The Umbrella Academy 2ª temporada – Resenha (Netflix)

A Netflix traz agora em nova temporada os irmãos da Umbrella Academy para lidarem com seus problemas indo para o passado.

188
Ano: 2020
Título Original: The Umbrella Academy
Dirigido por: Steve Blackman
Avaliação: ★★★★★ (Ótimo)

Ao final de julho fomos apresentados a segunda temporada de The Umbrella Academy, disponibilizada pela Netflix. Fizemos aqui também uma resenha sobre o que foi a primeira temporada.

Como sabemos, a série é adaptação da HQ de mesmo nome criado por de Gerard Way e Gabriel Bá (brasileiro). Por conta deste mesmo formato diferente, a versão “live action” precisou adaptar alguns diálogos e com isso algumas histórias e relações entre os personagens. A série de The Umbrella Academy misturou algumas histórias de diferentes edições da HQ para uma mesma trama. Isso levou aos expectadores uma maior ansiedade para o que poderia acontecer nesta segunda temporada. Quais seriam os acontecimentos, o desenvolvimento dos personagens e suas relações, etc.

A segunda temporada de The Umbrella Academy então começa logo em seguida ao acontecimento final da primeira. Após o apocalipse causado por Vanya (Ellen Page) com auxílio de seus irmãos, os “heróis” são levados para o passado, para a década de 60 em Dallas para ser mais exato. Porém cada um vai para um ano e ou mês diferente entre o outro.

Novamente, assim como é falado em diversas vezes por Número 5 (Aidan Gallagher), o apocalipse viajou com eles. Isso porque o próprio volta no exato momento em que o mundo acaba, com toda a Umbrella Academy junto usando seus poderes. Voltando no tempo no tempo com ajuda de Hazel, ele precisa agora encontrar seus irmãos e dar um jeito de acabar com o fim do mundo e também de algum jeito voltar para casa no tempo deles de fato.

A série então começa se aprofundar ainda mais nas personalidades de cada um dos membros do grupo, coisa que não acontece tanto nas HQ’s. Os irmãos agora além de terem que lidar com as vidas que começaram a construir no tempo que permaneceram ali, também tem que enfrentar os perigos do fim do mundo e da Comissão, que ainda está atrás deles. Principalmente de Número 5.

A Comissão é um dos pontos que não é aprofundada de fato como na primeira temporada, porém ela ainda tem seu papel muito único dentro da série. E isso dá um gás muito grande principalmente pelos Irmãos Suecos, agora os novos responsáveis por caçar o Número 5 e seu bando. Somos apresentados também a Lila (Ritu Arya), uma agente da Comissão que por fim acaba sendo mostrada que é uma das 43 crianças especiais.

Algo muito interessante apresentado nesta segunda temporada de The Umbrella Academy é um pouco de quem é Reginald Hargreeves (Colm Feore), além de algumas das tramas que ele tem em mente para entender um pouco mais o do porquê de tudo. Bom pelo menos um pouco, porque ainda assim há um mistério muito grande em volta.

Como já dito, esta segunda temporada explora muito mais da essência dos componentes da Umbrella Academy, explorando muito da diversidade de todo elenco. São praticamente 7 histórias acontecendo ao mesmo tempo. Isso falando dos irmãos, pois ainda tem um pouco de Comissão e Lila. Mas aproveitando todo o momento com alguns conflitos sociais, a série aproveita para falar dos movimentos negros estadunidenses com Alisson (Emmy Raver-Lampman), também uma época onde a homossexualidade era tratada como doença abordando as vivências de Vanya e Klaus (Robert Sheehan).

Carregada ainda de muita comédia mesclada com ação, The Umbrella Academy consegue instigar ao final de cada episódio para saber qual o desfecho dos assuntos acontecendo. A série aproveita muito mais a personalidade de Ben (Justin H. Min), para além de acompanhar Klaus e muito mais do que na HQ. As neuras que Luther (Tom Hopper) e Diego (David Castañeda) ainda têm de aceitação com o pai se reverberam, trazendo todo o drama de volta. A cumplicidade de todos os sete irmãos mostra-se também sendo maturada ao passar da série tornando-se muito melhor do que foi a primeira.

A série soube muito bem adaptar as páginas coloridas para as telas. Ao final de tudo onde achamos que tudo está resolvido, os últimos minutos (assim como ao final de todos os episódios) nos dão uma esperança de que a terceira temporada chegue com ainda mais mistérios e conflitos. Até porque é exibido uma prévia da Sparrow Academy. Aguardemos na espera de uma nova temporada.

A série também conta com a participações de Kate Walsh, Marin Ireland, Jordan Claire Robbins, Ken Hall e Yusuf Gatewood.

Confira outras resenhas de séries aqui e siga o Meta Galáxia nas redes sociais.

Análise Crítica
Data
Título Original
The Umbrella Academy 2ª temporada
Nota do Autor
51star1star1star1star1star

1 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here