Cinco quadrinhos LGBTQIA+ para conhecer

Arlindo - Cinco quadrinhos LGBTQIA+ para conhecer

Cinco quadrinhos LGBTQIA+ para conhecer

Boas vindas ao mundo dos quadrinhos LGBTQIA+! Em um universo diverso e repleto de histórias emocionantes, estamos aqui para apresentar a você um vasto e cativante panorama de obras que celebram a diversidade e representam a vivência da comunidade LGBTQIA+ de forma autêntica e inclusiva.

Nestas páginas coloridas e cheias de vida, você encontrará personagens fascinantes, relatos sinceros e enredos envolventes que abordam questões de identidade de gênero, orientação sexual e os desafios enfrentados pela comunidade. Dos super-heróis queer às narrativas cotidianas, os quadrinhos LGBTQIA+ oferecem uma janela para explorar experiências únicas e mostrar que todos merecem ser vistos e ouvidos.

Se você gosta de uma boa leitura e está procurando por mais obras para conhecer, você também poderá conferir aqui no Meta Galáxia: 5 quadrinhos internacionais LGBTQIA+, 5 HQs de autoras nacionais para você conhecer e 5 quadrinhos de Neil Gaiman além de Sandman.

Arlindo

Arlindo - Cinco quadrinhos LGBTQIA+ para conhecer

A graphic novel criada por Luiza de Souza (@ilustralu), publicada originalmente na internet e agora consolidada em um belo exemplar lançado pela Editora Seguinte – selo jovem da Companhia das Letras. Arlindo é um perfeito retrato de um quadrinho que consegue ser suave e divertido, ao mesmo tempo, e com a frequência necessária. Não à toa, a obra foi um sucesso!

Arlindo é um jovem cheio de sonhos e vontade de encontrar seu lugar no mundo. Ele deseja seguir sua vida de adolescente na cidadezinha onde mora, no interior do Rio Grande do Norte. Ele aluga filmes na locadora com as amigas todo sábado, canta muito no chuveiro, e cuida da irmã mais nova e ajuda a mãe a fazer doces para vender. Entretanto, por mais que ele dê seu melhor, nem todos aceitam Arlindo — o que traz uma série de problemas. A leitura vale muito a pena!

Quer conhecer mais? Temos uma resenha em nosso portal: Arlindo (HQ por @Ilustralu) – Resenha

Acumulus

Acumulus  - Cinco quadrinhos LGBTQIA+ para conhecer

“Aos 34 anos, contei para o meu pai que sou gay, casado e que estava me mudando para a Alemanha. Acreditei que aquilo encerraria um capítulo, mas, na verdade, iniciou uma jornada que virou livro: Acumulus. Por mais que se trate de uma história íntima e pessoal, entendi que precisava ser compartilhada com mais gente, por ser um ritual que tantos LGBTQI+ vivem. Contada através de textos, ilustrações e quadrinhos, essa trajetória cobre pontos de descoberta, reflexão, aceitação – e, principalmente, amor.”

Gui V. Almeida, autor do Acumulus

Acima, é a descrição do próprio autor Gui V Almeida sobre a sua obra: uma tragetória de descoberta, reflexção, aceitação e amor! É uma leitura que também compensa muito! A publicação do quadrinho Acumulus foi realizada pela editora independente Varanda!

Acompanhe a editora Varanda em @aquinavaranda (Instagram e Twitter), e o autor em @AlmeidaGui (Twitter) e @guivalmeida (Instagram)

Heartstopper

heartstopper

Uma das mais aclamadas HQs teen dos últimos tempos, pela Editora Seguinte – selo jovem da Companhia das Letras -, que apostou no trabalho de jovens e talentosos ilustradores. O sucesso foi tanto que recebeu adaptação para uma série da Netflix.

Heartstopper é uma pequena série graphic novel de temática jovem LGBTQIA+ criada por Alice Oseman lançada originalmente no Reino Unido. A obra, já um sucesso global, apresenta o romance de dois rapazes, Nick e Charlie. Os dois adolescentes que se conhecem na escola e se apaixonam, em um romance extremamente fofo!

Quer conhecer mais? Temos uma resenha em nosso portal: Heartstopper (Vol. 1 e 2) – Resenha

Laura Dean Vive Terminando Comigo

Laura Dean Vive Terminando Comigo

Faz quase um ano que Freddy está apaixonada por Laura Dean, mas ela não sabia que um namoro poderia ser complexo…

Freddy Riley só quer que Laura Dean pare de terminar com ela. Laura Dean é popular, engraçada e bonita, mas também insensível. O relacionamento cheio de idas e vindas deixa Freddy desnorteada, e seus amigos não conseguem compreender o porque dela aceitar reatar toda vez! A situação se mostra cada vez mais insustentável: o coração de Freddy está se despedaçando em câmera lenta.

Mariko Tamaki e Rosemary Valero-O’Connell dão vida a uma narrativa delicada sobre o amor na adolescência, além de nos convidar a imaginar o que acontece quando deixamos para trás os relacionamentos tóxicos. Laura Dean vive terminando comigo venceu três Eisner Awards nas categorias: Melhor Roteirista, Melhor Artista e Melhor Publicação Para Adolescentes.

Quer conhecer mais? Temos uma resenha em nosso portal: Laura Dean Vive Terminando Comigo – Resenha

Azul É A Cor Mais Quente

Azul é a cor Mais Quente

A história que inspirou um filme de mesmo nome, Azul É A Cor Mais Quente é um romance gráfico francês por Julie Maroh, publicado em março de 2010. O romance conta uma história de amor entre duas jovens mulheres na França no final da década de 1990. 

O foco é em Clementine, uma jovem de 15 anos que se apaixona por Emma, uma garota de cabelos azuis. A história é narrada por textos do diário de Clementine, onde podemos acompanhar o primeiro encontro das duas, assim como as descobertas e tristezas da relação.

Se você é um grande fã de quadrinhos, portanto você também poderá gostar de conferir nossas resenhas: Resenha de Sin City: O Assassino Amarelo, de Frank MillerResenha de Vênus Invisível: Coleção de Histórias Curtas, com o Melhor de Junji Ito e Resenha de Hitler, mangá de Shigeru Mizuki publicado pela Editora Devir!! Você também pode conferir: Resenha crítica de Érica, a Magnífica, HQ da franquia Stranger Things e Resenha da HQ Vote Loki, por Christopher Hastings, Stan Lee e Larry Lieber. Além disso, você também pode ler a nossa matéria: Critérios – Como fazemos Críticas e Análises.

Come to the Dark Side. We have coffee with cookies! ☕

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here