Quem é América Chavez, de Doutor Estranho: no Multiverso da Loucura?

Quem é America Chavez

Afinal, quem é America Chavez, de Doutor Estranho: no Multiverso da Loucura?

A nova adição do Universo Cinematográfico da MarvelAmérica Chavez fez sua estreia na franquia em Doutor Estranho: no Multiverso da Loucura, vivida pela atriz Xochitl Gomez. Sua jornada cinematográfica ainda está dando seus primeiros passos em sua caminhada heróica, entretanto a versão das páginas da jovem já passou por várias aventuras desde que apareceu pela primeira vez em Vingança, a HQ de 2011 escrita por Joe Casey e ilustrada por Nick Dragotta. Afinal de contas, quem é América Chavez?

Chavez foi o segundo personagem da Marvel a usar o apelido de Miss América, depois de Madeline Joyce. Conforme já dissemos, Chavez apareceu pela primeira vez em Vingança #1 (setembro de 2011), mas antes de se juntar aos Jovens Vingadores e depois estrelar sua própria série em andamento, America, em março de 2017 pela escritora Gabby Rivera.


Histórico de publicação

América Chavez HQ
América Chavez em uma capa variante de America #1 (maio de 2017); A primeira edição auto-intitulada de Chavez. Arte de Jamie McKelvie.

América Chavez apareceu pela primeira vez na série limitada de 2011. Mais tarde, ela aparece na série Young Avengers de 2013 por Kieron Gillen e Jamie McKelvie e na série de 2015, A-Force, por G Willow Wilson, Marguerite Bennett e Jorge Molina. A partir de outubro de 2015, Chavez apareceu em Ultimates de Al Ewing e Kenneth Rocafort como parte da iniciativa All-New, All-Different Marvel. Na New York Comic Con de 2016, a Marvel anunciou que Chavez receberia sua primeira série solo — intitulada America. Essa série é do romancista latino-americana Gabby Rivera e teve seu lançamento em março de 2017, mas cancelada em abril de 2018. Em agosto de 2018, Chavez se juntou aos Vingadores da Costa Oeste em uma série da escritora Kelly Thompson e do artista Stefano Caselli.

Biografia da super heroína América Chavez

America Chavez

América Chavez acreditava ter sido criada por suas mães no Paralelo Utópico. O Paralelo Utópico é uma realidade que está fora do tempo e na presença do ser conhecido como Demiurgo, cuja presença ela credita por imbuí-la de superpoderes. Em sua memória, quando Chávez tinha aproximadamente seis anos, o Paralelo Utópico foi ameaçado de destruição. As mães de Chávez se sacrificaram para selar os buracos negros resultando em suas partículas sendo espalhadas pelo próprio Multiverso. Querendo provar-se uma heroína e sabendo que a Utopia não exigia salvação, Chávez fugiu de sua casa e de suas responsabilidades. Ela viajou por diferentes realidades, eventualmente adotou o apelido de Miss América e começou a atuar secretamente como uma super-heroína.

Chávez eventualmente se juntou à Brigada de Adolescentes e serviu como co-líder do Ultimate Nullifier. Com a Brigada Juvenil, ela libertou o In-Betweener do centro de confinamento do governo, Groom Lake Adjacent em Nevada. Com informações do In-Betweener, então a Brigada de Adolescentes partiu para impedir que os Jovens Mestres do Mal perturbassem o equilíbrio entre caos e ordem.

Para impedir os Young Masters de recrutar Kid Loki, Chavez invadiu o Metropolitan Art Museum, mas Loki usou o Screaming Idol para mandá-la para a Sexta Dimensão. Lá ela lutou contra Tiboro. Posteriormente, ela foi resgatada pelos Últimos Defensores, She-Hulk e Daimon Hellstrom, sob a direção do In-Betweener. Ela se juntou a seus companheiros de equipe na Latvéria, onde eles lutaram contra Braak’nhüd, Young Masters e Doctor Doom. A batalha terminou quando o Ultimate Nullifier atirou no In-Betweener. Enquanto a fumaça se dissipou, a Brigada Juvenil partiu secretamente. Posteriormente, a heroína se separaria da Brigada Juvenil devido a “diferenças musicais”.

Depois de deixar a Brigada Juvenil, Chavez eventualmente viajou para a Terra-212 e logo abordada pelo trapaceiro adolescente Loki. Ele finge tentar persuadir a super heroína a matar Wiccan para o bem do Multiverso. Desgostosa com a proposta, portanto ela luta com Loki e decide proteger Wiccan. Na Terra-616, Chavez impediu Loki de atacar magicamente Wiccan em sua casa.

Hulkling interveio, mas América e Loki fugiram rapidamente com pouca explicação. Posteriormente, Chavez resgatou Hulkling, Wiccan e Loki da Mãe, um parasita interdimensional despertado por um dos feitiços de Loki. Todos eles escapam a bordo da nave de Marvel Boy, e os ajudam no confronto final com as forças da Mãe no Central Park. Mais tarde, em Young Avengers #15, ela revela de improviso para a equipe que ela não está interessada em homens. Dessa forma, ela descarta seu beijo de uma vez com o super-herói adolescente masculino Ultimate Nullifier como experimentação. Mais tarde, ela começa a namorar Lisa, uma paramédica, e dança com ela para “fechar um buraco no universo”.

Durante o enredo de Guerras Secretas de 2015, Chavez aparece como um membro da A-Force, uma equipe feminina de Vingadores. Seus fãs formaram uma gangue chamada La Chiquitas e mudaram seus cabelos para símbolos de Chávez, incluindo o fã Sydney Walker. Quando a nação insular de Arcadia é atacada por um megalodonte, Chávez joga o tubarão através do Escudo, a parede que separa as fronteiras de Arcadia. Dessa forma, ela quebra as leis do Rei Doom. Ela é posteriormente presa e condenada a passar o resto de sua vida protegendo o Escudo.

Após os eventos de Guerras Secretas, Chávez se juntou à recém-formada equipe Ultimates, a convite de Blue Marvel. Chávez também frequenta a Universidade de Sotomayor como estudante, onde também divide uma aula com o ex-companheiro de equipe Young Avenger, Prodigy.

Na série America Chavez: Made in USA, há questionamentos sobre o que Chavez sabia sobre seu passado. Sua irmã até então desconhecida, Catalina, a forçou a lembrar que suas mães não eram alienígenas, mas as médicas humanas Amalia e Elena Chavez. Os médicos levaram suas filhas para uma ilha particular chamada Utopian Parallel para tentar curar a doença Síndrome de Edges, mas descobriram que seu benfeitor tinha planos malignos para todas as meninas trazidas para lá. Os médicos se sacrificaram para libertar a América e Catalina, mas apenas a América escapou. Catalina sugere que a América inventou a história do universo alienígena como um mecanismo de enfrentamento.

Poderes e habilidades de América Chavez

Chávez possui força e durabilidade sobre-humanas, e o poder de voar. Chávez também tem o poder de abrir buracos em forma de estrela na realidade, permitindo que ela e seus companheiros de equipe viajem pelo multiverso e para outras realidades. Ela pode se mover em velocidades sobre-humanas, já que ela é capaz de alcançar e quase exceder a velocidade da luz observada pelo Spectrum em sua forma de luz. Além disso, Chávez desenvolveu a habilidade de fazer um inimigo explodir em pequenos fragmentos de estrelas com um soco. Em momentos de extrema pressão, ela mostrou projetar uma grande estrela que libera uma poderosa explosão de energia, capaz de ferir pessoas como a Capitã Marvel.

Sobre a atriz Xochitl Gomez

Xochitl Gomez

Xochitl Gomez é uma atriz americana. Ela é conhecida por sua interpretação de Dawn Schafer na primeira temporada da série de streaming Netflix The Baby-Sitters Club. Em outubro de 2020, Gomez foi escalada como America Chavez no filme do Universo Cinematográfico Marvel Doutor Estranho: no Multiverso da Loucura (2022).

Gomez nasceu em Los Angeles, Califórnia, filha de pais de ascendência mexicana. Seu nome Xóchitl significa “flor” em Nahuatl, uma língua indígena do México.

Xochitl Gomez começou a atuar aos 5 anos em musicais locais. Antes de aparecer em The Baby-Sitters Club, a atriz teve papéis na série de televisão Gentefied, Raven’s Home e You’re the Worst. Em 2020, ela ganhou um Young Artist Award por Supporting Teen Artist por seu trabalho no filme de 2019, Shadow Wolves.

Instagram oficial da atriz: Xochitl Gomez (@_xochitl.gomez)

O que você achou tanto da personagem quanto da atriz? Conte aqui para a gente!

Leia também em nosso portal: O que significam o final e as cenas pós-créditos de Doutor Estranho 2: no Multiverso da Loucura?

Goiana. Arqueóloga, focada em Educação Patrimonial. Redatora. Escritora. Apaixonada pela Cultura Brasileira e pela Cultura Geek. Cosplayer nas horas vagas gótica e gamer. Aqui no Meta Galáxia, colaboro com matérias sobre o universo geek: notícias, entrevistas com cosplayers, listas de filmes e animes, análises de animes e jogos, curiosidades e muito mais!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here