Quando As Luzes Se Apagam – Resenha

0
212

Ano: 2016
Título Original: Lights Out
Dirigido por: David F. Sandberg
Avaliação: ★★★★☆ (Ótimo)

Em Quando As Luzes Se Apagam, Rebecca é uma jovem que saiu de casa por causa dos problemas familiares, especialmente os que envolviam a mente de sua mãe, e vive de maneira independente. Porém, quando seu irmão mais jovem começa a passar pelos mesmos traumas que ela passou, Rebecca resolve intervir junto de sua mãe e de suas loucuras. Mas esse encontro revelará muitos pesadelos do passado, especialmente por causa de uma aparente criatura sobrenatural que só aparece onde não há luz.

Esse é um verdadeiro filme de terror, daqueles que dão medo depois de assistir, especialmente se sua casa tem muitos espaços escuros (eu mesmo, depois que assisti, acendi todas as luzes da minha residência). As cenas de terror são muito boas, tanto por envolverem a escuridão (diversas vezes os ambientes ficam sem luz e o telespectador fica com uma sensação muito assombrosa, torcendo para que a iluminação volte) e a criatura maligna. O som e a cenografia também são excelentes e contribuem para formar um bom filme assustador.

Os personagens e atores também são bons, e a relação de Recebba e sua mãe ganha excelentes contornos conforme o filme passa. O mistério do longa, ou seja, a explicação por trás dos eventos assombrosos, também é bastante consistente e norteia boa parte da obra.

Quando As Luzes Se Apagam é um filme excelente de terror, mas claro, para ser assistido com as luzes acesas.

Análise Crítica
Data
Título Original
Quando As Luzes Se Apagam
Nota do Autor
41star1star1star1stargray