-Dence traz uma mistura de isekai com mundo pós-apocalíptico. A previsão é que primeiramente a animação tenha 12 episódios. O anime conta com o mesmo diretor de Mob Psycho 100 e Death Parade, Yuzuru Tachikawa. O anime é disponibilizado pela Funimation. Faremos uma breve resenha sobre as primeiras impressões da obra baseado nos primeiros cinco episódios.

A trama se passa em um mundo muitos anos depois desde que a humanidade quase fora extinta. Ainda é muito nebuloso o que causou esse fato, porém o que sabe ao certo é que atualmente os humanos vivem em uma fortaleza móvel imensa de 3.000 metros chamada Deca-Dence. Os humanos que vivem nesse espaço são designados a executarem diferentes tarefas dentro dessa organização, uma das mais perigosas é ser um Tanker, que consiste em treinar para enfrentar monstros que vivem do lado de fora da fortaleza.

Natsume enfrentando alguns gadolls

Os monstros presentes no anime são chamados de Gadoll. Um dos principais motivos dos humanos encontrarem e caçarem, para além da sobrevivência, coletar a carne deles como comida e extrais o oxycione, uma energia liquida que corre pelos corpos dos gadolls, uma espécie de sangue. Esse líquido é uma fonte universal de energia que, além de alimentar e fazer com que a Deca-Dence funcione, também é energia para os tanques de gravidade que eles utilizam nas lutas.

Além dos humanos, em Deca-Dence há também outros habitantes: Os Gears, guerreiros habilidosos que lutam diariamente contra os gadolls e que moram em um nível superior da fortaleza. Até o quinto capítulo, o anime ainda apresenta muitas coisas que fazem parte da engrenagem da obra inteira. É ainda meio complexo de se acompanhar tudo, por possuir sempre um ar de mistério em tudo o que acontece.

Somos apresentados então a Natsume. Uma humana que perdeu seu pai na infância em um acidente, onde também perdeu um braço, sendo substituído por um mecânico. Natsume sonha desde criança em virar uma Tanker, mas nunca conseguiu, até o momento onde ela vai trabalhar com limpeza da fortaleza e conhece seu chefe Kaburagi. Os dois são completamente opostos. Natsume é muito extrovertida e otimista, vivendo em busca dos seus sonhos, enquanto Kaburagi é mais sério, realista e desistiu dos seus objetivos há tempos. Por conta de alguns incidentes, Kaburagi salva a vida de Natsume, o que causa da entrada da mesma para o time dos Tankers. A partir daí a trama do anime desenrola ainda mais, além de envolver outros personagens.

Fazendo esse resumo do resumo sem grandes spoilers do que é Deca-Dence, partimos então para falar das impressões que a obra traz. Logo de início o anime parece uma mistura de Shingeki no Kyojin com Mad Max. Um mundo pós-apocalíptico, com cenário e seres completamente desconhecidos com personagens e organizações cheia de segredos e esquemas. Tudo isso em busca de um líquido que serve de energia para diversas coisas no anime. Como plano de fundo, uma sociedade completamente dividida.

Natsume em uma de suas conversas com Kaburagi enquanto limpa a estrutura de Deca-Dence

Além dessa mistura maluca, a construção desses diferentes cenários e mostrada de cara para quem assiste sem nenhum tipo de transição. Ao assistir os dois primeiros episódios a impressão que fica é de que você sem querer apertou para assistir um anime diferente, mas não, toda aquela diferença faz sentido mais para frente no anime.

Por conta dos pequenos mistérios e segredos que aos poucos são revelados, mais ainda assim mostrando mais alguns outros, Deca-Dence te mantém atento para saber o que mais pode acontecer dentro daquele cenário inteiro. A dinâmica dos personagens, determinação e modos de agir dos protagonistas, Natsume e Kaburagi, também te mantém presos à animação. Mesmo com a previsão para 12 episódios, Deca-Dence tem tanto a oferecer que no episódio 5 a sensação é de que o anime para por ali mesmo, mas te dá um folego de que tem muito mais por vir.

Gadolls em direção a Deca-Dence

Apesar de um começo meio complexo e com certa semelhança em outras obras, Deca-Dence é um anime com um potencial imenso de que entregue uma trama muito animadora e surpreendente. Aguardemos os próximos episódios para ver o que nos espera.

Kaburagi

Curta o Meta nas redes sociais e para mais resenhas sobre animes nos acompanhem aqui também.

Análise Crítica
Data
Título Original
Deca-Dence
Nota do Autor
41star1star1star1stargray

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here