Dr. Stone (primeiras impressões) – Resenha

Com assuntos reflexivos e com alguns alívios cômicos, o shounen Dr. Stone traz uma forma interessante de falar sobre o futuro da humanidade.

0
271

Resenha sobre o anime Dr. Stone

Exibição Original: 05 de Julho de 2019 – presente
Título Original: Dr. Stone – ド ク タ ー ス ト ー ン
Estúdio: TMS Entertainment
Criação: Riichiro Inagaki

Um dos animes mais esperados dessa temporada é Dr. Stone. Recém lançado na versão animada da obra, já vem angariando alguns fãs. Faremos aqui então uma resenha sobre esses primeiros episódios falando sobre as primeiras impressões desse anime.

O enredo de Dr. Stone gira em torno da retomada da civilização através da ciência. Certo dia, um misterioso e forte flash de luz atingiu toda a humanidade. Esse acontecimento ocasionou na petrificação de todos os humanos da Terra. Depois de 3700 anos, um jovem colegial, Taiju, desperta de seu “coma” e se vê perdido em um mundo cheio de estátuas.

Antes de ser petrificado, Taiju ia se declarar para Yuzuriha, seu grande amor. Porém com o acidente, o jovem ficou se lamentando durante os 3700 anos. Agora acordado ele parte em busca de seu amor, e é quando recebe um aviso e encontra seu amigo de escola, Senku. Este já havia despertado há meses antes de Taiju e o ajudou a se libertar.

Senku é um aluno brilhante, a ciência é a sua paixão. É utilizando ela que o jovem promete a si mesmo e para seu amigo trazer de volta os humanos e dar início a uma nova era. Porém, alguns fatores irão conflitar para que isso aconteça. Além da construção de equipamentos desde o zero (já que o mundo praticamente “resetou”), há também a luta contra animais selvagens e os objetivos de Tsukasa, um jovem com grande força física e inteligência que Senku e Taiju ressuscitaram para os ajudar a deter alguns leões.

Enquanto Senku deseja trazer de volta a vida para o máximo de humanos que conseguir, Tsukasa passa a ser um “assassino” no novo mundo. A visão dele é que os humanos a serem revividos devem ser bem selecionados para que nenhum mal-intencionado ou pessoa perversa viva no mundo. Sendo assim, Tsukada vai destruindo algumas estátuas de pessoas que sabe que são ruins que de algum modo desconfia.

Nesses primeiros 6 episódios já lançados, Dr. Stone apresenta uma narrativa e um universo muito interessante. Tentar imaginar como seria uma nova civilização a partir do 0, já com certos conhecimentos adquiridos é algo interessante a se explorar.

Assim como em Shingeki no Kyojin, em diversos momentos do anime a estória traz reflexos à lá Thanos sobre o “vilão” ou o outro está mesmo errado? Mesmo sendo muito agressivo e de certa maneira intimidante, o discurso traz certa lógica.

Outro fator que deixa o anime de Dr. Stone ainda mais interessante é a forma com que a ciência é abordada. Diferente de animes mais lúdicos e fantasiosos, a ciência é tratada de forma séria e real. Tudo que Senku dialoga, discute e constrói é exatamente como é para nós. São informações tão verídicas que em alguns episódios no início ou no fim, é alertado para se ter cuidado e não testar certas coisas apresentadas no anime.

Os personagens também são cativantes e trazem certa empatia, cada um em seu devido tempo em situação. Aqui temos uma postagem sobre os personagens de Dr. Stone para que saibam quem é quem. Ao todo o anime vem amarrando bem o roteiro com certos momentos que trazem a ansiedade para que o próximo episódio seja lançado logo.

Siga o Meta nas rede sociais e veja mais resenhas sobre animes e mangás.

Análise Crítica
Data
Título Original
Dr. Stone
Nota do Autor
51star1star1star1star1star

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here