Um Espião E Meio – Resenha

0
84
Ano: 2016
Título Original: CENTRAL INTELLIGENCE
Dirigido por: Rawson Marshall Thurber
Avaliação: ★★★★☆ (Ótimo)

Em Um Espião E Meio, Calvin Joyner é um contador, casado, que se sente incompleto e infeliz em sua vida, principalmente quando uma possível reunião com ex colegas de escola está próxima de acontecer, já que nessa época ele era simplesmente o máximo e adorado por todos. Em meio a essa possível depressão, Calvin se encontra com Bob Stone, um colega antigo que, na época de escola sofria bullying por seu peso, mas que agora é um gigante musculoso que atrai a atenção de todos. A confusão começa quando Calvin descobre que Bob é um espião acusado de traição pelo FBI, e, mesmo sem querer, acaba tendo de participar dessa fuga e corrida para descobrir a verdade sobre seu amigo e até sobre si mesmo.

O filme é bastante engraçado, seja pelas piadas próprias e prontas de Kevin Hart (que centraliza a parte cômica consigo), assim como pelas suas interpretações diante de situações extremas. O roteiro ajuda bastante também na comédia, já que o personagem Bob Stone, e seu jeito meio doido e misterioso consegue tirar também algumas risadas de quem estiver assistindo.

O dinamismo do longa auxilia também, principalmente no tocante ao rumo dos acontecimentos, já que a troca de ação por comédia também é bastante inusitada. Se você se colocar na pele de Calvin, verá que tudo é uma imensa loucura, mas com traços de realidade que acabam prendendo o telespectador.

O fato de Calvin achar seu sentido de vida, e de que nunca sabemos o dia de amanhã, mesmo que de uma forma cômica, faz com que o filme consiga ser concluído de uma forma que satisfaz a expectativa de quem está vendo o longa.

Um Espião E Meio é um filme que vale por dois!

Análise Crítica
Data
Título Original
Um Espião E Meio
Nota do Autor
41star1star1star1stargray
ANÁLISE CRÍTICA - NOTA
Um Espião E Meio
Post anteriorDigimon Adventure: na Crunchyroll!
Próximo postResident Evil 3 – Análise
Trabalha com contabilidade a mais de 10 anos. No tempo livre, é escritor e publicou as obras Todas as Estrelas e a Última Estação (junto com seu primo Diego Betioli). Gosta muito de escrever e acredita que a arte pode melhorar o mundo e a vida das pessoas. É também um grande fã de Basket, principalmente da NBA e tem como hobby jogar esse esporte junto com os amigos. Fanático também pelos X-Men, não perde a oportunidade de sempre ter uma HQ dos heróis mutantes na mãe. Contribui no Meta Galáxia nos assuntos Filmes e Quadrinhos, principalmente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here