Yesterday – Análise Crítica

Yesterday - Análise Crítica, é um filme incrivelmente lindo, leve, carismático e emocionante. Como seria o mundo sem as canções dos Beatles?

0
271

Yesterday – Análise Crítica

Yesterday filme análise crítica
Yesterday análise crítica

Imagine um mundo sem diversas coisas que você ama. Imagine inclusive, se nunca tivessem inventado a Coca-Cola, o cigarro, Harry Potter e… se nunca existissem os Beatles.

É isso mesmo, a história do filme Yesterday mostra como seria o mundo se os Beatles não existissem e só uma pessoa no mundo soubesse da música deles. Quem me apresentou o trailer do filme foi minha mulher e logo me apaixonei pela proposta.

Dirigido por Danny Boyle (diretor de 127 Horas e Quem Quer Ser um Milionário), o filme gira em torno de Jack Malik, um rapaz que trabalha num mercado e tenta fazer uma carreira musical solo, mas está bem frustrado com isso. A atriz Lily James (Cinderela, Mamma Mia, E Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata) faz seu par romântico do protagonista no filme.

O filme começa a desenvolver a história mostrando como Jack está desiludido com a possibilidade de se tornar um músico. Notamos logo no início que sua empresária Ellie é muito dedicada a ele, além de ser sua amiga, já percebemos que ela nutri uma paixão a muito tempo.

Um dia voltando para casa depois de um festival Jack é a atropelado por um ônibus. Ao mesmo tempo que isso acontece, alguma pane mundial de energia acontece e o planeta terra fica sem energia por 12 segundos.

Yesterday filme análise crítica

Quando o protagonista acorda ele não percebe nada mas, ao ter alta do hospital, canta Yesterday para seus amigos, e eles simplesmente não reconheceram a música. É o primeiro momento mais emocionante do filme e Jack começa a perceber que o mundo mudou e algumas coisas passaram a nunca existir como CocaCola (meu deus) e Os Beatles.

Eis que Jack resolve fazer o que? Cantar todas as músicas dos Beatles que ele lembrar. E aí nosso querido protagonista começa a fazer um estrondoso sucesso!

Fotografia e Trilha Sonora – Yesterday – Análise Crítica

A fotografia do filme está muito boa, uma produção com uma qualidade excelente e que não tenta inventar muito, o foco aqui é a nostalgia e a emoção.

No figurino você consegue encontra referências aos besouros por toda parte, é um prato cheio para quem é fã! Você vai apontar para tela toda hora.

Aliás, Referências não vão faltar a outras bandas, a Liverpool, capas dos álbuns e pode ser que o protagonista interaja com algum integrante dos Beatles, mas essa parte é surpresa!

Yesterday filme análise crítica

A trilha é o ponto central. As músicas de John, Paul, Ringo e George estão presentes no filme todo, tanto como trilha quanto quando o protagonista as canta. Citações das letras também são usadas o tempo todo, principalmente durante as falas dos personagens, o que é sensacional.

Jack reproduz versões de 16 canções dos Beatles no filme, mas muitas outras referências de outras bandas aparecem.

Yesterday filme análise crítica

Conclusão – Yesterday – Análise Crítica

Yesterday – Análise Crítica, ainda está no cinema e vale muito a pena o dinheiro investido. Um filme leve, lindo, divertido e emocionante. Te faz pensar, até onde o sucesso, ou nossas ambições valem a pena?

AH, vale dizer que a participação do Ed Sheeran foi ótima! Para ver outras resenhas e análises de filmes aqui do Meta Galáxia, clique aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here