Akira Toriyama é muito mais que Dragon Ball

180
Foto mais manjada do Akira, impossível…

Akira Toriyama é um dos mangakas mais influentes dos últimos tempos para o mercado dos mangá Shounen. Ao lado de nomes como Takehiko Inoue e Yoshihiro Togashi, ele alavancou as vendas da Weekly Shounen Jump. Além de sua principal obra, Dragon Ball, que foi de grande importância para espalhar o anime e mangá além do Japão. Comemorando os 65 anos (Que fez este mês.) do mestre Akira, vamos conhecer e relembrar algumas de suas obras que foram publicadas aqui no Brasil!

Quem é Akira Toriyama?

Apesar de famoso, Toriyama é um cara muito reservado, então não se tem muitas informações sobre ele. Tudo que se sabe é que ele nasceu na cidade de Nagoya, que fica na província de Aichi, em 5 de Abril de 1955. Ele ficou famoso no Japão por ser autor das obras Dr. Slump e Dragon Ball. Atualmente ele trabalha no mangá de Dragon Ball Super , mas apenas como roteirista e revisor.

Dr. Slump

Quem gosta de Star Wars, vai achar muita referencia em Dr. Slump.

A segunda obra mais conhecida do Toriyama, devido a Arale, protagonista do mangá, ter aparecido algumas vezes durante Dragon Ball. Contudo, esse foi o primeiro grande sucesso da carreira do Akira. O mangá de comédia se passa na Vila Pinguim, onde foi criada uma robô, super forte e inteligente, mas míope e ingenua, chamada Arale. Cada episódio gira em torno de alguma invenção maluca do Senbe Norimaki, mas que por elas nunca darem certo ele recebeu o nome de Dr. Slump. O mangá tem muitas ideias criativas e divertidas, mas aquele humor bem característico do Japão pode não fazer muito sentido algumas vezes.

O mangá começou a ser publicado em 1980, pela Weekly Shounen Jump e foi até o ano de 1984. O sucesso do mangá foi tão grande que, já em 1981, ele ganhou adaptação para anime pela Toei Animation, chamado de Dr. Slump Arale-Chan, e o anime durou até 1986. Posteriormente o anime ganhou uma releitura nos anos 90.

No Brasil o mangá foi publicado primeiro pela Conrad, em 2002, no formato meio-tanko, que deveria ter 36 volumes, mas foi cancelado no volume 14. Recentemente a Panini relançou no formato tankobon, com 18 volumes, até o momento desta publicação foi lançado até o volume 16.

Toriyama Akira Marusaku Gekijou

Tori-bot

Aproveitando o sucesso do autor, a Sheuisha começou em 1983 o lançamento de um encadernado contendo histórias One-Shot do Autor. A primeira edição foi lançada em 1983 e tinhas as histórias: Wonder Island; Tomato – A Policial Gatinha; Pola e Roid; Mad Matic; e Chobit; todas ainda de concursos que o mestre Akira participou antes de começar a trabalhar realmente para a Shueisha.

A segunda edição foi lançada em 1998, mas com histórias que ele fez antes durante Dr. Slump, incluindo o famoso protótipo de Dragon Ball. A histórias da segunda edição eram: Um Dia na Ilha Hairaito; Escape; Pink – A caçadora de chuvas; Dragon Boy; As Aventuras de Tongpoo; Mr. Ró e Sonchoh – o Prefeito.

A terceira edição, finalmente, foi lançada em 1997, incluindo trabalhos durante o período de Dragon Ball: Mamejirou; Karamaru – Um dia perfeito; CashmanO Guerreiro Mercenário; Dub e Peter e Go! Go! Ackman; O último título deve ser um dos mais famosos One-Shots do Toriyama. Afinal, foi o único a receber versão em anime, recebendo até mesmo 3 jogos para Super Nintendo.

No Brasil toda a antologia Marusaku Gekijou, foi lançada no Brasil pela Conrad em 2006 com o nome Akira Toriyama Marusaku, mas um relançamento seria bem-vindo.

Cowa!

José e Paifu

Após o fim de Dragon Ball, por ter sido forçado a continuar a produção até não aguentar mais, ele parou de produzir séries. Ainda no mundo dos mangás, ele passou a fazer somente histórias fechadas, as chamadas One-Shots ou Yomikiri.

Cowa! foi publicado em 1997 na Weekly Shounen Jump, num total de 14 capítulos. A história é sobre uma epidemia que atacou um pequena vila de monstros e mortos-vivos. Paifu, o protagonista, e seus amigos, José e Maruyama, que vão atrás de uma cura para esta pandemia na Montanha da Bruxa.

O mangá, no Brasil, foi publicado pela Conrad em 2007.

Kajika

O mangá, foi lançado em 1998 pela Weekly Shounen Jump, tendo no total 12 capítulos. Kajika é um menino que foi transformado em um homem-raposa, depois de ser amaldiçoado por uma raposa, que ele matou sem motivo. E para quebrar essa maldição ele precisa salvar mil vidas. O mangá começa quando faltam apenas 10 vidas a serem salvas, e, sua principal aventura é salvar o último ovo de dragão que existe.

No Brasil, o mangá foi publicado em 2007 pela Conrad.

Nekomajin

Neko-Ma-Jin

Nekomajin, talvez deva ser a One-Shot mais conhecida do Akira Toriyama, por se tratar de uma paródia do próprio autor a Dragon Ball. É um das histórias de Dragon Ball do lado mais Akira Toriyama possível que é a comédia, então você o autor brincando com ideias de Dragon Ball, enquanto aparecem vários personagens com o traço de Dr. Slump. Uma obra que eu adoraria ter, mas tem se tornado cada vez mais difícil.

Nekomajin teve um publicação muito irregular no Japão, tendo 8 capítulos lançados entre 1999 até 2005, passando pela Weekly Shounen Jump e Monthly Shounen Jump. No Brasil, foi lançado 2006 pela Conrad.

Sand Land

A história se passa em um futuro, num mundo desértico, onde humanos e demônios vivem juntos num local conhecido como Sand Land. Devido ao rio local ter secado, mas os habitantes são obrigados a pagar um preço absurdo para o Rei, o único que ainda possui água. Para contornar esse problema o Xerife Rao pede ajuda ao Rei dos Monstros, assim oferecendo a ajuda do se filho, Beelzebub, que parte em busca de uma fonte perdida. Essa é considerada como uma das melhores histórias que o Akira já escreveu.

O mangá foi publicado e 14 capítulos na Weekly Shounen Jump, em 2000. No Brasil, foi publicado pela Conrad em 2006.

Jaco: O Patrulheiro Galático

Não sou um estrangeiro, sou um alienígena.

Um dos trabalho mais recente do Toriyama, dentro das One-Shots, é um spin-off de Dragon Ball, que conta o período que o Jaco, esteve na terra antes da chegada do Goku. O mangá começa quando a nave do Jaco, bate na lua e ele acaba tendo que pousar na terra, pois ficou sem combustível.

O mangá foi publicado em 2014, na Weekly Shounen Jump, com 11 capítulos. No Brasil, foi lançado em 2017, contando a história extra Dragon Ball – Minus, que mostra o momento em que o Goku é enviado para a terra. Essa história que foi recentemente adaptada em anime no filme Dragon Ball Super – Broly.

Outros trabalhos do mestre Akira

Essas não são todas as One-Shots lançadas pelo Akira Toriyama, afinal ainda a outros materiais que não saíram no Brasil. Cross Epoch, que é razoavelmente famoso por se tratar de um crossover com One Piece, mas é uma história bastante curta e simples de apenas um capítulo.

Dragon Ball: Fukkatsu no F, foi o mangá que saiu na época do filme de mesmo nome, lançado em 2015. Foi o único dos filmes que ganhou versão mangá e, por isso, quando Dragon Ball Super foi lançado (em mangá) a Saga do Freeza Dourado não foi inclusa, pois o filme já tinha recebido um mangá a parte.

Akira Toriyama, não se limita só a anime e mangá, pois ele também teve participação em vários jogos importantes como character design. O mais conhecido de todos é o trabalho dele em Chrono Trigger, mas ele também trabalha na franquia Dragon Quest desde o primeiro.

Algumas das obras citadas aqui, podem ser um pouco difíceis de achar para comprar. Por isso mereciam um relançamento para expandir um pouco mais para quem é fã de mangá, a obra desse que é um dos maiores mangakás dos últimos tempos.

1 COMENTÁRIOS

  1. “Foto mais manjada do Akira possivel” kkkkkkkk pior que é verdade, essa sempre a primeira que apareça quando buscamos por ele.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here