Bleach: Thousand-Year Blood War revela um segredo sobre como o Bankai realmente funciona

Bleach: The Thousand-Year Blood War revela que o Bankai de Renji estava incompleto, sugerindo que esta técnica é mais complexa do que se acreditava.

Renjii Abarai

Bleach: Thousand-Year Blood War revela um segredo sobre como o Bankai realmente funciona

Renji introduziu um novo Bankai em Bleach: The Thousand-Year Blood War, revelando que, apesar dos atalhos tomados por ele e Ichigo, essa técnica shinigami mais poderosa é notavelmente mais complexa do que inicialmente acreditavam, guardando ainda numerosos segredos.

O Bankai representa o ápice da liberação de um Zanpakuto e exige pelo menos 10 anos de treinamento para ser dominado. Renji, inicialmente, aprendeu o Bankai enquanto Rukia estava detida para execução, durante o arco da Soul Society, ao lado de Ichigo. Apesar de sua experiência como Soul Reaper e de já ser tenente, Renji não concluiu seus 10 anos de treinamento dedicado ao Bankai, tendo que se esforçar intensamente para desbloquear essa habilidade a tempo de contribuir para salvar Rukia. De maneira semelhante, Ichigo alcançou o Bankai em apenas três dias, mas, em ambos os casos, posteriormente foi revelado que ainda não haviam verdadeiramente atingido um Bankai completo.

Atualmente, a adaptação em anime está disponível na plataforma de streaming Star+. Os fãs de Bleach, grande obra-prima de Tite Kubo, também poderão conferir em nosso portal:

O Bankai de Renji estava incompleto porque ele correu para alcançá-lo

Renji Abarai


No episódio 18 de A Guerra Sangrenta dos Mil Anos, Renji experimenta um flashback ao conversar com Ichibe do Esquadrão Zero sobre seu Bankai. Ichibe revela que o nome de seu Bankai, Hihi-oh Zabimaru, era, na verdade, uma falsidade; o espírito Zanpakuto não confiava plenamente em Renji, impedindo-o de acessar todo o seu poder. Embora o episódio não forneça uma explicação detalhada, parece sugerir que a abordagem apressada de Renji para obter um Bankai pode ser a causa dessa limitação. Renji, ao que parece, conseguiu descobrir o verdadeiro nome de seu Zanpakuto, Soh-oh Zabimaru, e ganhou seu respeito enquanto se recuperava no Palácio do Rei das Almas com o Esquadrão Zero. Isso finalmente permitiu que Renji utilizasse o Bankai em sua totalidade contra Mask de Masculino.

É plausível que Zabimaru tenha reconhecido a necessidade de Renji de seu poder para resgatar Rukia, mas hesitou em conceder o Bankai completo. Assim, proporcionou-lhe acesso a uma forma incompleta para dar-lhe uma chance de lutar. Uma comparação interessante pode ser feita com Yumichika, que intencionalmente utiliza um nome incorreto para a forma Shikai de sua Zanpakuto, invocando uma versão mais fraca. Independentemente disso, o novo Bankai de Renji trouxe uma notável atualização de poder, materializando um novo e poderoso braço de babuíno que quase esmagou Mask, juntamente com uma nova forma para a própria espada.

Bankai de Bleach ainda esconde muitos segredos

Ichigo Kurosaki


Independentemente das técnicas de treinamento rápido que alguém busque, parece ser uma verdade inegável que o verdadeiro Bankai de um Zanpakuto não pode ser acelerado. Tentativas de fazê-lo apenas resultarão em uma forma mais fraca sendo desbloqueada um pouco antes do tempo. Como é característico de muitos elementos na série, os fãs não conseguem evitar a sensação de que Tite Kubo, o criador de Bleach, apenas arranhou a superfície dos numerosos segredos do Bankai.

O processo de revelação e aprofundamento desses mistérios parecem estar em constante evolução ao longo de Bleach: The Thousand-Year Blood War. Além disso, há indícios de que alguns Bankai ainda não apresentados no mangá estão aguardando para serem revelados, alimentando a esperança dos fãs de que haja muito mais a ser descoberto. A complexidade subjacente a essa técnica definitiva dos Soul Reapers continua sendo um terreno intrigante e, possivelmente, inexplorado.

Tal como acontece com Renji e seu Bankai, o episódio 18 da Guerra Sangrenta dos Mil Anos oferece um vislumbre de como a verdadeira natureza do Bankai pode estar intrinsecamente ligada à jornada do usuário. O processo de desvendar os segredos do Zanpakuto e, por extensão, do Bankai, parece ser uma jornada que vai além de simples treinamento e envolve uma compreensão mais profunda e respeitosa entre o Soul Reaper e sua lâmina espiritual.

Assim, à medida que a narrativa se desenrola, os fãs podem esperar não apenas testemunhar mais Bankai impressionantes em ação, mas também explorar as camadas mais profundas e intricadas que envolvem essa técnica transcendental. Bleach, mais uma vez, promete desafiar as expectativas e desvendar mais mistérios à medida que a saga se desdobra, proporcionando aos fãs uma experiência cada vez mais rica e imersiva no mundo dos Soul Reapers.

Come to the Dark Side. We have coffee with cookies! ☕

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here