Porque Jenna Ortega é a rainha do horror da Geração Z

Um olhar sobre Jenna Ortega e sua carreira até agora e como ela se tornou a garota do gênero horror.

Jenna Ortega
Jenna Ortega (Créditos: Michael Tullberg / FilmMagic / Getty)

Porque Jenna Ortega é a rainha do horror da Geração Z

Talvez você não se lembre de ouvir o nome Jenna Ortega antes. Entretanto, se você costuma assistir muitos filmes e séries e está acompanhando as obras atuais de horror, possivelmente já viu seu rosto. Principalmente se você assistiu a nova série de sucesso da Netflix, Wandinha, a série spin off da Família Addams. A atriz já tem bastante filmografia para um jovem de 20 anos, estrelando em grandes obras como as séries Scream e You. Dito isso, poderemos comentar porque Jenna Ortega é a rainha do horror da Geração Z.

Em primeiro lugar, precisamos contextualizar melhor. A Geração Z é a definição sociológica para a geração de pessoas nascidas entre 1995 até 2010. As pessoas da Geração Z possuem fama de nativas digitais, muito familiarizadas com a Internet, assim como celulares, computadores e muito mais. Além disso, para quem deseja conhecer a filmografia completa da atriz, poderá ler em nosso portal: Tudo sobre Jenna Ortega, a atriz de Wandinha da Netflix. Aos que desejam conhecer melhor a família Addams, também pode conferir em nosso portal: A árvore genealógica da Família Addams. Dito isso, então vamos continuar!

Os primeiros papéis de Jenna Ortega

Jenna Ortega entrou no gênero de terror ainda jovem, com uma pequena participação em Sobrenatural: Capítulo 2 em 2013. Contudo, não retornaria ao mundo do terror e do suspense até alguns anos depois. Afinal, ela trabalhou um bom tempo para a Disney. Tanto que a atriz estrelou a série Stuck in the Middle, na mesma época em que interpretou a jovem Jane Villanueva na série de sucesso da CW, Jane the Virgin. Podemos dizer que o seu retorno oficial ao horror e do suspense foi em sua primeira aparição em obra da própria Netflix, especificamente na série de suspense psicológico You. Ela interpretou Ellie Alves, vizinha de 15 anos do serial killer Joe Goldberg (Penn Badgley), que rapidamente se afeiçoou a ela.

Sua personagem é uma aspirante a cineasta inteligente e sarcástica. Sua personagem também é uma das únicas personagens com quem Joe se preocupa de maneira fraternal, dessa forma querendo protegê-la e ajudá-la. A personagem saiu da série no final da temporada, infelizmente. Mesmo assim, com base em sua atuação na segunda temporada, certamente fica claro que ela estava a caminho de se tornar uma estrela.

Em 2020, ela estrelou outro original da Netflix, The Babysitter: Killer Queen, a sequência do filme de comédia terror de comédia The Babysitter. A obra é sobre Cole (Judah Lewis), de 12 anos, cuja babá Bee (Samara Weaving) quer matá-lo como parte de um ritual de culto satânico. Quando o culto de sangue é ressuscitado, Cole se junta à personagem de Janne Ortega, Phoebe, trabalhando juntos para matar todos os membros e escapar com vida. Phoebe e Cole acabam por se apaixonar, nesse processo. Semelhante ao seu papel em You, a atriz também mostra seu senso de humor inexpressivo como Phoebe. Sua atuação em The Babysitter: Killer Queen certamente é um grande indicador de seu futuro sucesso no gênero de terror.

2022 foi um grande ano para Jenna Ortega

Em 2022, ela interpretou Tara Carpenter em Scream. Em uma versão moderna, Tara está sozinha em casa na cozinha, desta vez com um telefone celular e um fixo, quando recebe ligações e mensagens sinistras do assassino. Ela chuta, grita, luta e, principalmente, sobrevive, como nenhuma outra primeira vítima em um filme de Pânico antes. Os diretores Matt Bettinelli-Olpin e Tyler Gillette foram sábios em não matar Tara imediatamente, subvertendo a tradição da franquia e dando mais tempo na tela para uma das atuações de destaque do filme.

Ela logo iria estrelar outro filme de terror lançado alguns meses depois, o slasher X como a personagem Lorraine Day. A jovem e pudica namorada e assistente de RJ (Owen Campbell), contratada para dirigir um filme pornográfico em uma pousada na zona rural do Texas. Inicialmente, a personagem Lorraine começa tímida e distante.

Sem saber que estariam filmando pornografia, Lorraine fica a princípio apreensiva e crítica em relação aos atores. Contudo, logo fica intrigada com o processo e seduzida pela fama e fortuna em potencial que poderiam advir de um filme como o deles em uma época em que o mercado de pornografia teatral estava crescendo. Com apenas 18 anos na época das filmagens, a atriz não tem problemas para acompanhar suas co-estrelas mais experientes, Brittany Snow e Mia Goth.

A vez de Jenna Ortega como Wandinha Addams

Wandinha Addams

Jenna Ortega recebeu uma enorme fama ainda maior com o recente lançamento da popular série Wandinha, disponível via Netflix. Aqui, ela interpreta a adolescente protagonista enquanto vai para a Escola Nunca Mais. A série é uma fantasia e comédia de terror para a maioridade, o cenário perfeito para a atriz mostrar seu talento e todo o trabalho que ela fez, mantendo-se o mais fiel possível às origens do personagem.

Ela levou o papel muito a sério, trabalhando em estreita colaboração com o diretor Tim Burton para se aperfeiçoar. Nos filmes a Família Addams ​​​​da década de 1990, a personagem nunca é inteiramente o ponto focal, mas agora é a própria protagonista. Em uma entrevista para a W Magazine, a atriz norte-americana Jenna Ortega revela o quanto ela se preparou para o papel – assistindo aos filmes da Família Addams, séries de TV e lendo os quadrinhos. Além disso, ela comenta que assistiu aulas para aprender a tocar violoncelo e alemão.

Para a cena de dança da escola no episódio quatro, “Woe What a Night“, a atriz coreografou sua própria dança, com inspiração em artistas punks e góticos da década de 1980 e prestando homenagem à dança de Wandinha na série de TV Família Addams de 1964. Para quem não se recorda da dança na série, confira: Jenna Ortega e Lisa Loring: As danças de Wandinha Addams.

A atriz Jenna Ortega fecha o ano com chave de ouro e com potencial de rainha do horror

Jenna Ortega consegue trazer seu próprio toque para a famosa personagem na série de grande sucesso. Além disso, ela já se estabeleceu como uma força a obter reconhecimento no gênero de terror. Ela pode não sentir que ganhou o título de “rainha do grito” ainda! Entretanto, a qualidade de suas performances nos últimos anos mostra que ela está bem equipada para qualquer papel que apareça em seu caminho, macabro ou não. Seu senso de humor sombrio, ética de trabalho e talento certamente fazem dela uma das jovens atrizes mais procuradas que trabalham hoje. Por boas razões, inclusive.

A série fez um sucesso imediato. Isso rendeu a vinda de Jenna para o Brasil para o evento CCXP 2022, ao lado da atriz Gwendoline Christie.

Está na dúvida se realmente compensa assistir a série Wandinha? Se sim, então confira o que achamos: Resenha da 1ª temporada de Wandinha, a mais nova série da Netflix. Para quem já assistiu, poderá conferir em nosso portal: O que esperar da segunda temporada de Wandinha?

Come to the Dark Side. We have coffee with cookies! ☕

1 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here