O Homem Que Sabia Demais – Resenha

65
Ano: 1956
Título Original: The Man Who Knew Too Much
Dirigido por: Alfred Hitchcock
Avaliação: ★★★★☆ (Ótimo)

Em O Homem Que Sabia Demais, vemos as férias de uma família no Marrocos se transformar em um verdadeiro terror, quando eles se envolvem em um plano de assassinato político. Agora, como uma verdadeira família, eles enfrentarão a tudo e a todos para se desenrolarem dessa trama.


Esta obra-prima de Alfred Hitchcock está cheia de suspense e ação, com um roteiro sensacional, repleto de mistério e emoção. É simplesmente de tirar o fôlego (ou simplesmente de prender a respiração, dependendo do momento do filme).


É incrível como a família vai de envolvendo cada vez mais na trama que querem tanto se livrar. É quase como estar no lugar errado e na hora errada, ou devido ao final, estar no lugar certo e na hora certa.


O ponto alto do filme é seu roteiro. São diversas cenas medonhas e cheias de suspense, que vão dando um tom intenso ao longa. Um olhar de um terceiro, uma movimentação estranha ao fundo, uma resposta vazia de um personagem, tudo isso vai montando todo o cenário desse longa.


Tem momentos em que não é possível saber se a família está ou não envolvida e até pior, não é possível saber em quem eles podem confiar.


Vale ressaltar também as interpretações de James Stewart e Doris Day, que fazem um casal que realmente encanta, se ajudando e se apoiando em todos os momentos difíceis durante essa aventura.


Você não saberá o que é um filme bom de suspense até assistir o Homem Que Sabia Demais.

Análise Crítica
Data
Título Original
O Homem Que Sabia Demais
Nota do Autor
41star1star1star1stargray
ANÁLISE CRÍTICA - NOTA
O Homem Que Sabia Demais
Trabalha com contabilidade a mais de 10 anos. No tempo livre, é escritor e publicou as obras Todas as Estrelas e a Última Estação (junto com seu primo Diego Betioli). Gosta muito de escrever e acredita que a arte pode melhorar o mundo e a vida das pessoas. É também um grande fã de Basket, principalmente da NBA e tem como hobby jogar esse esporte junto com os amigos. Fanático também pelos X-Men, não perde a oportunidade de sempre ter uma HQ dos heróis mutantes na mão. Contribui no Meta Galáxia nos assuntos Filmes e Quadrinhos, principalmente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here