One Piece – Arco Orange Town | Análise

1160

One Piece tem muita história que acaba por se confundir com o passar do tempo. Entretanto esse arco de Orange Town traz algumas das coisas que mais causa estranheza nos fãs até hoje. Principalmente a perda do braço do poderoso Shanks e a rápida relação estabelecida entre Luffy e o falecido Gol D. Roger.

Arco Orange Town

Flashback de Luffy e Shanks no arco Orange Town

Primeiramente vamos falar do passado de Luffy, que é mostrado em um episódio e rapidamente explica de onde vieram o chapéu de palha e também seus poderes. Além de apresentar Shanks e parte de sua tripulação. Esse primeiro Flashback não mostra muito de Luffy além dessas duas coisas, focando mais na relação dele com Shanks. Todo o arco Orange Town além de tudo serve para mostrar que Shanks é um bom pirata, ao mesmo tempo que trás a discussão entre piratas do bem e do mal. Especialmente através de Nami, que a todo momento julga Luffy por ser um pirata e mostra resistência em acreditar na sua natureza boa.

Além dessa discussão em relação a índole dos piratas, que é muito bem feita, o arco acerta e muito no humor, que é de alta qualidade, como viria a ser costume em todas as aparições de Buggy. Assim como também acerta na carga emocional, que tem sua apresentação aqui através do cãozinho Mochi e sua história. Dando uma pequena dose do que One Piece é capaz nesse quesito.

 Além disso tudo, ainda temos mais explicações sobre as Akuma No Mi. Principalmente através do  Flashback de Buggy, que mostra a questão de perda da possibilidade de nadar a se possuir tal poder. Contudo é algo pouco aproveitado ao longa da história pelos protagonistas, apesar de Oda usar bastante como limitante à Luffy em várias lutas até Alabasta. Depois disso a utilização dessa questão é bem reduzida.

Conclusão

Diferente do primeiro arco de três episódios, este é extremamente importante para o resto da história devido a envolver Shanks, Luffy e Buggy. Além de ter um pouco mais de ação, humor e drama, sendo o primeiro arco de verdade da história. Ainda aborda melhor a história e traz um pano de fundo mais interessante ao vilão, diferente do que aconteceu com Alvida e Morgan nos primeiros episódios.

Para ler mais sobre One Piece, confira nosso Guia completo para assistir One Piece e confira nossa opinião sobre arcos e filmes!

ANÁLISE CRÍTICA - NOTA
Animação
Enredo
Quem quiser saber quem sou, olha para o céu azul...Amante de infinitas coisas, desde animes, games, filmes, séries, música, futebol, literatura...Toda e qualquer uma dessas artes, mas, principalmente, a escrita, que torna minhas palavras imortais igual ao meu tricolor!

2 COMENTÁRIOS

  1. Como aquele excelente ep do Luffy deveria ser o ep 1, e tenho carinho bem grande por ser arco, eu adorei o Buggy, meu personagem que é vilão favorito de East Blue (não como, mas como personagem), e aquela historia do Shushu é tocante, e o humor (principalmente na “luta” Luffy vs Buggy) é hilario, Oda ja mostra dois do seus pontos fortes aqui, drama e humor.

    • A principio a luta contra Buggy me soava bastante como enrolação, me arrependi bastante após me acostumar com o jeito do Oda lidar com os poderes e lutas, quando reassisti para escrever a análise, teve tudo isso que você disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here