Boruto (Mangá) – Arco 2 – Resenha

O segundo arco do mangá de Boruto faz um campo introdutório para a nova saga do jovem personagem, focando nos bandidos mujinas.

Resenha do mangá de Boruto (Arco 2 – Bandidos Mujina)

Ano: 2018
Título Original: Boruto: Naruto Next Generations | Peridiocidade: Mensal
Mangaká: Ukyō Kodachi | EditoraShueisha (Japão), Panini (Brasil)
Capítulos: 01 ao 10 | Volume: 03 e 04

O segundo arco do mangá Boruto começa a abordar a vida dos shinobis um pouco melhor. Agora com a relação um pouco melhor com seu pai, Boruto é indicado tanto por Naruto quanto por Konohamaru (o sensei do time 7) para a missão de ser guarda costas de Tentou Madoka, filho do daimyo do país do fogo Ikkyu Madoka. A escolha de Boruto para o serviço é para mostrar a Tentou o quanto os shinobis são legais.


Mesmo se recusando de início, Boruto acaba por aceitar ao perceber que assim como ele, Tentou não tem a presença de seu pai com tanta frequência devido aos grandes afazeres do cotidiano, assim como Naruto.

Tentou é um garoto muito mimado por conta do dinheiro que seu pai possui. Além disso, ele também acha que consegue comprar tudo com dinheiro. Boruto começa a ter algumas faíscas com ele, mas depois começa a entender a solidão em que o garoto vive. Muito solidário, o jovem shinobi após certa luta decide atender um desejo de Tentou. O tornar um ninja.

Boruto treina alguns lançamentos de shuriken com Tentou e explica que aquilo faz parte de um dos primeiros treinamentos para os shinobis. Depois de várias horas treinando, Boruto acaba sua missão e volta para casa, mas ao observar que ficou com um adesivo/carta shinobi colecionável de Tentou, ele volta para devolver. É então que descobre que Yamaoka (subordinado/mordomo) do daimyo sequestrou Tentou.

Na realidade, Yamaoka já está morto e quem realmente sequestrou o garoto é um nukenin chamado Shojoji, o líder de um grupo de ladrões chamado Mujina. O homem possui uma técnica de clone de cadáver, onde ele pode copiar o corpo e memórias de sua vítima depois de devorar o cérebro da pessoa.

Boruto enfrenta o nukenin e é nesta batalha que se introduz dentro da trama o grupo Kara, que está por traz do selo karma que Boruto possui. Shojoji fica intrigado com a situação e por saber do quão perigoso é Kara.

Com a ajuda de Sarada e Mitsuki que aparecem logo depois por notarem a falta de Boruto, os shinobis derrotam o nukenin, que logo após é levado a Sai, Ibiki e Sasuke para ser interrogado. Shojoji acaba por revelar o que sabe sobre o selo e então cita os perigos do líder do grupo Kara, Jigen.

Este arco é ainda mais morno que o anterior, mas serve de preparação de território para o que acontece nos arcos a seguir. Apesar de ser uma história muito mais “introdutória” e condutora da trama, este arco exibe ainda mais a união do novo grupo 7 desta nova geração.

Veja mais resenhas de outros mangás aqui no Meta.

Análise Crítica
Data
Título Original
Boruto
Nota do Autor
31star1star1stargraygray
ANÁLISE CRÍTICA - NOTA
Resenha do segundo arco do mangá de Boruto
Mesmo não entregando tantas emoções como nos mangás já conhecidos de Naruto, este segundo arco de Boruto traz assuntos promissores para o restante do mangá.boruto-manga-arco-2-resenha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here