Episódio 11 de Tower of God: impressões semanais

No episódio 11 de Tower of God, finalmente o teste final teve início e abordou a ingenuidade do Bam de forma curiosa. Comentarei aqui às minhas impressões.

94

Olá pessoal. Tudo bem com vocês? No episódio 11 de Tower of God, finalmente chegou o teste final e ficou claro que a ingenuidade é uma dádiva.

E sim. O episódio estava falando sobre a inocência do Bam, o mostrando dentro de uma bolha (literalmente) falando coisas positivas para a Rachel enquanto seus amigos encaravam uma realidade cruel. Apesar da metáfora ser interessante e coerente, achei bizarro o anime utilizá-la de forma tão implícita. Admito que só descobri alguns dias depois de assistir (crédito ao YouTuber de Anime) e não foi por falta de atenção, só foi inesperado para mim esse tipo de abordagem nessa obra. No início, aquela prova das portas também foi metafórica, porém foi bem mais óbvio e até verbalizado.

Bom, deixando os meios utilizados de lado, essa ideia é muito bem vinda para a série. Um dos seus maiores defeitos ainda é a falta de carisma do protagonista, então a possibilidade dele ser melhor desenvolvido é bastante animadora. Por outro lado, o roteiro insiste em não dá-lo uma grande utilidade, basicamente ele só uma isca dessa vez.

Os acontecimentos menos abstratos também merecem comentários. Esse diretor de teste é um personagem muito intrigante por ser um manipulador o qual não sabemos direito suas intenções. Além disso, o fato dele ter desenvolvido aquele teste disfarçado com o fim de ajudar o Ranker a matar Anaak me convenceu da sua inteligência, consequentemente me fazendo gostar ainda mais dele.

Por fim, o episódio acabou em uma parte bem tensa com revelação curiosa. Espero que essa temporada inicial de Tower of God se conclua bem, visto que até agora não me decepcionou. Quer dizer, com exceção da parte técnica. Infelizmente, o visual estiloso foi sumindo gradualmente.

Outros comentários sobre Tower of God episódio 11:

O que esse autor tem contra chamar as criaturas pelo nome certo?
O anime já está terminando e ainda quer apresentar mais conceitos. Puts.
Como sempre, o namekuseijin fazendo merda.
A dúvida que fica é se ele é mesmo quem matou a mãe da Anaak. No minimo, deve deve saber quem é o assassino(a).

Esse anime está disponível na Crunchyroll.

Caso queira ver minhas primeiras impressões sobre a obra, clique aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here