Tudo o que já sabemos sobre Elden Ring

Tudo sobre Elden Ring

Tudo o que nós já sabemos sobre o jogo eletrônico Elden Ring

Uma grande novidade do mundo dos games é o lançamento de Elden Ring, o novo RPG de ação e fantasia. E claro que já trouxemos tudo o que sabemos sobre Elden Ring, então acompanhe para saber TUDO sobre um dos mais esperados jogos de 2022! Lembrando que Elden Ring não é não recomendado para menores de 16 anos. Até para entrar no Website oficial, precisamos confirmar que já temos a idade mínima permitida, pois o conteúdo do jogo é violento.

E para quem quiser acessar o site oficial do jogo: ELDEN RING | Official Website


O enredo de Elden Ring

A Ordem Dourada foi quebrada. Ao longo das Terras Intermediárias, semideuses segurando fragmentos do Anel Élfico brigam e fazem guerra pelas ruínas de um reino perfeito, agora abandonado pela orientação dourada da Vontade Maior.

Enquanto os ecos deste conflito trovejam à distância, um pária chega. Uma vez, seus ancestrais chamaram as Terras do Meio de lar, mas a abençoada luz da graça foi perdida para sua tribo há muito tempo e eles foram expulsos do reino. Eles são os Manchados, e eles voltaram para reivindicar o Senhorio dos Eldens prometido a eles pela lenda.

Este é o mundo de ELDEN RING.

As Lands Between esperam sua exploração. Você cavalgará pelos vastos campos, ou então sobre colinas ondulantes e saltará para o topo de penhascos rochosos em seu corcel efêmero, revelando um mundo repleto de aventuras e de perigo.

Nos grandes campos onde sua jornada começa, criaturas míticas rondam as savanas, horrores inefáveis ​​espreitam nos pântanos e pântanos, e todos os tipos de soldados e guerreiros itinerantes estão esperando por aqueles que vagam desprevenidos. Criaturas tímidas mordiscam gramíneas doces ou correm pela vegetação rasteira.

Aqueles poucos habitantes que não são loucos ou hostis permanecem perto dos restos quebrados das cidades deixadas para trás pela Destruição. Eles podem ter respostas para você, se você os ajudar. Acima de todos eles, abrigados em vastos legados repletos de armadilhas, segredos e guardiões, os Semideuses – Senhores deformados que começaram como membros de uma família real e nobre – governam seus domínios com o poder inflexível concedido pelos fragmentos do Anel Élfico.

Participação de George R.R Martin na mitologia do universo de Elden Ring

Sim! George R R Martin, autor de As Crônicas de Gelo e Fogo e que inspirou a série Game of Thrones, participa da criação da mitologia do universo Elden Ring! Ele admite que não é exatamente um fã de videogames, mas ele achou sua proposta “muito empolgante para recusar.”

O autor George R R Martin foi convidado diretamente por Hidetaka Miyazaki e seus colegas da FromSoftware, empresa famosa por criar Dark Souls. E se uma pessoa que nem é tão fã de jogos eletrônicos se empolgou com Elden Ring, então podemos criar muitas expectativas! Não é a toa que se tornou um dos mais esperados jogos de 2022!

Mas como ele está participando, exatamente? George R R Martin fez o que por lá?

George R R Martin trabalhou diretamente com o roteiro de Elden Ring. Ele ficou encarregado de criar um mundo produndo e sombrio, que serviria como base para o jogo. E como bem sabemos, o escritor sabe perfeitamente criar universos sombrios, assim como boas mitologias.

Inclusive, George postou em seu blog falando justamente de Elden Ring e do convite que recebeu:

“Alguns anos atrás, Hidetaka Miyazaki e sua incrível equipe de designers de jogos, os criadores da série de videogames DARK SOULS, entraram em contato do Japão para me pedir para ajudá-los a criar a história de fundo e a história de um novo jogo em que estavam trabalhando. Agora, videogames não são realmente minha praia – ah, eu joguei alguns no início dos tempos, principalmente jogos de estratégia como RAILROAD TYCOON, ROMANCE OF THE TRÊS REINOS e MASTER OF ORION – mas essa oferta era excitante demais para recusar. Miyazaki e sua equipe da FromSoftware estavam fazendo coisas inovadoras com arte linda, e o que eles queriam de mim era apenas um pouco de construção de mundo: um mundo profundo, sombrio e ressonante para servir de base para o jogo que eles planejavam criar. E como acontece, adoro criar mundos e escrever histórias imaginárias.

Então eu fiz a minha parte e entreguei aos meus novos amigos no Japão, e eles seguiram a partir daí. E anos se passaram. Os videogames são tão grandes quanto os filmes hoje em dia (maiores, na verdade)… e levam o mesmo tempo para serem criados.

Mas o dia de ELDEN RING está finalmente próximo.

E tenho que dizer, parece incrível.”

Blog oficial do autor: Not a Blog | George R.R. Martin

O gameplay oficial de Elden Ring

A BANDAI NAMCO Europe já revelou o gameplay oficial de Elden Ring, mostrando então os gráficos e as artes lindíssimas do jogo. E claro: um pouco da jogabilidade! Particularmente, gostei bastante do fato de ser em terceira pessoa (se refere aos jogos em que a câmera segue o personagem, permitindo que a gente enxergue mais do que está ao redor). Elden Ring seguirá o estilo de jogos de mundo aberto, então nada melhor que podermos enxergar melhor o cenário e decidirmos por onde andar.

Além disso, o estilo de batalha me lembram os estilos de alguns clássicos como Devil May Cry e God of War! Guerreiros com armas gigantescas e lutando contra inimigos maiores ainda. Ok, talvez eu tenha gostado dessa gameplay!

Entretanto, a gameplay oficial não mostrou que terá um modo multijogador. Não é um modo obrigatório, mas terá itens específicos para usar pra quem quiser se divertir com os amigos!

 Diferenças entre os Souls e Elden Ring que sabemos até agora

Os fãs que acompanham a série Souls já repararam algumas (ou muitas) semelhanças entre a franquia e Elden Ring.

A série Souls também foi criada e produzida pela companhia japonesa FromSoftware. O primeiro jogo da série, Demon’s Souls, foi lançado em 2009 para a PlayStation 3. O jogo fez sucesso e foi seguido por Dark Souls (2011), Dark Souls II (2015), Bloodborne (2015), Dark Souls III (2016) e Dark Souls Remastered (2018). E muito da fama da série: a dificuldade gigantesca!

Toda a série Souls teve uma perspectiva de terceira pessoa, cujo foco seja a exploração e o combate baseado contra monstros bizarros. Você pode utilizar da magia e de armas diversas para as batalhas. O jogador poderá viajar entre ambientes interligados e se aventurar num universo fantástico bastante sombrio. Souls está entre as 50 franquias de jogos mais vendidas do mundo!

A empresa repetiu a fórmula de sucesso em Elden Ring?

Ao que tudo indica, o novo jogo desenvolvido pela FromSoftware teve o estilo parecido com o de Souls – mas também teve suas diferenças. Em primeiro lugar, ao falarmos da narrativa, uma das maiores diferenças é a participação dos personagens secundários não-jogáveis. Eles podem ser encontrados durante as explorações, e também ganham maior importância. Afinal, eles ajudarão a contar a nova história.

Além disso, a colaboração do escritor George R R Martin fez com que uma pitada de drama aparecesse através dos personagens. Uma narrativa com esse leve drama poderá chamar ainda mais a atenção do público. Quem não adora ver as histórias dos personagens?

Outro ponto é que o mundo de Elden Ring é gigantesco, maior que na franquia Souls. É um mundo aberto, em que o jogador poderá explorar os cenários livremente – mas sempre sendo cenários hostis. E ao falarmos da jogabilidade, o novo jogo também traz novidades. O Corcel Espiritual Encantado, por exemplo, servirá como montaria durante a exploração e poderá ser usado em batalhas contra chefes.

O jogo também terá a mecânica de Invocação, com a qual será possível conquistar ou comprar almas perdidas que podem ser invocadas para auxiliar seu personagem durante as batalhas. Seja para causar um maior dano ou então para distrair inimigos, as Invocações prometem ser de grande ajuda. Conforme o próprio Miyazaki, as almas serão convocadas apenas em locais específicos. Então, não espere sempre depender desse recurso!

Fora todas essas mudanças, Elden Ring terá muitos componentes já conhecidos pelos fãs de Souls, como por exemplo: os checkpoints chamados Locais Graças; criação de personagem e a atribuição de uma classe; portões de névoa antes dos chefões; segredos nos cenários e invasões PvP e co-op para até quatro jogadores.

O que é cada classe que podemos escolher usar nesse novo game?

5 classes disponíveis para Elden Ring já foram anunciadas, sendo as classes: Cavaleiro, Cavaleiro Encantado, Profeta, Campeão e Lobo sangrento. Trouxemos um pouco sobre cada uma dessas classes, mas o lançamento completo do jogo terá um total de 10 classes disponíveis!

Importante lembrar que os jogos Souls tiveram uma abordagem interessante para a criação de personagens e classes historicamente. Eles não o forçam a escolher uma classe e depois o prendem ao seu equipamento específico, pontos fortes, habilidades ou habilidades, mas fornecem um ponto de partida e um equipamento inicial. Aonde você vai a partir daí depende inteiramente de você, então você pode começar como um feiticeiro e terminar com uma construção de força “um pouco abaixo do ideal”. Mas isso faz parte da diversão.

Cavaleiro (warrior)

Essa é uma classe baseada em destreza que pode ser mais difícil de usar, mas é um bom candidato para arqueiros.

Cavaleiro Encantado (enchanted knight)

Uma Classe que pode usar da feitiçaria e derrubar inimigos com Feitiços e encantamentos.

Profeta (Prophet)

O Profeta tem um dos feitiços mais fortes da Garra da Besta, tornando-o uma das classes mais fáceis de jogar se você puder manter o espaçamento.

Campeão (champion)

Um campeão é muito eficaz devido ao Dragonfire Incantation, que é eficaz contra grandes grupos devido à sua ampla área de ação.

Lobo sangrento (bloody wolf)

Bloody Wolf é uma ótima classe para quem está familiarizado com os jogos Souls e gosta de armas grandes.

Nova mecânica de co-op

Você pode jogar sozinho, se você desejar, mas Elden Ring foi feito para os modos cooperativos e PVP. A construção de comunidade é um aspecto fundamental dos Souls e a FromSoftware quer aplicar isso também em Elden Ring. Com sistemas organizados e simples, os players podem interagir mais com a comunidade: você pode deixar mensagens, oferecer ajuda ou até mesmo organizar invasões.

O modo cooperativo tradicional permanece. Poderemos criar sinais de ajuda em qualquer área do game, utilizando o item “Dedo Enrolado do Maculado”. Além disso, poderemos criar duelos com outros jogadores de qualquer lugar do mundo nas pedras de invocação ou usando itens específicos.

Amazon já está vendendo a pré-venda

Tudo sobre Elden Ring

Sim, já temos a pré-venda de Elden Ring, sendo comercializada pela Amazon! Para conferir, você poderá acessar: Elden Ring – Padrão – Playstation 5 : Amazon.com.br: Games e Consoles.

A Amazon também tem um suporpôster do jogo sendo comercializado, e é só acessar: Superpôster PlayStation – Elden Ring.

Plataformas que vão suportar Elden Ring

Para a felicidade dos fãs, o novo jogo poderá ser adquirido em várias plataformas! As plataformas que vão suportar o game Elden Ring são: Steam, XBox séries Xis, XBox One, PlayStation 4 e PlayStation 5.

Nossas expectativas para um dos games mais esperados de 2022

Certamente, não somos apenas nós do Meta Galáxia que estamos esperando bastante esse novo jogo! Mas quais as nossas expectativas?

Em primeiro lugar, meu maior medo é fazerem a senhora propaganda e, na hora de lançar, lançam cheio de bugs. Quem adquriu Cyberpunk 2077, por exemplo, reclamou dos vários bugs. Ainda mais que há quem diga que Elden Ring possui o potencial para ser o melhor jogo da FromSoftware. A empresa conseguirá realmente fazer uma obra melhor que toda a franquia Souls?

Outro ponto: George R R Martin foi convidado para ajudar na criação do jogo, mas por que? A empresa realmente gosta do trabalho do autor ou então foi apenas para ter maior número de vendas no ocidente? O autor sequer terminou de escrever sua saga mais famosa, que são as Crônicas de Gelo e Fogo. A série para TV Game of Thrones foi finalizada com 8 temporadas, mas os livros do autor permanecem sem fim! Portanto a pergunta: será que o autor conseguiu criar uma história realmente interessante para os jogos? Eu espero que sim!

Além disso, tenho pouco o que comentar sobre nossas expectativas. O mais importante: esperamos que Elden Ring cumpra tudo o que prometeu.

Prêmios ganhos até agora

Sim, também fiquei surpresa quando eu soube que o jogo já ganhou alguns prêmios! Até o momento, Elden Ring ganhou o prêmio no Golden Joystick Awards e no The Game Awards.

A Golden Joystick Awards é a mais antiga cerimônia de premiação de jogos eletrônicos, que premia os melhores jogos do ano, de acordo com os votos do público. Elden Ring venceu na categoria de Jogo Mais Aguardado!

The Game Awards reconhece os melhores jogos eletrônicos do ano, assim como os grandes feitos das indústrias. Elden Ring também venceu na categoria de Jogo Mais Aguardado, junto aos jogos God of War: Ragnarök, Horizon Forbidden West, a sequência de The Legend of Zelda: Breath of the Wild e Starfield. Contem para nós: vocês acham os prêmios merecidos?

Trailers oficiais

ELDEN RING – Story Trailer
ELDEN RING – Official Gameplay Reveal
Goiana. Arqueóloga, focada em Educação Patrimonial. Redatora. Escritora. Apaixonada pela Cultura Brasileira e pela Cultura Geek. Cosplayer nas horas vagas gótica e gamer. Aqui no Meta Galáxia, colaboro com matérias sobre o universo geek: notícias, entrevistas com cosplayers, listas de filmes e animes, análises de animes e jogos, curiosidades e muito mais!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here