Biografia: Yamada Asaemon Sagiri, protagonista de Hell’s Paradise: Jigokuraku

Yamada Asaemon Sagiri

Biografia: Yamada Asaemon Sagiri, protagonista de Hell’s Paradise: Jigokuraku

Entre os Principais Personagens de Hell’s Paradise: Jigokuraku, está Yamada Asaemon Sagiri (山やまだあえもぎり), uma jovem que trabalha como carrasco. Hell’s Paradise: Jigokuraku é uma série de mangá japonesa escrita e ilustrada por Yuji Kaku. A trama da obra é bastante intrigante. No período Edo do Japão, segue o ninja Gabimaru e o carrasco Yamada Asaemon Sagiri enquanto estão em busca do elixir da imortalidade. Recentemente, Crunchyroll lançou o guia de animes da temporada de primavera 2023. Entre eles, está a adaptação em anime da obra de Yuji Kaku, com dublagem prevista em português e sob produção do estúdio MAPPA, um dos mais importantes produtores de animes!

Yamada Asaemon Sagiri é a Asaemon do 12º posto do clã Yamada, bem como a filha do ex-líder do clã, Yamada Asaemon Kichiji. Quando o shogun pediu aos criminosos que adquirissem o Elixir da Vida da perigosa ilha conhecida como Kotaku, em troca do perdão por seus crimes anteriores, Sagiri recrutou Gabimaru. Além disso, ela deverá atuar como sua monitora até a conclusão da missão.

Personalidade e história

Yamada Asaemon Sagiri

Ao realizar seu trabalho como carrasco, Sagiri geralmente exibe um comportamento sério, pois possui um senso de dever muito alto quando recebe uma tarefa. Quando ela atuou como inspetora, Sagiri garantiu que Gabimaru respondesse a todas as suas perguntas, mesmo durante uma de suas execuções. E é algo que a fez ter que lembrar constantemente aos guardas que ela estava apenas fazendo seu trabalho.

Após se tornar a monitora de Gabimaru, ela corajosamente deixou claro que se recusava a permitir que ele fizesse o que quisesse na ilha e fez questão de vigiá-lo o tempo todo. Além disso, Sagiri é uma defensora do cumprimento das regras, já que ela manteve as amarras de seu criminoso designado. E isso embora os outros Yamada Asaemons soubessem que as regras só impediriam o progresso na missão. Ela pode, no entanto, permitir-se quebrar um pouco as regras, já que ela ignorou a tentativa de Gabimaru de matá-la. Ela também é capaz de aceitar certos eventos infelizes que ocorreram; embora demore um pouco para ela permitir que a situação se instale.

Mais proeminentemente, Sagiri sempre permanece fiel a si mesma. Apesar de sofrer discriminação de gênero no clã Yamada, até mesmo por seu próprio pai, Sagiri se esforça para seguir o caminho de um samurai e não aderir aos costumes tradicionais do clã, não importa o que seus membros possam pensar dela. Como tal, ela carrega a crença de que uma pessoa deve escolher o que quer ser na vida, independentemente da identidade com a qual nasceu. Embora ela fale com seus membros do clã com respeito, Sagiri não tem medo de se defender declarando suas convicções. Além disso, ela também passou a aceitar suas próprias deficiências, tais falhas sendo seus medos e dúvidas como samurai.

Trailer de Hell’s Paradise: Jigokuraku

Come to the Dark Side. We have coffee with cookies! ☕

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here