The Promised Neverland – Resenha dos Episódios 1 e 2 do Anime

2
248

The Promised Neverland (Yakusoku no Neverland) – Resenha dos episódios 1 e 2 do Anime.

the-promised-neverland-yakosoku-no-neverland-resenha-episódios-1-e-2.jpg

Exibição Original: 10 de Janeiro de 2019 – presente
Título Original: Yakusoku no Neverland (約束のネバーランド)
Estúdio: CloverWorks
Avaliação: ★★★★☆ (Ótimo)

Se você está lendo isso e por algum motivo ainda não viu os dois primeiros episódios do anime de The Promised Neverland (Yakusoku no Neverland), pare tudo e corra para ver isso. É serio!! Aí depois volte aqui para falarmos um pouco dessa belezura de anime.

the-promised-neverland-yakosoku-no-neverland-resenha-episódios-1-e-2-01

The Promised Neverland é uma adaptação do mangá de mesmo nome, que é de autoria de Kaiu Shirai (roteiro) e Posuka Demizu (arte). O mangá é publicado pela famosa shounen jump desde agosto de 2016 até os dias de hoje. Recentemente a editora Panini começou a lançar a obra aqui no Brasil. Então, caso você encontre e possa comprar, recomendamos fortemente isso. Agora feitas as devidas apresentações, vamos falar do anime em si, já que o mangá já vinha fazendo bastante sucesso e é um dos mais queridos pelo público.

the-promised-neverland-yakosoku-no-neverland-resenha-episódios-1-e-2-02

the-promised-neverland-yakosoku-no-neverland-resenha-episódios-1-e-2-07.jpg

O anime de The Promised Neverland é produzido pelo estúdio CloverWorks , que recentemente fez um bom trabalho no anime Rascal Does Not Dream of Bunny Girl Senpai. O anime abre com uma opening lindíssima que já deixa o espectador no hype. Muitas pessoas acabam não ligando para isso, mas uma abertura bem feita ajuda muito a dar um clima a mais para o anime, e aqui funciona muito bem. Logo que o anime se inicia, somos apresentados aos nossos 3 protagonistas: Emma, Norman e Ray. Os três vivem felizes em um orfanato que é cercado por portões e muralhas. O local conta com cerca de quarenta crianças e todas são muito unidas. No comando do lugar está a “Mãe” a única adulta, e que está responsável por todas aquelas crianças.

the-promised-neverland-yakosoku-no-neverland-resenha-episódios-1-e-2-05the-promised-neverland-yakosoku-no-neverland-resenha-episódios-1-e-2-06

No decorrer do primeiro episódio somos apresentados um pouco a rotina das crianças, que até aí parece ser algo bem costumeiro e passa uma sensação que tudo está no seu devido lugar. Atividades escolares, alimentação, recreio, tudo que deve estar na rotina de uma criança. Emma, Noman e Ray são os mais velhos ali, e eles agem mesmo como irmãos mais velhos perante as outras crianças, principalmente Emma que tem um jeito mais acolhedor. Os três órfãos são considerados os mais inteligentes do local (sempre atingem notas máximas) e cada um deles tem características bem próprias. Emma é  a mais proativa e com o maior coração. Norman é o mais racional. E Ray tem uma grande inteligência e é bem inventivo. A química dos três personagens funciona muito bem. Mas sabe aquela conversa: “quando a esmola é demais o santo desconfia?” Pois bem.. nem tudo eram flores.

the-promised-neverland-yakosoku-no-neverland-resenha-episódios-1-e-2-03the-promised-neverland-yakosoku-no-neverland-resenha-episódios-1-e-2-11the-promised-neverland-yakosoku-no-neverland-resenha-episódios-1-e-2-12

Ainda no primeiro episódio somos apresentados a Connie, uma das órfãs. Ela foi selecionada para adoção e vai deixar o local. Porém algumas perguntas e mistérios começam a permear a cabeça de Emma e Norman. Antes de Connie sair, outras crianças já tinham sido adotadas, porém nenhuma delas nunca mais mandou notícias, nem uma carta e muito menos foram vistas. Para onde as crianças são levadas? E por que há tantas grades, muros e portões que as crianças não podem atravessar? O que existem no mundo exterior? Ao final do primeiro episódio de The Promised Neverland , Emma e Norman resolvem seguir Connie e a “Mãe” e acabam se deparando com uma cena grotesca e assustadora. A criação desse clímax logo no primeiro episódio é simplesmente genial, pois logo de cara já temos algo verdadeiramente impactante, e a reação dos dois acaba sendo a reação do expectador.  A direção e produção do anime ajudou muito para que a revelação macabra tivesse o impacto necessário.

the-promised-neverland-yakosoku-no-neverland-resenha-episódios-1-e-2-09the-promised-neverland-yakosoku-no-neverland-resenha-episódios-1-e-2-10the-promised-neverland-yakosoku-no-neverland-resenha-episódios-1-e-2-08

Quando começa  segundo episódio de The Promised Neverland , ele usa o gancho da revelação do episódio anterior para trabalhar como Emma e Norman irão lidar com isso daqui para frente. Já que agora que eles sabem qual é o verdadeiro propósito do orfanato, os dois tem que um enorme desafio pela frente que é permanecerem normais e assim manter as aparências para que a Mãe não suspeite que eles a seguiram quando a pequena Connie foi levada.

the-promised-neverland-yakosoku-no-neverland-resenha-episódios-1-e-2-17the-promised-neverland-yakosoku-no-neverland-resenha-episódios-1-e-2-13

Nesse segundo episódio, o foco no fator psicológico é bem explorado. Pois afinal de contas, a Mãe sabe que alguém foi lá, mas não sabe que formam os dois. Ou sabe e finge que não sabe? Esse jogo de gato e rato e as medidas que cada parte adota como defesa e ataque são muito interessantes, e parece que vai ser um dos pilares da trama como um todo. Prova disso é a cena em que a Mãe aborda Emma no corredor. A cena é realmente assustadora, apesar de não acontecer “nada demais”. É aquela coisa de você estar fazendo algo errado e alguém te chama do nada e dá aquele frio na espinha que vai até a alma.

the-promised-neverland-yakosoku-no-neverland-resenha-episódios-1-e-2-14

Outro fato muito importante é que Emma e Norman abriram o jogo com Ray, apesar que o mesmo já estava no encalço dos dois devido a mudança de comportamento devido aos fatos ocorridos com Connie. E agora os três devem tomar uma decisão: o que fazer daqui para frente? Eles levantam várias possibilidades e teorias de como as coisas funcionam no orfanato para tentarem um plano de fuga. E durante essa discussão conhecemos um pouco mais da personalidade de cada um e temos esboço do que os três podem fazer quando unirem forças. E para terminar o segundo episódio de The Promised Neverland , temos  a chegada de mais uma uma adulta, a irmã Krone. Ela vai ajudar a Mãe a cuidar do orfanato. A notícia cai como um balde de água fria para o trio, já que essa é sem dúvida uma ação da Mãe para tentar conter uma possível rebelião, ou pelo menos para eles  “entenderem” assim.

the-promised-neverland-yakosoku-no-neverland-resenha-episódios-1-e-2-16

The Promised Neverland demonstrou um imenso potencial nesses dois primeiros episódios. Tem tudo para ser um dos grandes animes de 2019 sem dúvida alguma. Com uma ambientação muito boa, um clima de mistério e horror, e esse lado psicológico em jogo, o anime promete bons momentos. Apesar do visual das crianças serem fofos, dá pra sentir a tensão que fica no ar a cada passo e decisão que elas tomam. As primeiras impressões foram ótimas, e vamos torcer para isso se manter. Ansioso desde já pelo próximo episódio.

https://www.youtube.com/watch?v=6TVJsicmT3Y

assinatura_andre

Análise Crítica
Data
Título Original
The Promised Neverland - Resenha dos Episódios 1 e 2 do Anime
Nota do Autor
41star1star1star1stargray

2 COMENTÁRIOS

    • Opa, obrigado pelo seu comentário meu amigo. Espero que o anime consiga manter essa qualidade nos próximos episódios e que a direção e animação deem peso aos fatos. Não acompanho o mangá, por isso estou totalmente entretido com o anime. A expositividade me preocupa um pouco, espero que não abusem.

      Depois vou passar no seu blog! Grande abraço, e até mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here