Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru (Run with the Wind) – Resenha

0
373
Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru Run with the Wind

Drama e personagens bem construídos fazem de Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru (Run with the Wind) um anime imperdível.

Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru (Run with the Wind) - Resenha poster

Exibição Original: 03 de Outubro de 2018 à 27 de Março 2019
Título Original: 風が強く吹いている
Estúdio: Production I.G  Total de Episódios: 23
Avaliação: ★★★★★ (Excelente)

Salve salve leitores do Meta Galáxia. Tudo certo e nada resolvido? Pois bem, hoje vamos falar um pouco sobre um anime que sinceramente falando, foi uma das melhores coisas que tive a oportunidade de ver nos últimos meses. E estamos nos referindo a Kaze Ga Tsuyoku Fuiteiru (Run With The Wind), um anime de esporte e drama que teve sua estreia lá na temporada de Outubro de 2018. O anime é uma adaptação da Novel escrita por Shion Moura, e a produção ficou por conta do excelente estúdio Production I.G, que tem uma boa lista de animes de esporte no seu currículo, como Haikyuu e Kuroko no Basket. (Obs: Todos os episódios do anime estão disponíveis na Crunchyroll).

Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru (Run with the Wind) - Resenha 03Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru (Run with the Wind) - Resenha 04Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru (Run with the Wind) - Resenha 05

Kaze Ga Tsuyoku Fuiteiru, começa nos apresentando Kakeru, um jovem prodígio das corridas de maratona. Em uma situação peculiar, certa noite ele acaba encontrando e conhecendo Haiji, que o acaba ajudando a sair de uma encrenca. Devido às circunstâncias, Haiji acaba percebendo que Kakeku é um corredor nato, e assim o convida para entrar em um time de corrida, que precisa de no mínimo 10 integrantes. Atualmente eles têm 9 pessoas, e assim Kakeru seria o décimo integrante. Essa é a premissa de Kaze Ga Tsuyoku Fuiteiru, porém o desenrolar da trama do anime vai muito além do óbvio.

Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru (Run with the Wind) - Resenha 01Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru (Run with the Wind) - Resenha 02

O anime começa devagar e vai nos mostrando aos poucos algo bem peculiar quanto a esse time. Dos dez integrantes, na verdade só Haiji e Kakeru são corredores, os demais são pessoas normais que foram parar ali devido a alguma circunstância. Todos eles vivem em uma pensão, e cada um deles tem o seu motivo para estar ali. Seja por conta dos estudos, bolsas, a busca pelo sonho, turismo, ou trabalho. Haiji recrutou um a uma essas pessoas. E ao batermos os olhos neles, percebemos que realmente não são apenas nas palavras, mas eles realmente não são corredores. E o pior, não estão dispostos a se transformarem nisso. Então, como fazer 10 pessoas que não se conhecem, e que muitas delas não tem aptidão ou vontade, se tornarem um time competitivo? Seria necessário um milagre? O charme de Kaze Ga Tsuyoku Fuiteiru se encontra justamente aí e não no esporte em si.

Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru (Run with the Wind) - Resenha 06Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru (Run with the Wind) - Resenha 07

Haiji tem um grande sonho com esse time, que é levá-los ao maratona de Hakone Ekiden, uma prova que existe realmente no Japão. A prova consiste em uma prova de corrida / maratona de revezamento, que acontece nos dias 2 e 3 de janeiro de ada ano e que reúne diversas universidades para competirem. A prova tem um trajeto de quase 220 km, que passa Otemachi (Tokyo) e vai até Hakone (na prefeitura de Kanagawa). Assim sendo, cada membro da equipe deve percorrer quase 20 km. Cansou só de ler não é? Pois é, não é fácil, e Haiji sabe muito bem disso. E por isso mesmo com Kakeru sendo o protagonista, quem realmente conduz a trama em Kaze Ga Tsuyoku Fuiteiru é o personagem Haiji. (aliás ele é a melhor pessoa do mundo!)

Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru (Run with the Wind) - Resenha 08

Imagine você ter dez pessoas que não tem afinidade entre si e nem com o esporte. Haiji sabia muito bem disso e de um jeito até ingênuo acreditava fervorosamente que conseguirá levar essas pessoas até a Hakone Ekiden. E a jornada deste homem em transformar seus companheiros é no mínimo incrível.  Cada pessoa no mundo tem um jeito de ser, tem as suas particularidades. Então no decorrer da trama do anime vamos acompanhando alguns tipos de treinamento onde eles aos poucos vão se adaptando ao esporte, onde podemos dizer literalmente pegando o ritmo da coisa. E intercalando os treinos, vamos conhecendo um pouco de cada um dos dez personagens que compõe o time. Pode parecer que são muitos, mas sobre tempo para todos, assim você podendo escolher o seu preferido to time.

Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru (Run with the Wind) - Resenha 10

Enquanto eles pessoas normais vão tentando entrar nesse mundo, vamos notando o quanto o anime começa a pender mais para o lado do drama do que do esporte, e isso faz com que ele tenha um salto gigantesco de qualidade. Pois, ao fazer essa abordagem ele deixa de ser apenas um anime de esporte para ser algo mais. Kaze Ga Tsuyoku Fuiteiru é uma verdadeira reflexão sobre a vida. E ele faz isso de uma maneira muito natural, sensível e que não soa forçado. Como os personagens são pessoas comuns sem habilidades extraordinárias, fica mais fácil se afeiçoar a eles. Por exemplo, em determinado momento alguns personagens acabam parando e se questionam se eles realmente podem alcançar esse sonho. Será que isso não passa de uma bobagem? Uma brincadeira? Olhemos o mundo ao nosso redor. Com tantas pessoas que treinam desde pequenas para isso, como vamos competir com isso? Quem pode correr, apenas os escolhidos ou pessoas normais também tem esse direito? E por fim, o que realmente significa correr?

Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru (Run with the Wind) - Resenha 11.jpg

E na parte do esporte propriamente dito, Kaze Ga Tsuyoku Fuiteiru também não decepciona. A animação da production I.G é simplesmente animal. os treinos e os momentos da corrida são muito bem feitos e conseguem passar toda a carga dramática na medida certa. Assim como as músicas que acompanham as cenas, quanto para as aberturas e encerramentos que também são bem legais. As tomadas de câmera também ajudam muito a dar uma perspectiva mais intimista aos personagens quando estes correm e assim se libertam, essas partes geralmente acompanhadas de algum flashback, que dá o suporte e a motivo de que o personagem precisa naquele instante.

Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru (Run with the Wind) - Resenha 12

Kaze Ga Tsuyoku Fuiteiru (Run With the Wind) é um anime diferenciado. É talvez um anime que pouca gente vai ver, pois ele não ganhou tanta popularidade quanto aos outros trabalhos do estúdio. Porém, dá pra garantir que quem der uma chance não irá se arrepender. Afinal, não é todo dia que você acompanha um grupo de personagens tão interessantes, tão humanos e que nos ensinam tantas pequenas lições quando estes estão “correndo” atrás dos seus sonhos. E o melhor de tudo é que ele acaba tendo uma trama fechada, com começo, meio e fim (e que final meus amigos) que é espetacular. Poderia dizer para você que anda não viu, correr lá agora e fazer isso. Mas isso seria clichê demais, mas é inevitável. Misturando esporte e drama, Kaze Ga Tsuyoku Fuiteiru é um anime imperdível, que sabe falar muito bem dos sonhos, dos medos, das superações do ser humano. Sabe aquela frase: “O importante é competir”. Digamos que aqui, ela ganha novos e importantes contornos.

assinatura_andre

 

Análise Crítica
Data
Título Original
Kaze ga Tsuyoku Fuiteiru (Run with the Wind) - Resenha
Nota do Autor
51star1star1star1star1star

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here