Entrevista com colecionador de games

Entrevista com colecionador de games Felipe Borges, que tem um salão com uma coleção incrível de games antigos e novos. Venha conferir as raridades.

0
162

Entrevista com colecionador de games

Entrevista com colecionador de games donkey kong blockbuster
Salão em que Felipe guarda sua incrível coleção.

Nesta matéria vou trazer para vocês uma entrevista com o colecionador de games Felipe Borges.

Felipe mora no Rio de Janeiro e tem uma incrível coleção de games (novos e antigos). Conheci o Felipe num grupo de games do Facebook e, após ver uma postagem dele falando sobre sua coleção, resolvi fazer o convite para uma entrevista aqui no Meta Galáxia.

Eu mesmo tenho uma singela coleção, mas mais dos games que jogava na infância e de alguns games de Zelda, franquia que sou muito fã. Aliás, já quero agradecer a disponibilidade e grande parceria que o Felipe demonstrou desde o primeiro contato, MUITO OBRIGADO por viabilizar essa matéria!

Vamos ver abaixo modelos como Dreamcast, Sega Saturn, N64 de várias cores, Super Nintendo de vários modelos, Playstation (1, 2, 3, 4), dezenas de Neo Geos (que eu nem conheço), e vários cartuchos, cds e acessórios.

Sem mais delongas, curtam a entrevista e uma galeria de fotos desse grande acervo no final da publicação.

Entrevista com colecionador de games

1- Quando você iniciou a coleção de games?
Felipe:
Algumas coisas herdei do meu irmão mais velho (Ele parou de colecionar e jogar quando começou a sofrer de esquizofrenia), e com isso eu segui colecionando e jogando desde os meus 9 anos mais ou menos (Ano 1993 a 1994), meus pais me davam alguns jogos também, mas eu comecei a comprar jogos aos meus 16 anos, trabalhando como garçom e vendendo roupas em loja de surf wear.

2- Qual a sua primeira recordação de um game?
Felipe:
Eu jogava muito o Atari (River Raid, Hero, Pitfal etc…), e inclusive quando era o meu aniversário, eu levava o Atari para jogar onde eu estudava no Jardim de Infância, numa escola chamada Juscelina Kubstchek com os amigos de lá.

3- Também como amante de games antigos, uma coisa que sempre me chama atenção são as músicas. Você tem alguma música que te traga alguma memória afetiva?
Felipe: Trilhas sonoras como Mega Man 2 de NES, Turtles 3 de NES, Star Fox Snes, Killer Instinct Gold N64 entre milhares de outras me trazem excelentes memórias.

Entrevista com colecionador de games
NES, SNES, e alguns N64

4- Qual o tamanho da sua coleção? E como você faz o controle dos itens que você tem?
Felipe:
Hoje tenho perto de 13 mil itens entre jogos, consoles e acessórios. Todos 100% originais, completos e de bom estado para excelente estado.
Controlo tudo através de planilhas no excel.

5- Como você armazena e conserva sua coleção? Você possui games homologados pela Video Game Authority (Ou outros)?
Felipe:
Eu tenho um salão onde guardo meus itens. Tenho alguns games homologados pela VGA, WATA e Wag.

3DO Panasonic F-Z35S M2

6- Você poderia citar os 5 itens mais raros que você tem na sua coleção? E os mais diferentes?
Felipe
: Eu acredito que são vários raros e diferentes, mas citarei:

3DO Panasonic F-Z35S M2 (Esse inclusive o Trip Hawkins me mencionou no instagram dele referenciando esse console protótipo que nem ele possuía – Trip Hawkins era o CEO da 3DO e da EA Games, responsável por ter desenvolvido esse console)
Ultimate 11 Neo Geo AES
Twinkle Star Neo Geo AES
Super Famicom Europeu BIG BOX com Bazooka
Donkey Kong Country Championship Game by Blockbuster VGA numerado 1/2500

Entrevista com colecionador de games
Donkey Kong Country Championship Game by Blockbuster VGA numerado 1/2500

7- Quais foram os meios ou métodos mais diferentes que você usou para adicionar um item a sua coleção?
Felipe:
Eu trabalhei em Chicago por 4 anos em Des Plaines. Lá tinham muitos Old Gamers que a gente brincava chamando de OG´s (OG em Chicago significa Original Gangster, o que é um grande elogio pelos subúrbios de Chicago, que significa que você é nascido lá, e é reconhecido pela comunidade), e lá eu consegui muitos itens raros.
Conheço muita gente pelo mundo, e com isso eu importo algumas coisas, comprei muito de colecionadores de varios países, inclusive aqui do Brasil.
E na época, comprava direto nas lojas de games daqui do Brasil, conforme os lançamentos iam surgindo.

8- Como você enxerga o colecionismo aqui no Brasil e fora do país?
Felipe:
A dificuldade existe para quem não sabe ainda onde buscar os itens e pagar bons preços. Tanto aqui no Brasil, quanto lá fora, existem vendedores malucos que cobram preços absurdos, mas também temos vendedores coerentes que vendem na base de mercado. Com isso o colecionador deve gastar muito tempo procurando mesmo. É um trabalho para a vida toda, e exige MUITA dedicação.

9- Qual é a sua franquia ou jogo favorito? Existe algum game que marcou a sua infância?
Felipe:
Mega Man seria a minha franquia preferida, e eu gosto mais do Mega Man X2!!
Double Dragon 3 marcou demais a minha infância, pois eu ficava horas e mais horas jogando esse jogo, ao ponto de zerar ele, e logo começar a jogar de novo rsrsrsrsrs

10- Eu sou fã da franquia Zelda, e tenho uma coleção bem modesta. Você tem algum item raro de Zelda na sua coleção?
Felipe:
Zelda é bom demais! A link to the Past e Ocarina of Time na minha opinião são os melhores!
Tenho algumas versões bem bacanas, como a Zelda Ocarina Of Time Australiana com a capa brilhante, Zeldas do Disk System Famicom etc… Mas não considero Zelda como tendo nada muito raro, pois é o tipo de franquia que fizeram milhares e milhares de cópias. Tem coisas raras sim, mas nada raro ao extremo, comparado a outros itens fora do mundo de Zelda.

Vários N64, Super Nintendos e seus games.

11- Ainda hoje, você joga com frequência? Como sua família lida com a sua paixão em colecionar games?
Felipe:
SIM SIM SIM e SIM kkkkkkkkkkkkkkk Jogar vem em primeiro lugar, e em segundo vem o colecionismo!
Minha família não gosta de jogar com exceção do meu filho. Meu filho adora games, mas infelizmente ele não mora comigo e nem está no Brasil. Ele mora com a mãe nos Estados Unidos, e isso rasga o meu coração de saudade dele, mas eu autorizei ele a morar lá, pois ele terá um futuro melhor eu acredito. Mas a gente joga junto um jogo chamado Brawl Stars, e a coisa é tipo assim, ele está em um level astronômico e o meu boneco ainda está no level 4 kkkkkkkkkkk Pois eu só jogo com ele 🙂

12- Você tem alguma outra coleção?
Felipe:
Não. Minha vida toda foi dedicada apenas aos games mesmo. Tenho outra paixão que é a música (Eu sou vocalista de uma banda de Metal Extremo chamada Tellus Terror).

13-  O que mantém viva a vontade de continuar a aumentar a sua coleção?
Felipe:
A paixão pelos jogos a qual eu sempre mantive acesa, e sempre manterei. Morrerei velho jogando rsrsrsrsrsrs

14- Por último, Felipe, gostaria de deixar um recado para os leitores do Meta Galáxia e colecionadores de games?
Felipe:
A todos os colecionadores que estão lendo essa entrevista, espero que sempre mantenham a paixão pelos games e principalmente a paixão por jogar acima de tudo nesse mundo gamer.

Não vamos deixar morrer essa paixão pelos jogos antigos nem pelos atuais.

Jogos unem famílias, amigos e pessoas que podem se tornar novos amigos.

Essa coleção, fiz ao longo dos anos com muito orgulho e dedicação esses anos todos, pois meu irmão teria feito o mesmo se não fosse a esquizofrenia que infelizmente prejudica a vida dele. Essa entrevista eu dedico a ele e a todos os que estão lendo.

Um abraço!!

Galeria de Fotos – Entrevista com colecionador de games

  • Entrevista com colecionador de games
  • 3DO Panasonic F-Z35S M2
  • 3DO Panasonic F-Z35S M2

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here