Busker (HQ, 2018) – Resenha

0
20

Busker – Resenha da HQ original independente de Ryan Smallman

busker-hq-resenha-01

Ano Publicação Original: 2018
Título Original: Busker
Roteiro/Desenho: Ryan Smallman
Revisão: Thiago Lins
Selo: independente
Avaliação: ★★★★★ (Excelente)

Busker é um daqueles quadrinhos que costumam deixar lembranças no leitor. Isso, claro, de um modo positivo, e muito se deve a sua originalidade quanto ao sentido da criação.

Lançado oficialmente na Comic Con Experience 2018, a obra é uma criação do músico e ilustrador Ryan Smallman, artista paulista que tem ganhado notoriedade por suas incríveis ilustrações criadas para o Omelete, a maior parte delas, inclusive, ilustrando as capas dos vídeos publicados no canal de Erico Borgo e cia.

busker-hq-resenha-02

Em Busker, Smallman decidiu unir suas duas grandes paixões e veias artísticas: a música e o desenho. A trama nos apresenta ao protagonista Clay, um músico de rua com notório talento que tenta a vida na cidade grande por meio de sua arte.

Clay toca nas ruas de São Paulo, mas, na grande metrópole, enfrenta o desafio de dividir sua atenção com o comércio desenfreado, o vai-vém de pessoas alucinadamente e, ainda, a fiscalização dos órgãos municipais dificultando sua vida. E, como se não bastasse, encontra-se em dificuldades financeiras e se depara com frequentes recusas para que toque em bares e casas de show.

O drama do protagonista é o mesmo de milhares de artistas urbanos que buscam realizar seu sonho em cidades como São Paulo e as grandes capitais do país: alcançar o estrelato para poder viver genuinamente daquilo que mais gosta e inspira. Mas, para que este sonho seja alcançado, não basta apenas o trabalho duro, mas também a oportunidade – e para isto, um bom pingo de sorte pode ajudar.

busker-hq-resenha-04

Busker pode não apresentar uma trama nova, mas é consistente e cativante; embora seja um tema amplamente retratado no cinema, traze-lo aos quadrinhos é um desafio interessante e, neste caso, muito bem executado. E para faze-lo, o autor conta com um recurso criativo extra: uma trilha sonora – no caso, uma música gravada pelo próprio Smallman que é a música tocada por Clay durante a estória.

Além de embalar o leitor em sua canção, o quadrinista capricha no traço, que é forte, recheado de nanquim, dando um aspecto caprichado às expressões dos personagens e aos detalhes de cenário e iluminação. Em alguns momentos, possui um caráter próximo ao de tirinhas, no entanto, é maravilhosamente rebuscado.

busker-hq-resenha-03

Busker é um excelente quadrinho independente e original e, certamente, apenas o primeiro passo de Ryan Smallman no mundo da nona arte. A HQ pode ser adquirida no site do artista, onde também é possível saber mais sobre seu trabalho e escutar a música-tema da HQ.

Confira outras resenhas de HQs aqui. Siga o Meta Galáxia nas redes sociais e se inscreva no nosso canal!

ASSINATURA

Análise Crítica
Data
Título Original
Busker (HQ)
Nota do Autor
51star1star1star1star1star