Quem é Gorr, O Carniceiro dos Deuses, vilão vivido por Christian Bale

Gorr, O Carniceiro dos Deuses

Afinal, quem é Gorr, O Carniceiro dos Deuses, o vilão vivido por Christian Bale?

Há muitos lançamentos do Universo Cinematográfico Marvel apenas em 2022! O novo trailer de Thor: Amor e Trovão apresenta Gorr, o carniceiro de Deus, vivido por Christian Bale! E afinal de contas, quem é Gorr? Ele pertencia já aos quadrinhos? Confira toda a história desse vilão! Lembrando: é tudo o que sabemos em relação às HQs! Esperamos que o Universo Cinematográfico Marvel não altere a história do personagem!

A história de Gorr, O Carniceiro dos Deuses

Gorr, O Carniceiro dos Deuses

Caiu do céu há muitos anos, em um mundo sem nome. Eu o peguei… e matei meus primeiros deuses. E então enquanto eu estava ali, batizado em seu sangue. Uma pergunta se formou no meu simples cérebro… Será que tem mais?

Gorr, O Carniceiro dos Deuses

Primeiros anos

Gorr, o Carniceiro de Deus, nasceu em um planeta sem nome, quase todos os dias à beira da fome. Ele foi ensinado a confiar nos deuses, mas eles nunca responderam às suas orações. Em tenra idade, sua mãe e seu pai morreram, o deixando para se defender sozinho no ambiente hostil. Anos depois, casou-se e teve alguns filhos. No entanto, a maioria deles morreu.


A companheira grávida de Gorr, Arra, foi morta durante um terremoto; e um por um, seus filhos morreram até que ele ficou com um único filho, Agar. Quando Agar estava à beira da morte devido à fome, Gorr procurou aliviar seu sofrimento e disse a seu filho que logo chegariam a uma floresta onde nunca mais passariam fome.

O Deus Açougueiro

O Carniceiro dos Deuses

Afligido pela dor após a morte de Agar, Gorr desistiu da esperança e expressou externamente sua crença de que não havia deuses! Com isso, ele foi exilado por seu povo supersticioso. Enquanto vagava pelo deserto rezando para morrer, Gorr testemunhou um par de deuses lutando: um deus ancião escuro chamado Knull e um deus de pele roxa com armadura de ouro capacitado pela Força Enigma. Nisso, mergulharam do céu e cairam nas proximidades.

Chocado com a percepção de que deuses existiam, Gorr ficou furioso quando o deus de armadura de ouro implorou por ajuda; a espada do deus escuro se transformando em uma massa amorfa de escuridão viva e se unindo a ele. Gorr usou sua nova arma, All-Black the Necrosword, para matar o deus de armadura de ouro; então jurou buscar vingança contra todos os deuses por nunca responder suas orações, e partiu para matar todos eles. Gorr desprezava qualquer deus! Ele viajou pelo cosmos por milhares de anos para se vingar, embarcando em uma cruzada deicida na qual ele supostamente matou muitos deuses do medo, guerra, caos, genocídio, vingança, pragas, terremotos, sangue, ira, ciúme, morte, degradação e alguns deuses de poesia e flores.

Encontros com Thor

Em algum momento do século 9, Gorr chegou à Terra e matou um deus das Américas; o corpo aparecendo nas costas da Islândia, onde foi encontrado por Thor. Em uma data posterior, enquanto acompanhava um grupo de ataque viking para a Rússia, Thor encontrou alguns dos deuses eslavos mortos. Thor foi atacado por Gorr, que quase conseguiu matar Thor, mas pouco antes do golpe mortal Thor conjurou um relâmpago que nocauteou os dois. Gorr se recuperou e escapou para uma caverna, onde mais uma vez lutou contra Thor. Gorr torturou Thor para obter informações sobre a localização de Asgard por dezessete dias. Contudo, Thor resistiu o suficiente para que seus adoradores vikings o encontrassem.

Gorr sobreviveu ao encontro e passaria os próximos mil anos massacrando mais e mais deuses! Dessa froma, ficando cada vez mais forte e acumulando um exército de servos sombrios para ajudá-lo em sua cruzada. Thor mais uma vez tomou conhecimento das atividades de Gorr séculos depois e começou a caçá-lo quando uma oração o convocou para um mundo sem deuses, reconhecendo a obra de Gorr quando encontrou as divindades do mundo abatidas. Thor foi para a caverna onde eles lutaram para procurá-lo; entretanto Gorr atacou Chronux para reivindicar a Piscina dos Eternos e usou o sangue dos Deuses do Tempo para atravessar a corrente do tempo.

Ele voltou ao início do universo e matou um dos primeiros deuses anciões, tomando o coração da divindade infantil como troféu. Ele então avançou no tempo milênios no futuro e chegou à Terra-14412, reivindicando um mundo desolado para servir como sua base de operações e escravizando todos os deuses que ele pudesse capturar, exceto o Pai de Todos Thor, que ele atormentava rotineiramente por seus fracassos. . Ao longo dos próximos novecentos anos, Gorr forçou os deuses escravizados a minerar planetas quebrados e núcleos de estrelas em busca de material para construir a Godbomb, que ele pretendia usar para exterminar todos os deuses em toda a linha do tempo. Gorr também criou construções de sua falecida esposa e filho do simbionte All-Black, embora sem que ele soubesse, seu “filho” incorporava sua auto-aversão subconsciente.

Após a chegada de Thor, o Vingador da Terra-616, Gorr enviou Black Berserkers ao passado para pegar o jovem Thor de cerca de 800 d.C. – o Thor que ele conheceu – e o trouxe de volta ao futuro, onde foi escravizado junto com os outros. deuses restantes. O jovem Thor, usando um pedaço de estrela, tentou destruir a Godbomb, mas foi catapultado para fora do planeta, onde se encontrou com Thor, o Vingador, e o Rei Thor. Os três decidiram atacar Gorr e seu planeta pela última vez e quase conseguiram matá-lo, mas devido a absorver o poder dos deuses que ele havia matado, Gorr era muito poderoso e derrotou os três Thors, deixando-os para morrer, e partiu. para ativar o Godbomb. Quando a construção de sua esposa o chamou de deus, Gorr a matou com raiva.

No entanto, “Agar” decidiu ajudar Thor, o Vingador, a derrubar o Deus Butcher, tendo reconhecido que seu pai havia se tornado essencialmente a mesma coisa que ele sempre desprezou. Carregado pelas orações do filho, bem como por todos os deuses sobreviventes através do espaço e do tempo, Thor absorveu a explosão da Godbomb, bem como a Necrosword. Usando seu poder, Thor foi capaz de enfraquecer Gorr, com “Agar” denunciando Gorr como o Deus da Hipocrisia antes que o eu passado de Thor finalmente o matasse.

Legado e Ressurreição de Gorr

Mesmo após a morte, Gorr conseguiu deixar sua marca no Thor da Terra-616, pois a filosofia de Gorr foi responsável por Thor se tornar indigno e incapaz de levantar o Mjolnir.

A consciência de Gorr estava contida dentro do All-Black, finalmente em paz em um vazio vazio sem deuses. Após sua morte, O Carniceiro dos Deuses foi ressuscitado pelo Rei Loki – o então anfitrião de All-Black – para matá-lo depois que ele matou All-Father Thor, manifestando uma cópia de seu corpo do simbionte. Em vez disso, Gorr interrompeu seu duelo recuperando o All-Black e empalando o Rei Loki pelas costas com ele. Crucificando Thor e Loki, Gorr zombou de ambos, mas foi lançado em órbita pelo Poder do Pai de Todos.

Recordando as peças espalhadas e ramificações de All-Black, O Carniceiro dos Deuses enfrentou o All-Father Thor em uma batalha. Contudo, a mesma batalha que devastou os sistemas solares, prometendo fazer Thor assistir enquanto ele massacrava os habitantes de Midgard e todas as outras vidas restantes no cosmos antes de criar sua própria e garantindo que eles fossem desprovidos da necessidade de adoração. Atacado por Loki, Gorr o mutilou antes de engolir os dois irmãos em All-Black, declarando que ele havia transcendido a mortalidade e se tornado não um mero deus, mas uma força da natureza.

Os deuses que Thor salvou e enviou para Indigarr bilhões de anos no passado foram despertados pelas Deusas do Trovão, que retornaram a tempo de salvar seu avô e tio. Oprimido, Gorr foi decapitado por Atli Wodendottir. Entretanto, logo revelou que seu corpo tinha sido uma construção manifestada pelo simbionte All-Black, que ele usou para infectar o próprio universo ao longo da luta. Gorr tentou devorar Thor manifestando um buraco negro; mas foi distraído pelo Rei Loki contando a história de todos os feitos heróicos que Thor já havia realizado. Nisso, Loki ganhou tempo para Thor liberar todo o poder da Tempestade Divina de dentro do Mjolnir, destruindo o Carniceiro dos Deuses. Restaurado à vida como um mortal, mas deixado amnésico e insano. Gorr foi levado pelos Senhores do Céu de Indigarr para viver o resto de seus dias em paz.

Insano, não é? Conte para a gente: o que você achou desse vilão? Confira mais notícias em nosso portal! O Meta Galáxia possui muito conteúdo sobre games, assim como animes, mangás, filmes e séries!

Goiana. Arqueóloga, focada em Educação Patrimonial. Redatora. Escritora. Apaixonada pela Cultura Brasileira e pela Cultura Geek. Cosplayer nas horas vagas gótica e gamer. Aqui no Meta Galáxia, colaboro com matérias sobre o universo geek: notícias, entrevistas com cosplayers, listas de filmes e animes, análises de animes e jogos, curiosidades e muito mais!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here