Review de Guardiões da Galáxia, uma supresa de game!

45

Fala pessoal, venho trazer para vocês a Review de Guardiões da Galáxia (Marvel’s Guardians of the Galaxy) que é o novo jogo da parceria entre Marvel e Square-Enix depois do criticado “Game as Service” Marvel’s Avengers. Dessa vez feito inteiramente pela Eidos-Montreal (criadores de DEUS EX), o jogo dos Guardiões é uma experiência completamente single-player com muito foco na Narrativa e no carisma dos personagens. Será que dessa vez deu certo? Vamos a Review de GUARDIÕES DA GALAXIA:

review guardioes da galaxia

NARRATIVA

Em uma Narrativa totalmente original, os Guardiões da Galáxia estavam fazendo o que fazem de melhor: se meter em encrenca. Enquanto procuravam um monstro raro para vender a lendária rainha dos monstros Lady Hellbender, os Guardiões acabam sem querer liberando algo acabaria mudando o destino de toda a Galáxia, agora os Guardiões devem resolver isso enquanto resolvem seus problemas com a Tropa NOVA e são perseguidos por mercenários contratados por Lady Hellbender. Você Controla Peter Quill (conhecido como Senhor das Estrelas), um ex-pirata do espaço, meio-humano,com um coração de ouro e líder de uma equipe de desajustados, perigosos e mortais companheiros.

A História de Guardiões da Galáxia é surpreendentemente instigante, te pretendo a cada capítulo com uma nova reviravolta ou uma confusão nova dos Guardiões, tudo isso enquanto descobrimos mais sobre os passados dramáticos de cada um dos integrantes dos Guardiões, com destaque a Peter Quill nosso protagonista que nesse jogo se torna um dos melhores personagens da Marvel.

Se você era fã dos filmes do MCU dirigidos por James Gunn, pode ficar tranquilo: o jogo conseguiu superar e muito o que foi apresentado no cinema, é aconselhável saber pelo menos um pouco sobre a HQ ANIQUILAÇÃO, Já que o jogo utiliza de base ela para ser um tipo de continuação da Guerra Galática apresentada nessa HQ.

peter quill

PERSONAGENS

É aqui onde o Game realmente brilha, Peter Quill, Gamora, Drax, Rocket e Groot que já eram extremamente carismáticos no cinema, atingiram outro nível no mundo dos jogos, cada um com centenas de diálogos únicos durante o jogo, todos os integrantes com seus dramas e lembranças do passado. Destaque para o único personagem que controlamos, Peter Quill tem que tomar várias decisões de diálogos durante que o Game que pode afetar positivamente ou negativamente tanto os membros da equipe quanto os outros personagens da história e os rumos que o jogo toma.

Outro ponto positivo são os personagens secundários e os vilões, todos incrivelmente bem contruidos e que te deixam com vontade de conhecer mais sobre eles, não irei falar mais sobre eles para não dar spoilers mas com certeza é outro ponto que vai surpreender muito quem for jogar.

a tropa de guardians of the galaxy

JOGABILIDADE

É aqui onde morava o grande medo dos gamers, pelos trailers o sistema de combate do jogo parecia o mais genérico possível, com inimigos “esponja de dano” para todos os lados e o preconceito de você só poder controlar Peter Quill e não os outros Guardiões. Pois bem, podem ficar tranquilos por que os trailers enganaram e muito, a Escolha de controlar somente o Senhor das Estrelas e dar ordens para seus companheiros ficou excelente, e a bagunça que se torna o combate faz parte do charme dos Guardiões da Galáxia.

Mas infelizmente depois de um tempo a jogabilidade vai ficando um pouco cansativa pela grande quantidade de inimigos que vai aparecendo principalmente nos capítulos finais do jogo, causando um pouco da sensação de enjoar ao enfrentar tantos inimigos ao mesmo tempo.

gamorra

GRAFICOS E TRILHA SONORA – REVIEW GUARDIÕES DA GALÁXIA

Na questão gráfica o jogo se sai muito bem com belos cenários e expressões faciais dos personagens, as cores coloridas do game com cada planeta sendo único e totalmente diferente um do outro faz a aventura se tornar ainda mais especial, apesar de alguns glitches e lags quando tem muitos inimigos em tela que acabam “bugando o jogo”, na minha experiência com o game quando isso acontecia até o áudio do jogo ficava lento.

A trilha sonora do jogo é espetacular, igual a dos filmes no cinema, cheio de músicas dos anos 80 com cantores como Rick Astley ou a banda a-ha, além das músicas originais da banda Star-Lord criada exclusivamente para o jogo que tem ótimas músicas. Meu único problema é que essas músicas só tocam nos momentos das reuniões que o grupo faz durante as batalhas e toca bem baixinho quanto você está na nave, essas músicas deveriam aparecer em mais momentos durante o jogo.

CONCLUSÃO

Guardiões da Galáxia da Marvel é provavelmente a melhor surpresa do ano no mundo dos games, depois da recepção mista dos jogadores com o jogo dos Vingadores, a Square Enix consegue a redenção com a equipe mais carismática que a Marvel já teve no mundo ds games, deixe a desconfiança de lado e vá conferir esse incrível jogo.

Fica a esperança agora que essa equipe da Eidos faça outro jogo de outra equipe da Marvel, quem sabe um jogo do Quarteto Fantástico ou até mesmo dos X-Men? Eu apostaria em algo ainda mais ambicioso que o jogo dos Guardiões da Galáxia.

Esse é nosso Review de Guardiões da Galáxia, nossos agradecimentos à Square Enix pelo código, o game foi testado em um PlayStation 4.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here