Resenha com spoilers de Chainsaw Man Volume 1, de Tatsuki Fujimoto

Chainsaw Man Vol. 1

Resenha com spoilers de Chainsaw Man Volume 1, de Tatsuki Fujimoto

Desde o seu lançamento em 2018, o mangá “Chainsaw Man” tem conquistado leitores em todo o mundo com sua narrativa visceral. Criado por Tatsuki Fujimoto, esse fenômeno da cultura pop japonesa mergulha os leitores em um universo distorcido, repleto de ação frenética, horrores grotescos e personagens inesquecíveis. Com uma trama implacável e um protagonista único, Chainsaw Man rompe as convenções dos mangás tradicionais, desafiando expectativas e nos levando a uma jornada sangrenta e surreal que é ao mesmo tempo emocionante e provocativa. Demorei, mas decidi começar a comprar os volumes dos mangás. Hoje, trouxe a resenha de Chainsaw Man Volume 1, de Tatsuki Fujimoto!

Ao longo da trama de Chainsaw Man, acompanhamos Denji em sua jornada desenfreada, lutando contra demônios implacáveis, se envolvendo com organizações secretas e desvendando segredos obscuros sobre sua própria origem. O mangá mergulha profundamente na dualidade da existência de Denji, explorando temas como redenção, solidão, sacrifício e a natureza da humanidade.

Ficha técnica de Chainsaw Man Volume 1

Chainsaw Man Vol. 1
Autor e ilustrador: Tatsuki Fujimoto
Editora Panini
Data da publicação no Brasil: 31 de maio de 2022
Número de páginas: 192 páginas
Gênero: Fantasia Sombria
Demografia: shounen
Mangá disponível à venda via Amazon
Confira também: Resenha da 1ª temporada de Chainsaw Man: Compensou acompanhar?

Sinopse:

Denji é um jovem extremamente pobre que junto de Pochita, seu demônio de estimação, trabalha feito um condenado como Caçador de Demônios para pagar a imensa dívida que possui. Mas sua vida de miséria está prestes a mudar graças a uma traição brutal!! Aqui começa a história de um novo anti-herói que com um demônio em seu corpo, caça demônios!!

Sinopse via Amazon

Capítulo 1: O Cão e a Motossera

Em Chainsaw Man, somos apresentados a Denji, um jovem que vive em um mundo onde demônios são uma ameaça constante à humanidade. Contudo, Denji não é um herói comum. Ele é um Exterminador de Demônios que fez um pacto com um demônio extremamente poderoso chamado Pochita. De cara, o capítulo já nos mostra Denji e Pochita exterminando o Demônio dos Tomates e ganhando uma boa grana com isso.

O problema é que Denji está tão endividado com a Yakuza, graças ao seu pai que se suicidou antes de pagar a própria dívida, que rapidamente a máfia ficou com boa parte do pagamento. Para mim, é quase uma escravidão essa situação que Denji vive. Ainda mais que mal sobra dinheiro para se alimentar adequadamente.

No decorrer do capítulo O Cão e a Motossera, que é o maior do volume 1, mostra toda a relação de Denji e Pochita. O seu primeiro pacto foi graças ao fato de Denji salvar o demoniozinho mais fofinho da obra. Basicamente: Denji salva Pochita, Pochita ajuda Denji a ganhar dinheiro: cortando madeira e caçando demônios. E assim foi por alguns anos, ambos vivendo como uma família tentando ser o mais feliz possível e com comida na mesa. 

Só que tudo sempre precisa piorar, não é mesmo? Um dia, a Máfia Yakuza faz um pacto com o Demônio dos Zumbis e trai Denji. Dessa forma, quando o Demônio manda, os bandidos literalmente desmembram o corpo do nosso protagonista, e Pochita decide formar um novo pacto. Esse pacto transforma Denji em Chainsaw Man, uma criatura híbrida de humano e demônio, com uma motosserra como parte de seu corpo. Aqui, ele consegue destruir todos os zumbis. Após toda essa briga brutal, vemos um Denji voltando a ser humano e caindo nos braços de Makima, funcionária da Segurança Pública que logo transforma o protagonista em seu bichinho de estimação.

O Capítulo 1: O Cão e a Motosserra de Chainsaw Man equivale ao Episódio 1 da série em anime – Cachorro e Motosserra.

Capítulo 2: O Paradeiro de Pochita

Nesse capítulo curtinho, Denji estava ainda se dando conta de seus novos poderes, mas que também não poderia mais abraçar seu querido Pochita. Ou seja, começa a reparar que todos os seus antigos sonhos de ter uma vida boa ficaram um tanto sem graça sem Pochita. Contudo, à pedido de Pochita, deveria agora aproveitar seus sonhos ao máximo.

E muitos dos acontecimentos aqui não foram adaptados para o anime. Ao ver que o protagonista estava até com o estômago roncando alto de tanta fome, Makima pede para que parassem em uma lanchonete para comer. Contudo, um sujeito avisa que há um demônio na área dando trabalho, e Makima ordena que Denji vá resolver antes mesmo de se alimentar. Sem opções, o rapaz vai e se depara com o Demônio dos Musculos.

Por um momento, o protagonista nem iria destruir o demônio, pois uma garotinha estava defendendo a criatura prontamente. Entretanto, o Demônio dos Músculos faz a garotinha de refém e Denji não tem outra opção que não seja destruí-lo logo, resgatar a garota e levá-la até Makima.

Capítulo 3: A Chegada em Tokyo

Aqui, ainda no início do volume 1 de Chainsaw Man, nós conhecemos Aki Hayakawa, com o qual Denji precisará trabalhar ao chegar ao QG de Tokyo dos Caçadores de Demônios. Certamente, Denji estaria mentindo se nos dissesse que não se decepcionou com o fato. Afinal de contas, ele preferiria ficar ao lado de Makima o tempo todo. Entretanto, como um bom cachorro, ele só poderia obedecer e ir com Aki, mesmo que às forças.

Denji também estaria mentindo se falasse que começou bem a relação com Aki, pois eles brigaram nas primeiras oportunidades. Ainda mais que Aki morre de ciúmes de Makima, então não gostou nada de ver um “trombadinha” interessado nela. E o rapaz de vibe trevosa custou a compreender porquê de Denji simplesmente estar no QG de Tokyo. Literalmente, só após apanhar para o Denji que soube por Makima que Denji era especial e deveria ser tratado como tal. No mesmo dia, o protagonista também descobre que nunca poderá deixar a Segurança Pública. Ou seja, trabalhará com eles até morrer.

O Capítulo 3: A Chegada em Tokyo de Chainsaw Man equivale ao Episódio 2 da série em anime – Chegada em Tokyo.

Capítulo 4: Power

A Power apareceu ainda no Episódio 2 da série em anime – Chegada em Tokyo. E é nesse capítulo que começa o desfecho que durou entre Episódio 3 da série em anime – O Paradeiro de Miauzin, Episódio 4 da série em anime – Resgate e Episódio 5 da série em anime – Resgate.

Equivalente ao anime, Denji vai morar justamente com Aki Hayakawa, embora ambos se desprezem bastante. Contudo, essas são as ordens. Denji precisa ser constantemente vigiado. Por um lado, mesmo não gostando de Aki, o protagonista de cabelos louros está gostando bastante da ideia de finalmente morar em um lar decente, tomar banho regularmente e se alimentar melhor. Afinal, antigamente ele comia apenas um pedaço de pão na janta.

Passando-se pouco tempo, uma garota chamada Power também entra no QG de Tokyo dos Caçadores de Demônios. Ela parece uma garota comum, mas é uma Infernal: um Demônio que tomou conta de um corpo humano. Especificamente, ela é o Demônio do Sangue. Denji não compreendeu perfeitamente porque uma infernal poderia trabalhar ali, mas ficou na expectativa de se dar bem com ela…

Capítulo 5: Uma maneira de apertar peitos

… E o principal motivo de sua expectativa é de poder tocar o corpo de Power. Contudo, acabou perdendo o completo interesse por ver que a garota é completamente louca e inconsequente. Ela só chega destruindo tudo, sem sequer saber se poderia fazer isso, para depois mentir que foi ordem de Denji. E o rapaz tem muito medo de que Makima o odeie, assim como acreditou que precisou ficar vigiando a Infernal sozinha só por um plano de Aki para que ele se dê mal.

Discussões e problemas. O ódio do protagonista, com o passar do tempo, só diminuiu um pouco graças às chantagens emocionais de Power, onde ela diz que só se dá bem com gatos. Entretanto, o gatinho dela foi tomado dela e ela precisava de ajuda de alguém para resgatá-lo. “Uma maneira de apertar peitos” é, necessariamente, como Denji viu a situação. Resgataria o gato – Miauzinho – desde que pudesse tocar o corpo de Power. Isso porque ele odiava a moça poucos minutos antes, hein?

Capítulo 6: Usado

Aqui, vemos duas coisas ainda no início: Power e Denji pegando um trem para irem resgatar Miauzinho, e Aki e Makima viajando de carro e conversando. É aqui que Makima esclarece o quão Denji é especial e como funciona o universo de Chainsaw Man em relação aos demônios. Cada demônio surge e se fortalece graças ao medo das pessoas. Mesmo que existisse um demônio do café, por exemplo, seria muito fraco porque não seriam muitas pessoas com tanto medo assim.

Contudo, um Demônio dos Carros poderia existir e se fortalecer de boa. Afinal, quem não ficaria com medo de ser atropelado? Conforme a Makima, é super compreensível. E em seguida, ela fala que Denji poderá se transformar no Demônio da Serra Elétrica. Após esse diálogo, somos direcionados novamente a Power e Denji, que estão chegando numa casa meio isolada de tudo. Graças à algumas conversas tortas de Power, Denji percebe rapidamente que era uma armadilha, mas não rápido ao ponto de não levar um golpe e desmaiar. Power arrasta o corpo do rapaz para o Demônio Morcego, que realmente estava com Miauzinho como seu respectivo refém.

Capítulo 7: O Paradeiro de Miauzinho

Um flashback mostra a relação de Power com Miauzinho. Inicialmente, Power iria comer o pobre do gato, mas como ele estava tão doente e magro, ela preferiu cuidar dele para engordá-lo e comê-lo “só quando ficasse gostoso”. Contudo, Power se apegou ao gatinho nesse processo. Só que o tal do Demônio Morcego pegou o gato de refém, para que Power levasse a ele um humano.

O humano que Power conseguiu levar foi Denji, que levou um ferimento grave e começou a sangrar. O seu sangue serviu para alimentar o Demônio Morcego, que simplesmente falou que detestou o sangue do rapaz e, por Power ter entregue um sangue tão horrível, comeu o Miauzinho. Foi quando Denji começou a entender que Power só fez aquilo porque realmente existia um gatinho como refém, e que ela estava se sentindo tão deprimida por ver o gato ser engolido que se deixou ser devorada pelo Demônio gigantesco. O volume 1 de Chainsaw Man terminou com um Denji se transformando em Serra Elétrica novamente.

Você sabia que o portal Meta Galáxia possui muitas resenhas e análises? Se procura por mais animes legais, você também poderá conferir em nosso portal: Resenha da 1ª temporada de Solo Leveling, a fantasia sombria do momento Resenha da 1ª temporada de A Sign of Affection: Compensou acompanhar?? Nós também temos em nosso portal: Resenha da 1ª temporada de The Unwanted Undead Adventurer (2024): Compensa assistir essa fantasia sombria?? Curte mangás? Se sim, vai gostar da última resenha: Resenha de Showa Volume 01, mangá de Shigeru Mizuki. E se você procura por mangás legais, pode conferir: Resenha de Vênus Invisível: Coleção de Histórias Curtas, com o Melhor de Junji ItoResenha de GoGo Monster, mangá de Taiyo Matsumoto e Resenha de Hitler, mangá de Shigeru Mizuki publicado pela Editora Devir!! Além disso, você também pode ler a nossa matéria: Critérios – Como fazemos Críticas e Análises.

ANÁLISE CRÍTICA - NOTA
Chainsaw Man Volume 1, de Tatsuki Fujimoto
Austra Caroline
Come to the Dark Side. We have coffee with cookies! ☕
resenha-com-spoilers-de-chainsaw-man-volume-1-de-tatsuki-fujimoto Resenha com spoilers de Chainsaw Man Volume 1, de Tatsuki Fujimoto Desde o seu lançamento em 2018, o mangá "Chainsaw Man" tem conquistado leitores em todo o mundo com sua narrativa visceral. Criado por Tatsuki Fujimoto, esse fenômeno da cultura pop japonesa mergulha os leitores...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here