Red Nose compra participação na Eleven Dragons

Red Nose compra participação na Eleven Dragons, confira tudo aqui sobre essa compra da red nose e não perca nada sobre esse assunto.

Hoje vamos falar sobre Red Nose compra participação na Eleven Dragons

Desde de já, com pouco mais de 3 anos de vida, a Eleven Dragons já vem se tornando um player relevante no mercado de entretenimento no Brasil. Além disso, apresenta duas animações em andamento, uma série documental sobre quadrinhos nacionais e a compra da plataforma de quadrinhos digitais Social Comics, o estúdio chamou a atenção da marca de urbanwear Red Nose.


“A parceria já começou quando iniciamos a co-produção da série Wardogs. Nós tínhamos o sonho de ter um projeto audiovisual com nosso personagem, o Red, e a Eleven Dragons estava buscando um parceiro para ajudar a viabilizar um projeto do tipo. Foi o match perfeito.

Deu tão certo que logo começamos a falar de outros projetos. Foi aí que vimos uma oportunidade de criar algo maior, mais robusto. Então foi quando fizemos a proposta para investir na Eleven Dragons e adquirir uma participação. Criamos a Holding Eleven Dragons Company, que agora controla a Eleven Dragons Studios e a Social Comics.

Esse projeto tem um ponto crucial para nosso modelo de negócio, que é o licenciamento, coisa que a Red Nose é expert há muitos anos, incluindo sua penetração internacional, que é extremamente estratégica para o que estamos planejando para o futuro dessa união”, diz Marcelo Leitão, CEO e Fundador da Red Nose.

O estúdio teve um valuation de 10 milhões de reais e recebeu uma rodada de investimento Seed, puxada pelos ativos intangíveis e pelo crescimento da empresa em tão pouco tempo.

“A capacidade de gerar novos negócios dos empreendedores que estão à frente do estúdio e os ativos intangíveis que a Eleven Dragons já possui em tão pouco tempo de vida chamou bastante atenção na hora de realizar o valuation da empresa. É um modelo bem diferente do que acreditamos para o entretenimento para o futuro”, completa Marcelo Leitão.

Então para a Eleven Dragons, a expertise em licenciamento e penetração internacional da Red Nose é extremamente estratégica para o negócio.

“Trabalhar com o desenvolvimento de franquias de conteúdo no Brasil é um grande desafio, ainda mais no modelo que estamos seguindo, que é de produzir, distribuir e licenciar esses IP’s sem depender de verbas de editais. É por isso que esse casamento com a Red Nose vai nos dar muita força, começando na América Latina, que já estamos começando a nossa operação no México, que será nossa base Latam”, afirma J.P.Sette, diretor e fundador da Eleven Dragons.

Teaser Wardogs | CCXP Worlds 2020 | Eleven Dragons e Red Nose

A Eleven Dragons e a Red Nose já lançaram em co-produção cinco HQs que são spin-offs da série Wardogs exclusivamente na sua plataforma de quadrinhos digitais, a Social Comics.

A série estreia em 2023 e é parte do selo original Eleven Dragons. Além disso, as empresas também já pretendem investir no desenvolvimento de novos quadrinhos como também conteúdo audiovisual com filmes e séries em live action e animação. Além disso, um dos próximos passos do estúdio é ingressar no mercado de Games.

“Já temos um road map do que vamos lançar nos próximos anos. Iniciamos a produção do nosso primeiro game e também estamos desenvolvendo a Social Comics para se tornar um super app de entretenimento, agregando mais coisas do que apenas quadrinhos. Ainda esse ano no nosso painel da CCXP Worlds vamos anunciar muitas novidades”, completa J.P.

Red Nose compra participação na Eleven Dragons- O que acharam?

Confira também – RAZER LANÇA NOVA GERAÇÃO DE PRODUTOS VOLTADOS PARA PRODUTIVIDADE

Um cara tímido mas que quando se conhece é extrovertido. Gosta de musculação, filmes, séries e está terminando a faculdade de Educação Física.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here