O que faz Bleach o melhor dos três grandes da Shonen Jump

Dos três grandes de Shounen Jump, enquanto Naruto e One Piece são mais populares, Bleach é facilmente o melhor do grupo.

O que faz Bleach o melhor dos três grandes da Shonen Jump

O que faz Bleach o melhor dos três grandes da Shonen Jump

Os três títulos Shonen Big Three (ou os Três Grandes Shounens) originais são Naruto de Masashi Kishimoto, One Piece de Eiichiro Oda e Bleach de Tite Kubo. Em termos de popularidade, vendas e influência, os Três Grandes dominaram a cena da demografia shounen dos anos 2000 e início dos anos 2010. No entanto, muitos entusiastas de anime veem Bleach como o menor da ninhada. Ainda assim, há algo que faz Bleach o melhor dos três grandes da Shonen Jump.

Em termos de números, é verdade que Bleach menos que Naruto. Dito isto, os fãs apaixonados de Bleach sabem que seu shounen favorito se destaca de uma maneira que os outros nunca fizeram. Bleach concluiu formalmente com a Guerra de Sangue de Mil Anos em 2016, encerrando esta amada série de mangá. Quando a TV Tokyo e Tite Kubo finalmente anunciaram uma adaptação em 2020, e Bleach voltou à vida pela primeira vez em seis longos anos.

Válido ressaltar alguns comentários antes de prosseguirmos no que faz Bleach o melhor dos três grandes da Shonen Jump. Em primeiro lugar, esse discurso não significará que eu não curta Naruto e One Piece (sendo que, necessariamente, faço cosplays do Naruto e vários artigos relacionados aos dois animes). Além disso, nós do Meta Galáxia temos muitas resenhas e análises de One Piece (sim, temos membros viciados aqui). Dessa forma, estou aqui para comentar argumentos em comuns do fandom de Bleach, obra que de fato é a minha favorita entre os Três Grandes! Depois, conte para a gente nos comentários se você concorda! E se você ainda não sabe o que é a demografia shounen, então confira em nosso portal: O que é Shounen? E quais seus principais títulos?

Existem poucos vilões shounen mais atraentes do que Sōsuke Aizen

Sōsuke Aizen | Bleach | Tite Kubo | Studio Pierrot
Sōsuke Aizen | Bleach | Tite Kubo | Studio Pierrot

É difícil negar: Aizen é um dos melhores vilões da história shounen. O Itachi de Naruto é um candidato digno, pelo menos até que o resto de sua história se revele. Aizen, por outro lado, é um gênio criminoso verdadeiramente desprezível que orquestra quase tudo em toda a narrativa. Isso é algo que nenhum dos outros três grandes vilões pode dizer.

Ele é um mentor por qualquer padrão e aquele que facilmente supera seus oponentes com nada mais do que seu intelecto. Os vilões do anime costumam ter sucesso apenas porque os mocinhos não conseguem realizar seus esquemas, mas mesmo o prodigiosamente inteligente Urahara é incapaz de combater todos os movimentos de Aizen.

O sistema de combate de Bleach é altamente complexo e bem projetado

Todos os títulos dos Três Grandes têm ótimos sistemas de combate e estão praticamente no mesmo nível em termos de qualidade e profundidade. O que diferencia Bleach é que sua mecânica de luta incorpora três estilos únicos. Esses subsistemas são fraquezas caracteristicamente distintas, mas jogam com as forças e fraquezas uns dos outros.

A primeira técnica de combate envolve Zanpakuto e os feitiços Kido usados ​​pelos Shinigami. O segundo sistema é o da tribo espiritual Quincy, enfatizando escrituras e arco e flecha, juntamente com outros equipamentos relacionados. O terceiro sistema envolve os Espada e os Arrancars e suas habilidades naturais de Hollow.

Bleach trouxe maior representatividade desde o princípio

Orihime Inoue
Orihime Inoue (Reprodução: Bleach)

Representação e inclusão são tópicos complicados no mundo dos animes e mangás das demografias shounen e seinen. Afinal de contas, alguns criadores simplesmente fazem um trabalho desleixado com suas séries. É difícil vermos algo melhor elaborado, igual vemos em The Case Study of Vanitas, mangá de Jun Mochizuki. Felizmente, todos os três grandes trouxeram uma boa representação, e é inegável na real, mas gostei de como Tite Kubo o faz com mais frequência.

Em primeiro lugar, desde o início Bleach apresenta vários personagens negros – o hilário Nimaiya Oetsu, a devastadoramente poderosa Yoruichi Shihoin e o vilão Zommari Rureaux sendo exemplos proeminentes. E claro, personagens sem alguns estereótipos odiados pelo público. Em quesito de personagens femininas, Bleach e One Piece trouxeram um maior reconhecimento do que Naruto desde o seu princípio.

Relacionado: Bleach vs Naruto: Qual série fez suas personagens femininas melhor justiça?

A premissa principal de Bleach ainda era refrescante para a época

Todo mundo adora boas obras de pirata nos sete mares, e os ninjas sempre serão durões. E na época dos lançamentos de Naruto e One Piece, realmente faltava mais obras legais de ninjas e piratas, mas não era algo inédito. O que foi mais inédito foi a narrativa com um Shinigami tendo que caçar espíritos tentando invadir o mundo humano. É uma premissa incrivelmente legal, que pode se prestar a uma infinidade de gêneros, da comédia ao terror!

Bleach não tem tantas mudanças de lado

Gin Ichimaru
Gin Ichimaru | Bleach | Tite Kubo | Studio Pierrot |

É comum vermos os vilões da demografia shounen indo para o lado bom, às vezes se juntando aos heróis. Naruto faz isso com quase todos os vilões do arco principal, seja Nagato ou Obito. Até Fairy Tail trouxe isso, em alguns momentos. É um grande momento de desenvolvimento em pequenas doses, mas Naruto exagera. One Piece o usa com muito mais moderação e com grande efeito, como no caso de Nico Robin.

Dito isso, é ótimo ter uma série que modera isso mais do que One Piece e mantém seus vilões como vilões. Mesmo os antagonistas que se tornam simpáticos em Bleach, como por exemplo Gin Ichimaru, não estão completos de seus crimes.

A construção do mundo de Bleach é mais fácil de seguir

Para os fãs mais dedicados, vale a pena o esforço para acompanhar a expansiva construção do mundo de Eiichiro Oda, mas mais de 1.000 episódios de One Piece o tornam assustador para novatos. Além disso, também pode ser difícil para novatos acompanharem o mundo de Naruto e as suas principais nações.

No entanto, Bleach limita sua construção de mundo a três mundos e os torna totalmente diferentes um do outro. Este é um nível de construção de mundo eficiente que qualquer fã pode desfrutar. Os fãs de Bleach podem explorar o Japão da vida real, uma terra de fantasia japonesa feudal e um mundo desértico permanentemente noturno habitado por criaturas bizarras.

As reviravoltas na trama de Bleach são mais inesperadas

One Piece possui reviravoltas interessantes, mas nenhuma delas foi tão chocante quanto Sosuke Aizen revelando-se não apenas vivo, mas também a força da malícia invisível nas sombras. A traição de Gin Ichimaru e Kaname Tōsen dá um soco igualmente potente, já que poucos espectadores esperavam que eles ficassem do lado de Aizen. O arco Thousand-Year Blood War também inclui inúmeras reviravoltas na sua narrativa.

Bleach incorpora vários elementos legais de Isekai

Na verdade, uma série shounen não precisa de uma vantagem isekai para ser atraente, mas Bleach encontra uma maneira de incluir naturalmente elementos isekai sem recorrer ao preenchimento ou sair da trilha narrativa. Como tal, o show tem razões substanciais para enviar Ichigo e seus amigos para reinos sobrenaturais como Soul Society e Hueco Mundo.

O atual subgênero isekai parece supersaturado agora, mas ainda era uma novidade para muitos fãs com o lançamento de Bleach, que evita todos os piores clichês isekai. Nem Naruto nem One Piece tentam algo assim, embora One Piece também tenha algo legal: Luffy ocasionalmente visita algumas ilhas verdadeiramente bizarras.

Relacionado: As principais diferenças entre fantasia e os animes Isekai explicadas

As lutas de Bleach dependem mais da estratégia do que das habilidades poderosas

Ambas as partes em uma batalha de Bleach tendem a analisar e deduzir as habilidades uma da outra enquanto sutilmente escondem informações sobre as suas próprias. Embora os personagens acabem revelando tudo sobre seus poderes, isso não acontece instantaneamente. As lutas de Bleach geralmente não são sobre quem produz a maior explosão, mas sim quem pode jogar xadrez mental melhor do que seus oponentes.

As batalhas de Byakuya, em particular, destacam suas estratégias intelectuais, mas ele está longe de ser o personagem mais científico da narrativa. Mayuri, Urahara e Aizen possuem suas táticas extraordinárias, enganando os inimigos antes mesmo que eles possam responder.

O mangá de Bleach tem a melhor arte, entre os três grandes da Shonen Jump

mangá Bleach
Bleach | Tite Kubo |

Bleach, One Piece e Naruto têm ótimas obras de arte. No entanto, o mangá de Bleach emprega técnicas visuais fantásticas que se tornaram marcas registradas da série. Um exemplo importante é o tempo de segundo entre os painéis, convencendo os leitores de que um personagem ou item se moveu na velocidade da luz antes que os próprios personagens pudessem reagir. A relativa falta de cinza também faz o mangá Bleach aparecer com contraste, e os ângulos e fotos em close são feitos com maestria.

Bleach está passando por um segundo renascimento agora

Ichigo Kurosaki em BLEACH: Thousand-Year Blood War
Ichigo Kurosaki em BLEACH: Thousand-Year Blood War

Bleach finalmente voltou às telas de TV após um hiato dolorosamente longo. O programa teve um rápido aumento no ranking do MyAnimeList, alcançando o segundo lugar logo abaixo do eternamente relevante Fullmetal Alchemist: Brotherhood.

O arco Thousand-Year Blood War contém algumas das sequências animadas mais emocionantes da atualidade, embora apenas o tempo dirá como os 52 episódios se desenrolam. Bleach pode nunca mais voltar aos seus gloriosos dias dourados, mas o anime certamente está passando por um segundo renascimento.

As primeiras temporadas de Bleach estão disponíveis via Crunchyroll. Já BLEACH: Thousand-Year Blood War está disponível internacionalmente via Disney+, sem previsão oficial para o Brasil.

Em conclusão, são esses tópicos que fazem Bleach o melhor dos três grandes da Shonen Jump! Conte para a gente: você concorda?

Come to the Dark Side. We have coffee with cookies! ☕

1 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here