A História do Anime Friends, como ele surgiu e virou referência

Conheça a História do Anime Friends, como e quando ele surgiu, o contexto da época e como se tornou um dos maiores eventos de anime do planeta.

Anime Friends

Você já conhece a história do evento Anime Friends? Ou você só conheceu ele agora, em 2022?

A história do Anime Friends, o maior evento de anime das américas (sim, das américas), é brasileiro, você sabia disso? Vamos trazer aqui nessa matéria um pouco da história desse evento tão maravilhoso e acolhedor.

Em 1998 começou uma onda de eventos de animes aqui no Brasil, mais precisamente em São Paulo capital. Aliás, esses eventos foram o embrião para o que conhecemos hoje (BGS, CCXP, Anime Friends e outros), e são considerados os “anos dourados” dos eventos nerds.


Esses eventos eram muito divertidos, nele você encontrava pessoas que curtiam as mesmas coisas que você, animes, mangás, HQ’s e games, coisas que na época geravam muito preconceito, mas muuuuito mais do que hoje. Além disso, os eventos se tornaram um refúgio acolhedor para esse público, que muitas vezes não podia se expressar de forma aberta nos ambientes mais comuns da sociedade.

Hoje em dia a cultura geek/nerd está muito mais difundida, e as pessoas não sofrem preconceito da forma que sofriam na época em que os eventos começaram a estourar no Brasil. Aliás, isso é uma das coisas boas que o tempo trouxe para esse nicho, muito ajudado pela internet, e pela popularização de games, HQs e animes.

Os eventos eram pequenos, mas eram uma agradável novidade

Pequenos, bem pequenos. O começo dos eventos foi em espaços muito menores dos que vemos hoje, como o espaço Gazeta, auditórios no Palácio dos Trabalhadores na Liberdade, teatros como o Maria Della Costa, ou em escolas que alugavam seu espaço. Aliás, nessas escolas utilizavam-se até as salas de aula para algumas atrações dos eventos.

No começo as principais atrações eram as exibições de animes nos telões dos anfiteatros ou em televisões de tubo mesmo. E era SENSACIONAL. Imagina você conhecer animes que nunca viu antes, numa época em que a internet era de difícil acesso, e o que você conhecia desses animes eram de revistinhas especializadas como AnimeEx, AnimeDo, Ultra Jovem e outras revistas que traziam conteúdo sobre animes.

Eu lembro do primeiro evento que fui, no anfiteatro da Gazeta, na Av. Paulista no ano 2000. Era uma exibição de animes e eu estava lá para assistir ao filme de Dragon Ball Z: Derrote o Super Guerreiro (ou Bio-Broly). Foi INSANO, pois no Brasil ainda não havíamos visto nenhum Super Saiyajin no anime, ainda havíamos chegado nessa fase na série de televisão que era exibida no Band Kids e no Cartoon Network.

Quando Goten e Trunks se transformaram em Super Saiyajins na telona, simplesmente parecia que tinha saído gol em final de campeonato, foi incrível. Sem contar que a galera começou a tirar fotos, com flash, em suas câmeras de filme, uma experiência absolutamente única.

Contudo, os eventos começaram a crescer, e ai chegou o AnimeCon.

AnimeCon e o surgimento de seu concorrente, o Anime Friends

No mesmo ano houve o primeiro grande AnimeCon, o maior evento já visto até então, que também foi na Gazetta, mas dessa vez em todo o prédio. Aliás, esse foi o primeiro evento em que eu vi tantos cosplayers, uma quantidade imensa e para mim era super novidade, veja algumas fotos do pessoal da Cosplay Brasil abaixo.

Em 2001 o AnimeCon foi para um espaço maior, foi na faculdade Anhembi Morumbi ali na estação Bresser do Metrô, um espaço bem maior para o público, que lotou bastante, foi nesse evento que conheci uma boa parte dos amigos na época. Alguns tenho pouco contato, alguns são famosos hoje em dia, mas um deles em especial é meu amigo até hoje, mais de 20 anos depois.

Os ingressos nessa época eram 10 reais por dia, e o pacote para os três dias de evento custava meros 25 reais.

O AnimeCon havia se consolidado como o maior evento de animes da América Latina pelos últimos 3 anos, perdendo apenas para os eventos dos EUA. Contudo, em 2003 veio um concorrente de peso, que acabou engolindo o AnimeCon e se estabelecendo como o maior evento de animes das Américas, o Anime Friends.

O Anime Friends, subindo a régua dos eventos de anime

Organizado pela Yamato Corp, em julho de 2003 chega o Anime Friends, e chega abalando as estruturas, sabe por quê? Porque ele aconteceu nos mesmos dias do seu concorrente AnimeCon, até então o maior evento.

Isso gerou uma divisão absurda de opiniões, mas o Anime Friends tinha mais atrações, era mais barato, tinha um espaço maior, no Colégio Madre Cabrini, na Vila Mariana. Contudo, o pulo do gato do Anime Friends, a carta na manga, foi trazer as primeiras atrações internacionais com artistas japoneses, mais precisamente Hironobu Kageyama, Akira Kushida e Hiroshi Watari.

Hironobu Kageyama é o interprete de músicas famosas de tokusatsus e dos animes Dragon Ball Z (CHa-la Head Cha-la) e Cavaleiros do Zodíaco. Aliás, pare para pensar como isso foi incrível o show desse cara na época, algo inédito e de arrepiar. O Anime Friends 2003 conquistou de vez o público.

O Anime Friends veio com tanta vontade de fazer algo diferente, algo grande, que haviam caravanas gigantes de outros países como Uruguai, Argentina, Chile e outros países da América do Sul. Aliás, só para vocês terem uma ideia de público, em sua edição com mais dias de evento (11), o público total foi de 500 mil visitantes. Sim, meio milhão de pessoas.

A História do Anime Friends: atrações, lojas, concursos e o maior das Américas

Ao longo dos anos o Animes Friends foi incorporando novas atrações. Aliás, algumas delas se estabeleceram tão fortemente nesse evento que se mantém até hoje.

Concursos cosplay, concursos de desenhos, de fanfics, de games. Lojas e estandes de todos os tipos, de artigos de animes e mangás, figures, chaveiros, posters, dvd’s de animes e mangás. Aliás, o Anime Friends preservou o que eu mais valorizei nos eventos: o acolhimento a cultura que não era muito bem vista pela sociedade.

Esse acolhimento acontece até hoje, mas como eu disse anteriormente, naquela época o preconceito era maior. Os eventos eram um lugar seguro, em que você conhecia pessoas, amigos, e podia ser você mesmo sem restrições. Muitas amizades surgiram, muitos casais se formaram, muito acolhimento na era de ouro dos eventos de animes.

Viva aos eventos de animes, viva ao Anime Friends.

E essa é a História do Anime Friends, pelo menos o início dela, sigam o Meta Galáxia nas redes sociais Twitter e Instagram, e fiquem de olho para mais matérias sobre eventos de animes.

Publicitário e "marketeiro digital" de profissão, desenhista e ilustrador totalmente amador. Palmeirense, amante de basquete, admirador da cultura japonesa, viagens e Coca-Cola. Vale dizer que considero videogames a arte mais completa que existe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here