Review game Tandem: A Tale of Shadows

Tandem: A Tale of Shadow é um quebra-cabeça-plataforma com um design fantástico, qualidade dos quebra-cabeças e de aspecto assustador.

124

Review game Tandem

Review game Tandem: A Tale of Shadows

Certamente íamos aproveitar a oportunidade de fazer a review do game Tandem: A Tale of Shadows, o recente jogo no estilo plataforma e quebra-cabeça que é simplesmente fantástico! Disponível pela Steam, o jogo redefine o gênero de plataforma de ação com sua jogabilidade única e estética fantástica.

Você precisará ajudar Emma e o ursinho Fenton a solucionarem o mistério do desaparecimento do famoso mágico Thomas Kane. Embora Tandem: A Tale of Shadows possua um aspecto sombrio, particularmente eu o achei muito fofo desde o momento que assisti ao trailer!

E Tandem: A Tale of Shadows foi lançado recentemente, agora em outubro de 2021, o que talvez combine bem para aqueles que procuram obras sombrias para comemorar o Dia das Bruxas! Além disso, o jogo foi desenvolvido por Monochrome Paris e distribuído por Hatinh Interactive.

A narrativa de Tandem: A Tale of Shadows

O mundo sombrio de Tandem: A Tale of Shadows está repleto de designs de quebra-cabeças fantásticos, com novas ideias sendo lançadas em um ritmo constante que certamente mantém o jogador envolvido até o final!

Review game Tandem

A narrativa se passa na Londres vitoriana e é estrelado por uma jovem chamada Emma, ​​que descobre que um garoto chamado Thomas Kane desapareceu sem deixar vestígios. Kane é o filho de uma família famosa e excêntrica de mágicos, e sua estranha casa deixou a polícia perplexa. Ela decide investigar a Mansão Kane sozinha. No caminho, um ursinho de pelúcia cai de uma carruagem em alta velocidade e, para sua surpresa, ele se levanta e começa a correr para a mansão. Emma nomeia o ursinho de Fenton, e os dois entram na misteriosa Mansão Kane, a fim de encontrar a criança desaparecida.

Jogabilidade e mecânicas

Captura de Tela. Clockwork. Review game Tandem
Captura de Tela.

Em Tandem: A Tale of Shadows, você controla os dois personagens, Emma e Fenton, e cada um com sua própria personalidade e características. Os criadores tiveram como inspiração Sherlock Holmes e Watson, pois assim os personagens conversam entre si para resolver as investigações.

Em resumo, a mecânica é dos personagens é: Emma com vista de cima para baixo e Fenton com vista lateral. Dessa forma, temos que resolver quebra-cabeças usando as habilidades e perspectivas únicas. Também enfrentamos uma variedade de obstáculos que se interpõem em nosso caminho.

Fenton tem a habilidade de andar nas paredes, o que se torna uma mecânica importante.

Em cada etapa, Emma precisará guiar Fenton até a próxima peça da chave que será usada para explorar mais a mansão – e podendo alternar entre os personagens a qualquer momento. Precisamos usar Emma para influenciar o ambiente para criar pontes de sombra, o que pode ser feito de várias maneiras diferentes, como usando uma lâmpada perto de barreiras.

À medida que o jogo avança, ele introduz novos truques, como plataformas vivas de gelatina que se devoram para fazer plataformas maiores, mariposas que se movem de lâmpada em lâmpada que podem devorar Fenton se ele chegar muito perto e soldados de brinquedo empunhando espadas que o farão ataque Emma se ela for vista pelos olhos gigantes que se alinham nos corredores.

Os quebra-cabeças de Tandem: A Tale of Shadows

O nível e o design do quebra-cabeça em Tandem: A Tale of Shadows são fantásticos! E o jogo sacode a fórmula com novas adições a cada poucos estágios e mantém os vários elementos para resolver os quebra-cabeças ao alcance do braço o tempo todo. O aspecto de mundo duplo da jogabilidade também leva a alguns grandes quebra-cabeças de tempo, como por exemplo a gente precisando manter as pontes de sombra e plataformas exibidas com Emma enquanto Fenton corre contra o relógio.

Talvez, o único defeito do jogo seja que ele é curto, podendo concluir em poucas horas. Mas mesmo assim os quebra-cabeças nunca se tornam estereotipados ou obsoletos, então você pode jogá-lo mais de uma vez!

A estética do jogo é linda, com inspiração principalmente nos livros de Sherlock Holmes e na era vitoriana. O mapa-múndi é dividido em cinco níveis diferentes, cada um com sua aparência e sensação únicas. Por exemplo, posso citar a cozinha e suas sobremesas vivas maciças ou a sala da caldeira e suas monstruosidades mecânicas. Cada estágio está repleto de pequenos floreios, bem como alguns segredos ocultos a serem descobertos.

A trilha sonora complementa bem essa estética, com uma série de melodias assustadoras que assombram! Eu achei simplesmente genial!

Considerações finais sobre a Review game Tandem: A Tale of Shadows

Tandem: A Tale of Shadows é um jogo curto, mas cada fase é bem trabalhada, com os quebra-cabeças difíceis o suficiente, sem nunca ser tão obtuso a ponto de se tornarem frustrantes. Posso dizer que a Mansão Kane é um ambiente assustador e cheio de brinquedos e monstros, mas ainda um ambiente muito divertido de explorar. Além disso, aprender como mudar a forma das sombras de acordo com as necessidades do jogador permanece intrigante até o fim.

As características principais do jogo: direção de arte impressionante; mais de 40 quebra-cabeças inteligentes; cinco universos diferentes de tirar o fôlego; uma jogabilidade dupla exclusiva e cheia de estilo; aventura baseada em narrativa e jogo certamente ideal para jogadores casuais e experientes

Para quem quiser saber mais, tem o site oficial do jogo: https://tandem.games/

Enfim, essa é a nossa review game Tandem: A Tale of Shadows. Mas não deixem de conferir abaixo ao trailer e as capturas de tela, para se apaixonar mais pelo jogo! Além disso, nosso portal possui muitas outras análises de jogos, sendo uma das mais recentes a Análise de Rogue Lords. Certamente, temos muitos lançamentos ótimos de jogos sombrios! Espero que vocês gostem tanto quanto eu (além de considerar Tandem: A Tale of Shadows muito fofinho também).

Capturas de Tela

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here