Mushoku Tensei 01: Desempregado Reencarnado | Análise

226

Muito comum hoje em dia, o gênero Isekai possui alguém para chamar de pai em suas novels e este é Mushoku Tensei. A premissa, como mencionei no post sobre as expectativas do anime, é bastante interessante, ainda que já não seja mais tão novidade. Ainda assim, qualquer premissa, por melhor que seja, pode ser mal desenvolvida ou sofrer de outros problemas e foi mais ou menos o que eu identifiquei na análise do mangá. Porém, aqui vamos dar a oportunidade do anime corrigir estes defeitos. Vamos falar especificamente de Mushoku Tensei 01.

Uma nova chance

Toda a construção envolvendo a morte do protagonista em sua vida original ganha ares de mistério. De certa maneira, a personalidade dele é protegida e o foco rapidamente troca para seu ressurgimento. A transição é bem feita e até o som dos gritos de sua mãe podem ser ouvido enquanto ele morria/renascia. Dai em diante passamos a acompanhar Rudeus em sua descoberta sobre aquele mundo, ao mesmo tempo que o conhecemos também. A narração é sempre bem utilizada, como elemento para acelerar de maneira natural a história e dá pra absorver tranquilamente tudo que vemos em tela. O anime aproveita e desenvolve melhor o crescimento de Rudeus antes de passar a ter as aulas, o que nos permiti se conectar mais com o protagonista.

A personalidade de Rudy, no entanto, continua sendo do tipo bem bizarro. Tarado ao máximo, o personagem até quando é bebê sexualiza alguns situações e o mundo que o cerca facilita essa visão. A impressão que fica é que ao final será um mundo de fetiche criado pelo protagonista antes de sua morte. Não que seja surpresa em se tratando de animes, mas é exatamente isso que incomoda. Cada vez mais, personagens assim passam a gerar repúdio, até pelo excesso. Há tanto pornô, hentai e coisas do tipo que é preciso mais do que mulheres de peitos grandes, nerds e lolis pra manter o interesse na história.

Por fim…

Ainda que tenha herdade alguns problemas do mangá, Mushoku Tensei 01 é capaz de desenvolver melhor sua premissa e caminha num ritmo interessante. Mas, ainda há o que provar e seu protagonista precisa se tornar mais interessante para carregar sua história. Com uma ótima animação e trilha sonora, há expectativas de uma boa história para se acompanhar.

ANÁLISE CRÍTICA - NOTA
Nota do Episódio
7.5
Quem quiser saber quem sou, olha para o céu azul...Amante de infinitas coisas, desde animes, games, filmes, séries, música, futebol, literatura...Toda e qualquer uma dessas artes, mas, principalmente, a escrita, que torna minhas palavras imortais igual ao meu tricolor!

1 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here