On My Block 3ª temporada (Netflix) – Resenha

Cesar, Jamal, Monse e Ruby nesta nova temporada de On My Block enfrentam agora a chefe dos Santos enquanto lidam com seus medos e relações familiares.

0
351

Resenha da segunda temporada de On My Block, série original Netflix

Ano: 2020
Título Original: On My Block
Diretor: Lauren Inugerich, Eddie Gonzalez e Jeremy Haft
Avaliação: ★★★★★ (Excelente)

E a tão esperada terceira temporada de On My Block enfim está entre nós. Depois do mistério envolvendo o dinheiro do RollerWorld e a briga entre os Santos e os Profetas, a série já nos joga logo nas primeiras cenas o novo desafio dos jovens.

O plot de On My Block nessa nova temporada é sobre a busca de um dos fundadores da gangue dos Santos, Lil Ricky. Logo após eles serem sequestrados, como mostra o fim da temporada anterior, os jovens aparecem na casa da chefe dos Santos, Cuchillo. A mafiosa promete a eles devolver o dinheiro do RollerWorld caso encontrem Ricky, caso contrário ela os matariam.

Cesar, Monse, Jamal e Ruby ficam muito assustados e começam a bolar um plano de como encontrar o fundador da gangue dos Santos. No meio do caminho, Spooky e Jasmine acabam sendo inseridos na busca contribuindo com suas características, influência e inteligência.

Em comparação a anterior, essa terceira temporada de On My Block não tem tanta carga dramática, porém o humor é utilizado muito mais, principalmente com Jamal. Nesta temporada o jovem sistemático está muito mais cômico.

O estresse pós-traumático da primeira temporada ainda perdura os jovens, principalmente Ruby. As relações entre as famílias começam a ser abordadas novamente em vários pontos, em destaque com Cesar. Ele e Spooky agora precisam enfrentar a convivência com o pai, que acaba de voltar. É nítido que Spooky e ele não se dão, por acontecimentos do passado, mas César por não conhece-lo, planta certa esperança.

Como já dito, On My Block nessa nova temporada está muito mais cômica, e esse é o tempero que guia todos os assuntos abordados na série, principalmente a busca por Lil Ricky e as ameaças de Cuchillo. Um ponto interessante trabalho na série é um papel maior dado aos personagens Spooky e Jasmine, que tornam mais do que suporte para os protagonistas. A trilha sonora da série continua explorando o ambiente de Los Angeles, onde se passa a série, misturando bastante as diferentes culturas presentes.

Mesmo a carga de drama ser menor do que a anterior, na metade desta temporada a relação entre os personagens e a família deles trazem fortes emoções para quem assiste. O final da temporada nos entrega diversas cenas que do tipo “eita atrás de eita”, principalmente pelo desfecho com a chefe dos Santos e os problemas enfrentados com uma nova gangue no bairro, os da Rua 19. O fim da série nos entrega uma dúvida se terá uma próxima temporada ou não, muito por conta do caminho em que os jovens tomam em suas vidas.

Confira outras resenhas de séries e siga o Meta Galáxia nas redes sociais!

Análise Crítica
Data
Título Original
On My Block 3ª temporada
Nota do Autor
51star1star1star1star1star

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here