8 autores de Star Wars que todo fã precisa ler

A galáxia de Star Wars está em constante expansão, com uma impressionante variedade de romances best-sellers do New York Times.

Imagem de GooKingSword por Pixabay
Imagem de GooKingSword por Pixabay

8 autores de Star Wars que todo fã precisa ler (em Canon e Legends)

Para mergulhar de verdade no universo de Star Wars, é essencial que todo fã mergulhe nas obras dos principais autores da franquia. Desde o início, Star Wars sempre se estendeu além do domínio do filme e abraçou várias formas de mídia. Surpreendentemente, o primeiro romance autorizado, intitulado Splinter of the Mind’s Eye e escrito por Alan Dean Foster, foi publicado antes do lançamento de The Empire Strikes Back. No entanto, não foi até 1991 que Star Wars aproveitou totalmente as possibilidades do formato de romance, quando Bantam introduziu uma série cativante de livros que rapidamente subiu para o topo da lista de best-sellers do New York Times.

Classificar os principais autores de Star Wars representa um desafio substancial, principalmente devido à exclusão oficial de inúmeras histórias excepcionais do status de cânone. Vários escritores fizeram contribuições singulares para a franquia, com destaque para o romance imperdível de Adam Christopher, Shadow of the Sith. Por outro lado, alguns autores ainda estão descobrindo suas vozes únicas no universo de Star Wars. Vale a pena reconhecer os esforços louváveis ​​de George Mann, Aaron Allston, Alexander Freed, Cavan Scott, Greg Keyes e Jason Fry.

Timothy Zahn


Timothy Zahn é, possivelmente, um dos autores mais importantes de Star Wars de todos os tempos. Em 1991, ele lançou o primeiro livro da lendária “Trilogia Thrawn”, uma série de romances que essencialmente revolucionou o Universo Expandido de Star Wars. Essas obras foram marcadas pela introdução do icônico Grande Almirante Thrawn, um estrategista alienígena que rapidamente alcançou o topo da hierarquia militar do Império e quase conseguiu destruir a Nova República.

Além disso, Zahn também é conhecido por criar Mara Jade, a esposa de Luke Skywalker na continuidade de Legends, uma personagem que conquistou o coração dos fãs. A notoriedade de Thrawn cresceu a tal ponto que foi reintroduzido no cânone de Star Wars em Star Wars Rebels, abrindo caminho para que Zahn fosse contratado para escrever uma série de livros explorando a história do Grande Almirante Chiss no novo cânone.

A trilogia Thrawn: Ascendancy é particularmente empolgante, oferecendo aos leitores uma visão aprofundada de como Thrawn foi exilado de sua própria raça, os Chiss. Com notável liberdade criativa, Zahn se deleitou na oportunidade de estabelecer a cultura e a sociedade Chiss nas Regiões Desconhecidas da galáxia, acrescentando mais profundidade ao rico universo de Star Wars.


Matt Stover

O romance de Star Wars: Episódio III – A Vingança dos Sith, escrito por Matt Stover, continua sendo considerado a melhor história já contada no universo de Star Wars. Como um renomado escritor de fantasia e ficção científica, Stover possui apenas quatro livros no cenário de Star Wars, mas todos eles são verdadeiras joias. Sua estreia veio com o angustiante romance “Nova Ordem Jedi”, Traitor, uma obra de Legends que submeteu Jacen, filho de Han e Leia, a uma tortura brutal, questionando os fundamentos da Ordem Jedi. Em seguida, Stover nos presenteou com o impressionante romance das Guerras Clônicas, “Shatterpoint”, e também com a novelização de “A Vingança dos Sith”, escrita em estreita colaboração com o próprio George Lucas. Seu último livro, “Luke Skywalker e as Sombras de Mindor”, é uma brilhante narrativa de ação. Cada obra de Stover é uma leitura obrigatória, e sua posição nesta lista certamente seria ainda mais elevada se houvesse mais livros escritos por ele no universo de Star Wars.

Drew Karpyshyn

Drew Karpyshyn, um talentoso escritor canadense de videogames, é amplamente reconhecido por seu trabalho nos jogos Star Wars: Knights of the Old Republic. Além disso, ele é aclamado por ter escrito alguns dos melhores romances do universo de Star Wars até o momento. Sua especialidade está na Era da Velha República, e sua trilogia “Darth Bane” é uma impressionante exploração do lado negro da Força. Com a crescente especulação de que Knights of the Old Republic poderia retornar ao cânone, a influência de Karpyshyn provavelmente desempenhará um papel fundamental na galáxia mais uma vez. Sua contribuição promete ser significativa caso essa icônica era seja reintegrada à história oficial de Star Wars.

Charles Soule


Nos últimos anos, Charles Soule emergiu como uma figura significativa na literatura de Guerra nas Estrelas, principalmente devido à sua notável contribuição para a iniciativa transmídia Star Wars: The High Republic. Com seu talento excepcional como escritor de quadrinhos e sua habilidade de construir mundos cativantes, Soule desempenha um papel fundamental na expansão desse novo período da história galáctica.

Através de sua obra “A Luz dos Jedi”, Soule apresenta uma introdução essencial à Era da Alta República, cativando os leitores com conceitos e ideias empolgantes. Sua influência transcende as páginas, uma vez que a Lucasfilm Television trabalha atualmente no desenvolvimento do programa de TV chamado “The Acolyte”, ambientado no final da Era da Alta República, evidenciando o alcance de suas contribuições.

A crescente disseminação dessas ideias para outros meios ressalta a importância do trabalho de Soule na construção desse novo capítulo da história de Star Wars. Sua obra “A Luz dos Jedi” é incontestavelmente uma leitura imperdível para todos os fãs que desejam mergulhar nessa emocionante Era da Alta República.

Delilah S. Dawson

Delilah S. Dawson tem uma abordagem única em relação a Star Wars. Enquanto a maioria dos autores se concentra nos heróis, ela se destaca ao explorar a mente dos bandidos. Seu amor por personagens como o Capitão Phasma e os Inquisidores de Darth Vader é evidente em suas obras. A cada novo livro, Dawson supera suas próprias criações, e seu ápice até o momento é “Inquisitor: Rise of the Red Blade”, que narra a jornada de um Jedi destinado a se tornar um dos temidos Inquisidores Imperiais.

Michael Stackpole


Michael J. Stackpole é um renomado escritor de ficção científica e fantasia, com destaque em universos como BattleTech e Star Wars. Sua liderança nos romances “X-Wing” trouxe à luz o futuro Jedi Corelliano, Corran Horn, que inicialmente desconhecia seu potencial na Força ao se juntar à Aliança Rebelde, mas eventualmente se tornou uma peça-chave na Ordem Jedi de Luke Skywalker. Sua forte conexão com o mundo expandido de Star Wars Legends o manteve envolvido por muitos anos, e ele ainda contribuiu com dois dos melhores livros da famosa série “Nova Ordem Jedi”. Após o legado deixado por Stackpole, a série X-Wing foi continuada pelo falecido Aaron Allston, também um dos proeminentes autores de Star Wars.

Claudia Gray

Claudia Gray é o pseudônimo literário da autora americana Amy Vincent, e ela se consolidou como uma das mais notáveis autoras do cânone de Star Wars. Sua escrita se destaca por criar histórias envolventes e ricas em personagens, conquistando a admiração dos fãs.

Um dos destaques de sua carreira foi ter tido o privilégio de escrever dois livros importantes centrados em Leia Organa, um dos icônicos personagens da saga. Um desses livros, “Leia: Princesa de Alderaan”, foi lançado logo após o falecimento de Carrie Fisher, proporcionando uma bela homenagem à lendária atriz e ao legado de Leia.

Outra obra notável de Claudia Gray é “Lost Stars”, uma história de romance incomum que se entrelaça com os eventos da Guerra Civil Galáctica. Este livro conquistou o coração dos leitores e se tornou um dos melhores do universo Star Wars, cativando pela forma como apresenta uma perspectiva única e cativante dos acontecimentos da galáxia muito, muito distante.

James Luceno

James Luceno, um autor americano nascido em 1947, é amplamente reconhecido por suas obras acessíveis, apesar de sua habilidade excepcional em dominar o cânone e a continuidade de Star Wars. Sua perícia está em habilmente entrelaçar detalhes sutis, enriquecendo a galáxia de uma forma notável, e ele se destaca em unir elementos contraditórios de forma coesa.

Dentro do cenário de Star Wars Legends, Luceno destacou-se como um dos melhores escritores. Ele foi responsável por unir a célebre série “Nova Ordem Jedi” com maestria em “The Unifying Force”. Além disso, colaborou em estreita parceria com a Lucasfilm em “Darth Plagueis”, que conta a história do Mestre Sith de Palpatine.

Mesmo após a aquisição da franquia pela Disney em 2012, Luceno continuou a escrever Star Wars e contribuiu com vários livros fundamentais para o novo cânone. Seu papel foi crucial no emocionante projeto de publicação transmídia associado ao lançamento de “Rogue One: A Star Wars Story”, onde escreveu a prequela em forma de romance, “Catalyst”.

Com uma carreira brilhante, James Luceno já se aposentou, deixando um legado significativo em sua contribuição para a expansão e aprofundamento do universo de Star Wars através de suas notáveis obras.

Austra Caroline
Come to the Dark Side. We have coffee with cookies! ☕

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here