Arco G8 – O lendário Con D. Oriano | One Piece (Análise)

298

Reza a lenda que existe um homem entre os sete mares capaz de bater com Deus Usopp. Seu nome é Condoriano e existem teorias de que, na verdade, seria Con D. Oriano. Brincadeiras a parte, o Arco G8 é um dos fillers favoritos dos fãs de One Piece e, apesar de eu não ver graça alguma no personagem Condoriano, o arco em si tem seus méritos.

Para começar, o arco é capaz de contar com uma estrutura própria, assim como a Ilha Névoa Arco-íris, por exemplo. A estrutura se resume a invasão do bando à mais protegida fortaleza da Marinha e uma caça do Comandante Jonathan ao bando. O paralelo com o xadrez é explicitado a todo o momento, mas ainda assim nunca se sustenta. Há ótimos momentos de comédia, mas que não são suficientes pra gerar interesse.

Como eu disse antes, é um arco que tem o mérito de ter sua própria estrutura, mas peca nela ao ser insuficiente em gerar interesse. O tal xadrez nunca se mostra interessante ou desafiador, ficando sempre na promessa. Os onze episódios são muito e geram uma enrolação tremenda, ficando bastante cansativo. Tudo piora quando você vem de um arco já enrolado – no anime – como Skypiea.

Os personagens apresentados são até interessantes, mas, como eu disse, ficam um pouco perdidos pela pouca criatividade em criar situações chamativas. As constantes fugas dos protagonistas lembram os piores momentos de Dressrosa e a ausência de uma luta consistente só piora as coisas. Não que o arco precisasse de uma luta – inclusive, é um mérito não precisar – mas como não havia conteúdo para onze episódios, teria servido melhor para inchamento do que o vai e vem da fuga.

Conclusão

Por fim, como se trata de um arco Filler, o Arco G8 pode até agradar aqueles que não criam grandes expectativas. Todavia, One Piece já demonstrou ser capaz de criar ótimos arcos fillers e com um universo cada vez mais consolidado, a Fortaleza G8 tinha potencial para oferecer mais.

ANÁLISE CRÍTICA - NOTA
Nota do Arco
6
Quem quiser saber quem sou, olha para o céu azul...Amante de infinitas coisas, desde animes, games, filmes, séries, música, futebol, literatura...Toda e qualquer uma dessas artes, mas, principalmente, a escrita, que torna minhas palavras imortais igual ao meu tricolor!

1 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here