Resenha do episódio 05 de Unnamed Memory – Emoção sem nome

Unnamed Memory

Resenha do Episódio 05 de Unnamed Memory – Emoção sem nome

Originalmente, Unnamed Memory é uma série de romance japonesa escrita por Kuji Furumiya, se iniciando no site Shōsetsuka ni Narō, em setembro de 2012. Graças ao sucesso, recebeu uma adaptação em mangá e também em anime, sob a equipe da ENGI. Como sou fã de fantasia, não poderia deixar de assistir – e hoje eu trouxe a resenha do Episódio 05 de Unnamed Memory – Emoção sem nome. Será que compensa começar a acompanhar ao anime, atualmente disponível na Crunchyroll?

Já posso dizer: Minhas expectativas estavam praticamente no zero, mas para minha surpresa, Unnamed Memory deixou uma boa impressão inicial em mim e continua me conquistando a cada episódio. Não chega a ser um anime excepcional como Jujutsu Kaisen ou Solo Leveling, obviamente, mas é definitivamente uma experiência divertida. É o tipo de anime perfeito para passar o tempo relaxando. Além disso, parece seguir aquele padrão de começar de forma mais modesta e aos poucos envolver o espectador com diversas intrigas ao longo dos episódios. 

Episódio 05 de Unnamed Memory – Emoção sem nome

Unnamed Memory

Apesar da insistência de Oscar, Tinasha continua a desviar dos pedidos de casamento do príncipe. E, sem saber, ele já tem uma possível noiva.

 Crunchyroll

Que episódio, meus amores! Episódio mais épico deste anime, até o momento! E tenho a leve sensação que muitos problemas teriam sido evitados se as pessoas conversassem direito entre si…

Para começar, o episódio começa enquanto Tinasha sonha sendo carregada por um homem – cujo rosto não aparece muito bem, e sim apenas seus longos cabelos brancos. Era tudo estranho, porque ela própria não entendia muito bem o que acontecia em volta em seu sonho. Ela acordou vendo Oscar carregando-a para a cama após adormecer ainda sentada.

Conversa vai, conversa vem. Alguns poucos acontecimentos também. Em um momento, vemos que Oscar recebe a mensagem de que o rei estava lhe chamando – e a sua protetora já estava lá, em uma reunião. Tinasha narra que descobriu que Miralys era capaz de resistir à maldição e ser uma noiva em potencial para Oscar. Sim, a mesma garota que apareceu em vários episódios anteriores, mas ainda com pouco destaque. Oscar não percebeu a motivação do assunto: Miralys era uma noiva em potencial. O rei queria nem saber! O principe precisava de uma noiva e manda seu filho tentar conhecer melhor a garota – e é exatamente o que ele vai fazer no decorrer de uma semana.

Nesta semana, o príncipe Oscar pergunta a Miralys sobre sua magia e ela foi selada por sua mãe e pelo Mestre Kumu. Em seguida, o príncipe percebe que Tinasha estava desaparecida por alguns dias. Possessivo do jeito que ele é, claro que ele vai procurar sua protetora – e sobe novamente na torre para ver Tinasha com Lucrécia. Sim, acabou que as duas bruxas tornaram-se amigas mais próximas. De qualquer forma, a protetora passou a última semana analisando a maldição de Oscar, o que seria sua principal função mesmo enquanto protetora.

E aconteceu tanta coisa neste episódio… Isto foi só o início do episódio. A maior treta começa quando Als encontrou Tinasha para informá-la de que não há histórico de Miralys e começou a suspeitar dela. Depois de ver Miralys andando pelo corredor, os dois decidem seguir a garota para investigá-la. O problema é que isso deu espaço para interpretações erradas. Para disfarçar que estavam seguindo a garota, Als abraça Tinasha, mas o príncipe possessivo vê os dois pela janela e acha que Tinasha tá tendo caso com o cara. Oscar atribui um selo mágico, em formato de bracelhete, a Tinasha. Ainda a carregou para a cama, dando uma sensação que faria alguma besteira – Tinasha fica com raiva com toda a razão, até quebrando a janela em caquinhos de tanto nervoso. Até entenderem tudo…

Bom. Finalmente, ao saber que Miralys está desconfiada, ele diz ao pai dela que só se casará com Tinasha, não importa o que aconteça. Ele também dispensa Miralys para examinar seu passado. Miralys fica com raiva e ataca os dois, cegando o olho esquerdo de Tinasha. Nisto, precisam tirar todo mundo que estava ali para que o príncipe e a sua protetora brigassem “em paz” com a garota braba. A besta demoníaca de Miralys chega, a mesma que apareceu nos episódios anteriores parecendo um lobo branco gigante, atacando Oscar – e acabam deixando Tinasha lutar contra Miralys. Bem aquela coisa de bruxa contra bruxa e ataque físico contra ataque físico.

Não foi uma luta fácil. Após um tempo sofrendo ali, eles bolam um plano: Oscar continua a luta contra a fera, dando a Tinasha algum tempo para lançar um feitiço poderoso. Oscar finalmente derrotou a fera e Tinasha também lançou o feitiço. Miralys escapou (pelo que a bruxa de cabelos negros disse, ela deixou a garota fugir de propósito para descobrir o que ela queria) e foi para o salão onde a realeza guardava seus tesouros e encontra o que procurava. Era uma orbe vermelha, que a gente não entende muito bem o que é.

Tinasha a encontrou e lançou um feitiço sobre ela para que sua alma desaparecesse. É uma coisa meio triste, na verdade. É aqui que a gente tem a impressão que muita coisa se resolveria com conversas. Miralys está com raiva – e vemos que a raiva é graças a morte de seu amigo. No entanto, ela não explica nada para ninguém. Até a Tinasha deu uma nova abertura para a guria falar o que queria, o que estava acontecendo…

Só que Miralys apenas a atacava – e acabou morrendo no final da história. Eu queria ter visto a garota pedindo ajuda para Tinasha e Oscar, sinceramente. Ela tinha muito potencial e poderia ter confiado nos dois. Era só notar que eles tinham motivo para desconfiar, mas se a realeza gostava tanto dela para deixá-la como possível noiva…

No final do episódio, a gente vê que Tinasha curou seu olho e mais uma vez Oscar se desculpou pelo que fez com ela. E, claro, a bruxa sempre insistindo que nunca se casará com ninguém, e o príncipe dizendo que aguardará o tempo que for preciso. E mais uma das coisas que uma conversa adequada ajudaria. Nos episódios anteriores, a gente nota que Tinasha também gosta do príncipe, mas não quer se relacionar de forma romântica por ninguém porque romances podem enfraquecer o seu poder. Só que não vemos ela explicar isto ao príncipe. Cadê ela falando algo como “Filhote, também gosto de ti, mas eu realmente NÃO posso me casar se eu quiser continuar poderosa”???????

Trailer

Você sabia que o portal Meta Galáxia possui muitas resenhas e análises? Se procura por mais animes legais, você também poderá conferir em nosso portal: Resenha da 1ª temporada de Solo Leveling, a fantasia sombria do momento Resenha da 1ª temporada de A Sign of Affection: Compensou acompanhar?? Nós também temos em nosso portal: Resenha da 1ª temporada de The Unwanted Undead Adventurer (2024): Compensa assistir essa fantasia sombria?? Curte mangás? Se sim, vai gostar da última resenha: Resenha de Showa Volume 01, mangá de Shigeru Mizuki. E se você procura por mangás legais, pode conferir: Resenha de Vênus Invisível: Coleção de Histórias Curtas, com o Melhor de Junji ItoResenha de GoGo Monster, mangá de Taiyo Matsumoto e Resenha de Hitler, mangá de Shigeru Mizuki publicado pela Editora Devir!! Além disso, você também pode ler a nossa matéria: Critérios – Como fazemos Críticas e Análises.

ANÁLISE CRÍTICA - NOTA
Episódio 05 de Unnamed Memory – Emoção sem nome
Caroline Ishida Date
Come to the Dark Side. We have coffee with cookies! ☕
resenha-do-episodio-05-de-unnamed-memory-emocao-sem-nome Resenha do Episódio 05 de Unnamed Memory – Emoção sem nome Originalmente, Unnamed Memory é uma série de romance japonesa escrita por Kuji Furumiya, se iniciando no site Shōsetsuka ni Narō, em setembro de 2012. Graças ao sucesso, recebeu uma adaptação em mangá e também...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here