Tokyo Revengers: Tetta Kisaki realmente quer ajudar Takemichi?

Takemichi se torna um aliado incomum no episódio 4 da segunda temporada de Tokyo Revengers, mas Takemichi pode realmente confiar nesse aliado insuspeito?

Tetta Kisaki

Tokyo Revengers: Tetta Kisaki realmente quer ajudar Takemichi?

O texto a seguir sobre Tetta Kisaki contém spoilers da 2ª temporada de Tokyo Revengers, episódio 4, “Family Bonds”, agora disponível via Star+. Está na dúvida se deve começar a acompanhar a adaptação do mangá japonês escrito e ilustrado por Ken Wakui? Se sim, então confira em nosso portal: Resenha da 1ª temporada de Tokyo Revengers. Além disso, você poderá conferir em nosso portal: O símbolo Manji de Tokyo Revengers e Conheça Desert Eagle, mangá do mesmo criador de Tokyo Revengers.

O nosso “herói bebê chorão” Takemichi Hanagaki retorna com novos planos para a 2ª temporada de Tokyo Revengers. Obviamente, todos os planos é para o mesmo propósito: tentar salvar Hinata Tachibana. Diferente de suas aventuras anteriores, seu próximo curso de ação está tomando forma rapidamente. Necessariamente, a série em anime está tendo um pouco mais de ação! Ele não apenas encontra imediatamente um de seus alvos no momento em que retorna ao passado, mas literalmente sofre um espancamento pelo principal vilão do arco.

Para piorar a situação, no episódio 4 da 2ª temporada de Tokyo Revengers, Takemichi recebe uma ajuda surpreendente – seu outro alvo, Kisaki Tetta. A questão agora é se a oferta de ajuda de Kisaki é genuína. Takemichi pode não ser capaz de muito, mas conseguiu mudar o futuro em várias ocasiões. No final da primeira temporada, Takemichi não é mais apenas um civil no futuro. Ele se tornou parte integrante da Tokyo Manji Gang. No entanto, a gangue também evoluiu para um sindicato do crime sem coração. Para evitar que isso aconteça, Takemichi mais uma vez retorna ao passado para impedir que Black Dragon se integre à gangue.

A oferta imprevista de cooperação de Kisaki Tetta

Mikey e os outros membros de Toman logo ouvem sobre Taiju ter dado uma maior surra em Takemichi, e eis que vemos uma conferência entre os líderes da divisão. Durante a referida conferência, Hakkai pede para deixar a gangue. No entanto, Mitsuya, o líder de sua divisão, rejeita seu pedido. Mitsuya se aproxima para ajudar Hakkai a resolver seu problema e, dessa forma, leva o rapaz para confrontar Taiju, oferecendo um acordo ao Shiba mais velho: Toman deixará Hakkai ir, desde que Taiju deixe Yuzuha em paz, e Taiju surpreendentemente concorda.

Taiju sempre bate em seus irmãos, disfarçado de expressão de amor. É um verdadeiro relacionamento abusivo que existe entre o líder da Black Dragon e seus irmãos mais novos. É também a razão pela qual Hakkai quer matar seu irmão. Não é a toa. Além disso, acredito que o líder da Black Dragon concordou facilmente com isso, fora a sensação que Yuzuha, a irmã, está escondendo algo.

Depois que Hakkai confessa seu plano para Takemichi e Chifuyu, Takemichi se lembra do que ocorreu no futuro: conforme Kazutora, o Hakkai do futuro matou o antigo líder do Black Dragon. No entanto, a razão pela qual Takemichi decide ajudar Hakkai não é apenas para alterar o curso do futuro, mas por simpatizar com as novas pessoas ao seu redor. Como tal, ele compartilha seu plano de impedir que Hakkai se torne um assassino com os outros membros principais de Toman.

O problema é que quem concorda com ele é unicamente Kisaki, que o leva a um encontro com um um espião, e eles descobrem que Taiju ficará isolado no dia de Natal. E é o momento provável em que todo e qualquer plano dos personagens entrem em ação!

Takemichi pode realmente confiar em Kisaki?

Há uma razão pela qual Kisaki é o outro alvo de Takemichi. Ele é um tanto obcecado pelo nosso “herói bebê chorão” Takemichi Hanagaki, e isso fica óbvio durante a última viagem no tempo de Takemichi. Kisaki se refere a ele como seu herói antes de atirar nele. Se isso não bastasse, Kisaki sempre consegue subir até o topo do ranking de poder de Toman, perdendo apenas para Mikey. Portanto, é natural duvidar de seus motivos.

Ao contrário de outros personagens mais simples, Kisaki é extremamente difícil de ler. Ou seja, não há como dizer se suas ações são genuínas. Dado que Takemichi é bastante inútil na maioria dos cenários, é improvável que Kisaki tenha alguma utilidade para ele. Kisaki pode até estar preparando uma armadilha para Takemichi. Também há possibilidade de Kisaki estar ajudando secretamente a causa de Hakkai. Afinal, o Black Dragon de Hakkai se integrou de volta a Toman no futuro de Takemichi. Se o último for verdade, é ainda mais uma razão pela qual Takemichi não deveria confiar em Kisaki.

Falar de Kisaki Tetta para mim é como falar de Elijah Price, ou Mr. Glass, o famoso vilão do cinema e vivenciado por Samuel L Jackson. Há uma frase que um personagem coadjuvante soltou no terceiro filme da trilogia de filmes Eastrail 177 que talvez podemos usar tanto para o vilão quanto para Kisaki Tetta: “Todo super-vilão tem um super-plano por trás”. Ou seja, eu duvido muito que Takemichi possa realmente confiar em Kisaki. Kisaki só apronta muitas coisas porque tem um plano por trás.

Come to the Dark Side. We have coffee with cookies! ☕

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here