Diablero (Netflix) – Resenha

0
468

Diablero – Resenha da série original Netflix

diablero01

Título Original: Diablero
Ano: 2018
Nº de Episódios: 08
Avaliação: ★★★☆☆ (Bom)

Produzida pela Morena FIlms e lançada pela Netflix ao final de dezembro de 2018, Diablero é uma série mexicana baseada no livro “El Diablo me obligó” (Francisco Hagnenbeck). A trama gira em torno da busca desesperada de um padre (Christopher Uckermann) por uma garota raptada por um demônio.

Habituada na Cidade do México, a série nos apresenta Elvis Infante (Horacio García Rojas), um diablero, que nos introduz a um mundo onde há a presença do bem e do mal, respectivamente representados por anjos e demônios. Em um certo momento, os anjos desistiram da humanidade e decidiram ir embora. Sendo assim, cabendo ao diableros estabelecerem um “equilíbrio” no mundo caçando o mal.

diablero03

Os diableros detém diversos conhecimentos para combaterem os demônios, desde uma classificação das bestas, até mesmo encantamentos e itens para combaterem o mal. Um lance curioso dentro de Diablero é que a maior parte dos encantos utilizados pelos “exorcistas” são feitos na língua asteca/náuatle, exibindo o quanto a parte mística da região dos astecas é presente na trama. Porém algumas magias mais profundas e com muito mais precisão e conhecimento técnico são caracterizadas como magias arcanas (geralmente emitidas em latim).

Logo no primeiro episódio a trama já se propõe a mostrar o gênero terror para quem assiste. Em uma luta árdua entre um demônio e uma mãe que tenta proteger a sua filha. Porém, com o passar dos episódios e da apresentação dos personagens e dadas situações, a série mistura um profundo suspense com um pouco de comédia, principalmente por tiradas de Elvis e Nancy (Giselle Kuri), uma portadora de demônios e conhecida por ser um ótimo recipiente para eles. Sim é isso mesmo.

diablero04

Junto ao padre Ramiro Ventura, Elvis Infante, Keta Infante (Fátima Molina) e Nancy vão à procura de crianças desaparecidas, que e em primeiro momento há a desconfiança de terem sido raptadas por demônios. No desenrolar da história, o plot twist mostra-se um caso muito maior do que um simples sequestro de jovens. A luta real é de um grande mal contra a humanidade.

A premissa construída e todo o universo que o filme é montado é muito bom, mas sempre há um momento em que o andamento da série vai provocar uma frustração. Isso acontece desde a proposta da entrega do terror cortada por piadas ou então o enredo da história levando para algo fora da curva. A caracterização e efeitos especiais dos demônios é muito bem construída, porém para por aí. O resto dos efeitos especiais e do cg apresentado em Diablero é um trabalho abaixo do esperado.

diablero02

A série aparentemente terá uma nova temporada. Ao final do último episódio a trama deixa muita coisa no ar e deixa de explicar outras também. Para quem procura uma série de terror à la American Horror History, Scream ou coisas mais sombrias, Diablero não chega a ser tudo isso. Mas é um suspense muito bom com uma história razoável, mas é muito interessante pelo lado cultural.

Confira outras resenhas de séries aqui. Siga o Meta Galáxia nas redes sociais e se inscreva no nosso canal!

assinatura kelvin

Análise Crítica
Data
Título Original
Diablero
Nota do Autor
31star1star1stargraygray

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here