O Chalé – Resenha

Em O Chalé, madrasta e seus dois enteados, que não se dão bem, resolvem passar alguns dias em um chalé isolado nas montanhas. E o que deveria ser uma tentativa de aproximação, acaba sendo uma experiência de terror e sobrevivência para o trio.


O Chalé é um filme definitivamente chocante, impactante e surpreendente. É um longa que consegue misturar o suspense, com uma pequena dose de terror e uma trama com muito mistério de uma forma perfeita e empolgante.


CASO VOCÊ NÃO TENHA ASSISTIDO O FILME, SUGIRO QUE ASSISTA E VOLTE AO POST, POIS ALGUNS DOS SEGREDOS QUE TE FAZEM FICAR SEM AR DURANTE O LONGA SERÃO CONTADOS NA RESENHA ABAIXO.


A capa, a sinopse e os primeiros 5 minutos do filme conseguem enganar o telespectador. Parece se tratar de mais um filme de terror sobrenatural. Mas não. Você é pego de surpresa e fica boquiaberto quando a mãe dos garotos simplesmente pega uma arma e tira sua vida. Essa cena inicial é um verdadeiro “bem vindo à temática do filme, onde nada é o que parece”.


O ponto alto do filme é com certeza seu mistério. Ele em momento algum entrega o que está acontecendo, e conforme as cenas vão acontecendo e a trama vai se desenrolando, é possível imaginar diversos caminhos, todos angustiantes, mas que só se revelam perto do final. Até lá, segure sua emoção e ansiedade.


Não é possível saber se tudo o que está acontecendo é real, sobrenatural, se o trio morreu ou se tudo não passa de um sonho. E essa angústia pela verdade norteia a maior parte do filme.


O ambiente do filme também é muito bem explorado. Há cenas que apenas corredores e cômodos do chalé são mostrados, enquanto que existem cenas que mostram a parte exterior do local, mostrando toda a imensidão da solidão a que o trio se encontra.


O único problema é o final. Acredito que os filmes devem sempre trazer uma espécie de redenção ou ensinamento, e no caso do chalé, o longa termina de uma maneira bastante sombria, triste e claro, chocante, o que não me agradou muito (preferia ver a Grace curada, reabilitada ou algo do tipo).


O Chalé é um filme que vai te marcar, seja pelos aspectos positivos ou até mesmo pela força de suas expressões, cenas e roteiro.

ANÁLISE CRÍTICA - NOTA
O Chalé
Trabalha com contabilidade a mais de 10 anos. No tempo livre, é escritor e publicou as obras Todas as Estrelas e a Última Estação (junto com seu primo Diego Betioli). Gosta muito de escrever e acredita que a arte pode melhorar o mundo e a vida das pessoas. É também um grande fã de Basket, principalmente da NBA e tem como hobby jogar esse esporte junto com os amigos. Fanático também pelos X-Men, não perde a oportunidade de sempre ter uma HQ dos heróis mutantes na mão. Contribui no Meta Galáxia nos assuntos Filmes e Quadrinhos, principalmente.
Em O Chalé, madrasta e seus dois enteados, que não se dão bem, resolvem passar alguns dias em um chalé isolado nas montanhas. E o que deveria ser uma tentativa de aproximação, acaba sendo uma experiência de terror e sobrevivência para o trio. O Chalé...o-chale

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here