5 momentos mais sombrios do mangá Chainsaw Man

Chainsaw Man, de Tatsuki Fujimoto, é famoso por seu enredo sombrio e criaturas assustadoras, e o mangá faz um ótimo trabalho com sua arte.

mangá chainsaw man

5 momentos mais sombrios do mangá Chainsaw Man

O mangá Chainsaw Man, de Tatsuki Fujimoto, é amplamente reconhecido por várias razões, mas debaixo da superfície das cativantes e emocionantes exibições típicas das obras shounen, encontra-se uma narrativa surpreendentemente perturbadora e distorcida. Ela é tão intensa que faz com que a maioria das outras obras de fantasia sombria pareçam relativamente inofensivas em comparação. Fujimoto é conhecido por seu estilo de criação que não se leva muito a sério. No entanto, quando se trata de explorar as implicações mórbidas de sua história sombria e inquietante, ele demonstra uma coragem e habilidade que superam a maioria das outras histórias shounen modernas.

Apesar de incorporar muitos elementos cômicos, as aventuras de Denji não são destinadas aos mais sensíveis, e a dedicação de Fujimoto em nunca se esquivar de abordar os momentos mais chocantes e perturbadores que ocorrem regularmente em seu mundo repleto de medos e monstros confere profundidade e substância à sua obra. Seja retratando cicatrizes de morte ou cicatrizes do tormento emocional, Chainsaw Man explora seus horrores de maneira intensa, proporcionando alguns dos momentos mais sombrios e impactantes da série.

Cuidado, pois terá spoilers do mangá japonês escrito e ilustrado por Tatsuki Fujimoto. A adaptação em anime já está disponível pela Crunchyroll. 

Fã de Chainsaw Man, de Tatsuki Fujimoto, ou desejando conhecer melhor? Se sim, então confira também em nosso portal:

A morte de Aki

A morte de Aki

Embora Chainsaw Man tenha uma parcela significativa de mortes terríveis e emocionantes, nenhuma delas carrega o mesmo peso que a tragédia da morte de Aki Hayakawa. Após o corpo de Aki ser possuído pelo Gun Devil, ele é levado até o apartamento de Denji, onde Makima ordena que o Chainsaw Man utilize o corpo de seu melhor amigo para derrotar o Gun Fiend.

Contudo, o que torna a morte de Aki tão comovente são as visões que o que resta de sua consciência testemunha durante sua batalha com Denji. Na mente fragmentada de Aki, ele e Denji estão simplesmente brincando na neve, enquanto no mundo real, Denji é obrigado a assassinar o amigo que já não o reconhece mais. A morte cruel de Aki Hayakawa não só se destaca como um dos momentos mais tristes em todo o mangá, mas também é o mais sombrio já experimentado pelo universo de Chainsaw Man até o momento.

Denji comendo Makima – literalmente

Denji comendo Makima - literalmente - mangá Chainsaw Man

Makima e Denji têm um dos relacionamentos mais fascinantes, porém perturbadores, em Chainsaw Man. Assim, o final da primeira parte da série, culminando com Denji confrontando seu interesse amoroso abusivo e manipulador e emergindo vitorioso, parece catártico da melhor maneira possível. No entanto, Denji realiza algo sombrio e perturbador sem precedentes com o corpo de Makima depois de derrotá-la.

Unindo seus dois maiores amores – Makima e boa comida – Denji canibaliza os restos mortais de Makima em uma grotesca demonstração final de afeto por aquela que causou o desmoronamento de sua vida. Como era de se esperar, muitos leitores ficaram chocados com a ação de Denji ao consumir o cadáver de Makima, mesmo que poucos deles considerassem que ela não merecia tal destino.

A Morte de Power

A Morte de Power

Quando a Saga da Segurança Pública atinge seu clímax, Denji já havia enfrentado inúmeras tragédias agonizantes. No entanto, Makima se recusou a desistir até que todos aqueles que Denji amava fossem eliminados, e a última vítima em sua lista era Power. Power, uma querida integrante do elenco e uma das amigas mais próximas de Denji, encontrou um fim inútil e súbito, sendo morta a sangue-frio por Makima enquanto Denji era forçado a testemunhar impotente.

Dada a profundidade do relacionamento entre Denji e Power, testemunhar sua morte como a última vítima do maligno plano de Makima é devastador de forma indescritível. Para tornar a situação ainda mais angustiante, Power faleceu no aniversário de Denji, fazendo com que o bolo de comemoração caísse de suas mãos inertes.

O espírito de Denji sendo quebrado por Makima

Denji - Chaisnaw Man mangá


O plano mestre de Makima para obter os poderes do Diabo da Serra Elétrica implicava em quebrar completamente o espírito de Denji e fazê-lo renunciar ao seu contrato com Pochita. Infelizmente, Makima consegue retirar toda a alegria da vida de Denji.

O momento comovente que deixa claro o quanto Denji sofreu brutalmente com todo o trauma infligido por alguém que ele amava e admirava acontece logo após ele eliminar o Gun Fiend. Enquanto ele saboreia brevemente um sorvete, confronta a esmagadora realidade de ter assassinado Aki. Nesse instante, Makima aparece para levá-lo de volta para casa, e Denji, confuso e sem esperanças, expressa o desejo de se tornar um dos cães dela.

Denji relembrando suas memórias reprimidas de infância

Denji


As portas desempenham um papel simbólico de grande relevância em Chainsaw Man. Tanto literalmente quanto metaforicamente, elas frequentemente separam Denji de algumas de suas experiências mais traumáticas e sombrias. Seja a porta física que, embora cheirando a Aki, esconde o Gun Fiend, ou a porta no sonho de Denji, que Pochita o aconselha a não abrir. No entanto, a passagem fechada na mente subconsciente de Denji, que iniciou tudo, esconde o segredo mais sombrio do protagonista, um segredo que ele escolheu esquecer, em um ato de autopreservação.

O pai de Denji é conhecido como aquele que transferiu sua enorme dívida para Denji após sua morte por suicídio. No entanto, a verdade por trás de sua morte foi convenientemente reescrita pelo subconsciente de Denji, pois, na realidade, o jovem teve que matar seu próprio pai em legítima defesa, após este atacá-lo alcoolizado.

Você sabia que o portal Meta Galáxia possui muitas resenhas e análises? Se procura por mais animes legais, você também poderá conferir em nosso portal: Resenha da 1ª temporada de Solo Leveling, a fantasia sombria do momento Resenha da 1ª temporada de A Sign of Affection: Compensou acompanhar?? Nós também temos em nosso portal: Resenha da 1ª temporada de The Unwanted Undead Adventurer (2024): Compensa assistir essa fantasia sombria?? Curte mangás? Se sim, vai gostar da última resenha: Resenha de Showa Volume 01, mangá de Shigeru Mizuki. E se você procura por mangás legais, pode conferir: Resenha de Vênus Invisível: Coleção de Histórias Curtas, com o Melhor de Junji ItoResenha de GoGo Monster, mangá de Taiyo Matsumoto e Resenha de Hitler, mangá de Shigeru Mizuki publicado pela Editora Devir!! Além disso, você também pode ler a nossa matéria: Critérios – Como fazemos Críticas e Análises.

Austra Caroline
Come to the Dark Side. We have coffee with cookies! ☕

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here