Boruto (Mangá) – Arco 1 – Resenha

Neste primeiro arco do mangá de Boruto, a trama introduz os novos personagens em meio aos da geração anterior. Este arco foca no novo exame chunin e na nova grande ameaça do mundo shonobi.

0
206

Resenha do mangá de Boruto (Arco 1 – Exame Chunin)

Ano: 2016
Título Original: Boruto: Naruto Next Generations | Peridiocidade: Mensal
Mangaká: Ukyō Kodachi | Editora: Shueisha (Japão), Panini (Brasil)
Capítulos: 01 ao 10 | Volumes: 01 e 02

O mangá começa nos apresentando um futuro onde Konoha mostra-se destruída por alguma grande batalha. Neste ambiente, duas pessoas se enfrentam: um Boruto um pouco mais velho e um outro jovem (que futuramente será apresentado como Kawaki). A conversa entre os dois mostra que, aparentemente, o que possa ter causado todo aquele caos e a queda do mundo shinobi é o próprio Kawaki.

Logo após voltamos no tempo, onde este primeiro arco do mangá mostra a infância de Boruto e os preparos do mesmo para o Exame Chunin. Os alunos já se tornaram genin e o novo time sete é composto por Uzumaki Boruto (filho do agora Hokage, Naruto) Uchiha Sarada (filha de Sasuke) e Mitsuki.

Neste primeiro arco do mangá é abordado muito forte as relações de pais e filhos (a nova geração x geração anterior), principalmente entre Boruto x Naruto e Sarada x Sasuke. Boruto sempre julga seu pai por não estar sempre presente à sua família, nem mesmo em momentos importantes, enquanto sarada afirma que a relação entre seu pai e sua família não é a das mais tradicionais.

Enquanto isso acontece, Naruto, Sasuke, Shikamaru e os demais Kages começam a temer a presença de um novo inimigo ainda mais poderoso que Kaguya, e além disso, o quanto o tempo de paz em que vivem pode afetar em um certo despreparo para a próxima geração de shinobis. É então que eles decidem fazer um novo exame chunin em Konoha para que os novos genins consigam enfrentar inimigos de diferentes vilas e consigam se adaptar às diferenças.

Em meio a tudo isso somos apresentados a um elemento importante dentro da trama de Boruto. As armas científicas ninjas. Uma nova tecnologia que mistura o uso de chakra e elementos da robótica. Essa nova tecnologia vem para dialogar dentro do universo shinobi, assim como as gerações, a questão da tecnologia x modo “tradicional” de viver.

Boruto tentando provar para seu pai o quão forte e eficiente é, utiliza escondido as armas científicas ninjas durante o exame, mesmo sendo proibido pelo próprio Hokage. Boruto acaba sendo desmascarado e ficando ainda com mais raiva de seu pai.

O arco chega ao fim depois do Exame Chunin ser interrompido novamente (como aconteceu no Naruto Clássico), mas agora por seres do clã Otsutsuki (clã de Kaguya). Naruto e Sasuke conseguem vencer os inimigos, com um golpe final de Boruto, mas o efeito colateral de tudo isso foi o selo que o jovem adquiriu derrotando Momoshiki Otsutsuki. O selo posteriormente foi conhecido como karma e inicialmente não se sabe como e porque Boruto o ganha.

Ao final, Boruto muda sua opinião sobre o pai e entende sua função como Hokage. Admirando-o muito mais agora. Mas ainda assim, Boruto deseja ser discípulo de Sasuke, espelhando-se por vezes em sua postura, enquanto Sarada deseja ser exatamente como Naruto e futuramente uma Hogake.

Apesar de mostrar toda a nova geração, os novos shinobis no mangá são pouco explorados. Tanto pelo formato transmitido (por ser uma mangá), mas também não são trabalhados uma melhor forma história com eles (diferente do anime).

Veja mais resenhas de outros mangás aqui no Meta.

Análise Crítica
Data
Título Original
Boruto (Mangá) - Arco 1 - Exame Chunin
Nota do Autor
41star1star1star1stargray

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here