Análise de NEO: The World Ends With You

Venha conferir a nossa Análise de NEO: The World Ends with You, um dos novos RPGs eletrônicos de ação e que ficou uma verdadeira obra prima!

90

NEO: The World Ends With You

Análise de NEO: The World Ends With You

E bora de análise de NEO: The World Ends With You? O RPG eletrônico de ação está disponível para a PlayStation®, distribuído pela SQUARE ENIX CO. LTD. É um jogo incrível e que eu não deixaria passar a oportunidade de jogar e fazer a análise para vocês!

Tudo começa quando Rindo Kanade e seu amigo Tosai Furesawa, ou simplesmente Fret, estavam de boa andando pelas ruas de Shibuya, uma região da Metrópole de Tóquio, no Japão. No entanto, logo eles começam a ver algumas pessoas batalhando contra monstros. É bem insano. Em meio à confusão, aparece um homem que se denomina o Game Master falando nas telonas dos prédios. Certamente, no início do jogo, você poderá ficar tão confuso quanto os personagens! Relaxe, pois aos poucos você vai compreendendo tudo o que acontece!

De qualquer forma, ainda nessa confusão, Rindo percebe que ele que ele está tendo algumas visões, o que permitiu salvar o seu amigo. Após o susto, ambos percebem que entraram juntos num insano jogo chamado Reapers Game (mas por livre e espontânea pressão, claro) e precisarão realizar algumas provas para vence e voltar ao mundo real!

Reapers Game

Nesse jogo insano, você precisará sobreviver e se sair melhor que os outros jogadores! Os jogadores estão todos divididos em grupos, e não demora para que você comece a conhecer os outros grupos. Todos os grupos possuem um nome, então também não demora para Fret escolher o nome do seu próprio grupo: The Wicked Twisters.

Para superar os outros protagonistas, os protagonistas precisam realizar as missões diárias e ter boas pontuações. Além disso, eles possuem novos poderes, incluindo dons psíquicos que vão auxiliar a cumprir as missões. E uma dica: batalhe o máximo possível contra os inimigos – especialmente os monstros (que se chamam noises em NEO: The World Ends With You). Dessa forma, você irá evoluir seus poderes e conseguir também uma grana. Você não conseguirá passar por algumas missões se não tiver dinheiro, além de precisar comprar comida às vezes. Sim, você precisa comer para recuperar as energias e continuar batalhando.

Análise de NEO: The World Ends with You
Mais uma captura de tela no restaurante, diretamente pelo console!

Outro detalhe importante: onde encontraremos chefes costuma ser imprevisível em NEO: The World Ends With You, então não corra o risco de topar com algum sem estar com seus poderes evoluídos.

Captura de Tela
Captura de Tela: entrando em batalha

Em muitos momentos, você também encontrará com as pessoas do RNS: Reaper Networking Service. Basicamente, eles estão ali para monitorar o jogo, e poderão te dar algumas dicas.

Jogabilidade e Mecânicas

Rindo Kanade - NEO: The World Ends With You
Rindo Kanade

Jogando pela PlayStation 4, a jogabilidade é simplesmente incrível! Afinal, mesmo tendo tantas coisas para se fazer, tantas batalhas e tantos personagens jogáveis, você nunca fica com problemas para jogar. Mesmo que de início você confunda alguns botões, logo você se acostuma. É um ótimo jogo tanto para iniciantes quanto para quem joga RPGs eletrônicos há tempos!

E relaxe caso se confunda um pouquinho de início! São muitas coisas para se fazer no jogo!

Uma das principais mecânicas do jogo: scan. Você precisa do seu scan tanto para ler a mente das pessoas fora do Reapers Game quanto para encontrar os monstros. Muitas vezes, pode ocorrer de você ler a mente de alguém e não ser nada de útil para você. Mas muitas vezes é algo relacionado às suas missões e quebra-cabeças!

Desde o início, você jogará com pelo menos 2 personagens, que são os amigos Rindo e Fret. E mesmo quando entram novos personagens, não será difícil na hora da batalha. Literalmente, quanto mais personagens, melhor. Com mais personagens, você derrota os inimigos mais rapidamente, além de nunca precisar ficar parado. Digo isso porque os personagens se cansam e precisam aguardar, como se fosse mesmo numa batalha real ou por turnos: cada momento, um personagem diferente precisa atacar.

Claro, você sempre pode usar dois personagens para atacar. Mas cuidado para não cansar todos num único momento!

O primeiro personagem jogável que você encontrará é Sho Minamimoto, um cara todo misterioso. Posteriormente, você encontra Nagi Usui, que inicialmente me lembrou alguma tsundere de animes. E não darei mais spoilers que isso!

E o jogo é repleto de quebra-cabeças!

NEO: The World Ends With You também é repleto de quebra-cabeças, então você nunca se cansa de só batalhar ou só realizar tais desafios. Comumente, quebra-cabeças são respondidos tanto pelo protagonista Rindo, quanto por seu amigo Fret ou pela Nagi.

Mesmo assim, recomendo que você batalhe o máximo possível. Uma das principais mecânicas do jogo é a utilização de Pins, que que você deve upar. São mais de 300 pins, cada um contendo um poder diferente para você sempre escolher entre os mais fortes ou os que você gostou mais de usar!

Arte e Gráficos

É inegável: os gráficos são lindos, a arte é maravilhosa. O estilo do jogo me lembra um mangá: os cenários, estilo de personagens, a expressões dos personagens… Tudo! Então, temos ali todo um carinho para fazer a arte do jogo! Não se tem muito o que reclamar, mas há uma coisa em específico: em alguns momentos, as cenas são brilhantes demais. Isso pode gerar desconforto para alguns jogadores.

Captura de tela Análise de NEO: The World Ends with You
Captura de tela: trecho de conversa entre os personagens jogáveis. Nas conversas, é visível a arte inspirada nos mangás.
Captura de tela: trecho de conversa entre os personagens jogáveis. Nas conversas, é visível a arte inspirada nos mangás.
Captura de tela: trecho de conversa entre os personagens jogáveis. Nas conversas, é visível a arte inspirada nos mangás.

Em conclusão sobre a análise de NEO: The World Ends With You

Essa é a nossa análise de NEO: The World Ends With You, e que certamente posso dizer que ficou uma verdadeira obra-prima. Por exemplo, o enredo é bem trabalhado, assim como os personagens e a sua trilha sonora que é composta inclusive por um bom J-Rock. A música ajuda a melhorar a sensação que estamos lá, dentro do jogo.

Claro, certamente deve ter uma inspiração em obras como o mangá e anime Mirai Nikki, onde os personagens também entram em um jogo por livre e espontânea pressão. Detalhe: e justamente olhando o celular para ver as atualizações do jogo. Entretanto, NEO: The World Ends with You consegue ser viciante.

Em conclusão, essa é a nossa análise! Leiam também em nosso portal: Análise de Rogue Lords e Review game Tandem: A Tale of Shadows.

Capturas de tela: Análise de NEO: The World Ends with You

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here