Cinco quadrinhos LGBTQIA+ para conhecer

Arlindo - Cinco quadrinhos LGBTQIA+ para conhecer

Cinco quadrinhos LGBTQIA+ para conhecer

Junho é o mês do orgulho LGBTQIA+! Então, por que não aproveitar o momento justamente para conhecer obras LGBTQIA+? Por esse mesmo motivo, nós do Meta Galáxia decidimos trazer cinco quadrinhos LGBTQIA+ para você conhecer! Confira abaixo!

Arlindo

Arlindo - Cinco quadrinhos LGBTQIA+ para conhecer

A graphic novel criada por Luiza de Souza (@ilustralu), publicada originalmente na internet e agora consolidada em um belo exemplar lançado pela Editora Seguinte – selo jovem da Companhia das Letras. Arlindo é um perfeito retrato de um quadrinho que consegue ser suave e divertido, ao mesmo tempo, e com a frequência necessária. Não à toa, a obra foi um sucesso!


Arlindo é um jovem cheio de sonhos e vontade de encontrar seu lugar no mundo. Ele deseja seguir sua vida de adolescente na cidadezinha onde mora, no interior do Rio Grande do Norte. Ele aluga filmes na locadora com as amigas todo sábado, canta muito no chuveiro, e cuida da irmã mais nova e ajuda a mãe a fazer doces para vender. Entretanto, por mais que ele dê seu melhor, nem todos aceitam Arlindo — o que traz uma série de problemas. A leitura vale muito a pena!

Quer conhecer mais? Temos uma resenha em nosso portal: Arlindo (HQ por @Ilustralu) – Resenha

Acumulus

Acumulus  - Cinco quadrinhos LGBTQIA+ para conhecer

“Aos 34 anos, contei para o meu pai que sou gay, casado e que estava me mudando para a Alemanha. Acreditei que aquilo encerraria um capítulo, mas, na verdade, iniciou uma jornada que virou livro: Acumulus. Por mais que se trate de uma história íntima e pessoal, entendi que precisava ser compartilhada com mais gente, por ser um ritual que tantos LGBTQI+ vivem. Contada através de textos, ilustrações e quadrinhos, essa trajetória cobre pontos de descoberta, reflexão, aceitação – e, principalmente, amor.”

Gui V. Almeida, autor do Acumulus

Acima, é a descrição do próprio autor Gui V Almeida sobre a sua obra: uma tragetória de descoberta, reflexção, aceitação e amor! É uma leitura que também compensa muito! A publicação do quadrinho Acumulus foi realizada pela editora independente Varanda!

Acompanhe a editora Varanda em @aquinavaranda (Instagram e Twitter), e o autor em @AlmeidaGui (Twitter) e @guivalmeida (Instagram)

Heartstopper

heartstopper

Uma das mais aclamadas HQs teen dos últimos tempos, pela Editora Seguinte – selo jovem da Companhia das Letras -, que apostou no trabalho de jovens e talentosos ilustradores.

Heartstopper é uma pequena série graphic novel de temática jovem LGBTQIA+ criada por Alice Oseman lançada originalmente no Reino Unido. A obra, já um sucesso global, apresenta o romance de dois rapazes, Nick e Charlie. Os dois adolescentes que se conhecem na escola e se apaixonam, em um romance extremamente fofo!

Quer conhecer mais? Temos uma resenha em nosso portal: Heartstopper (Vol. 1 e 2) – Resenha

Além disso, a HQ foi adaptada para uma série da Netflix. Leia também: Conheça o elenco e os personagens de Heartstopper, série da Netflix!

Laura Dean Vive Terminando Comigo

Laura Dean Vive Terminando Comigo

Faz quase um ano que Freddy está apaixonada por Laura Dean, mas ela não sabia que um namoro poderia ser complexo…

Freddy Riley só quer que Laura Dean pare de terminar com ela. Laura Dean é popular, engraçada e bonita, mas também insensível. O relacionamento cheio de idas e vindas deixa Freddy desnorteada, e seus amigos não conseguem compreender o porque dela aceitar reatar toda vez! A situação se mostra cada vez mais insustentável: o coração de Freddy está se despedaçando em câmera lenta.

Mariko Tamaki e Rosemary Valero-O’Connell dão vida a uma narrativa delicada sobre o amor na adolescência, além de nos convidar a imaginar o que acontece quando deixamos para trás os relacionamentos tóxicos. Laura Dean vive terminando comigo venceu três Eisner Awards nas categorias: Melhor Roteirista, Melhor Artista e Melhor Publicação Para Adolescentes.

Quer conhecer mais? Temos uma resenha em nosso portal: Laura Dean Vive Terminando Comigo – Resenha

Azul É A Cor Mais Quente

Azul é a cor Mais Quente

A história que inspirou um filme de mesmo nome, Azul É A Cor Mais Quente é um romance gráfico francês por Julie Maroh, publicado em março de 2010. O romance conta uma história de amor entre duas jovens mulheres na França no final da década de 1990. 

O foco é em Clementine, uma jovem de 15 anos que se apaixona por Emma, uma garota de cabelos azuis. A história é narrada por textos do diário de Clementine, onde podemos acompanhar o primeiro encontro das duas, assim como as descobertas e tristezas da relação.

Em conclusão, esses são os quadrinhos LGBTQIA+ que todo mundo precisa conhecer! Conte para a gente: você já leu algum desses? Além disso, conhece mais quadrinhos LGBTQIA+?

Goiana. Arqueóloga, focada em Educação Patrimonial. Redatora. Escritora. Apaixonada pela Cultura Brasileira e pela Cultura Geek. Cosplayer nas horas vagas gótica e gamer. Aqui no Meta Galáxia, colaboro com matérias sobre o universo geek: notícias, entrevistas com cosplayers, listas de filmes e animes, análises de animes e jogos, curiosidades e muito mais!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here