Ted Lasso: relembre o season finale da temporada 2

Ted Lasso

Ted Lasso: relembre o season finale da temporada 2

Terceira temporada de Ted Lasso estreia 15 de março na plataforma de streaming Apple TV+! O trailer destaca o retorno de muitos personagens favoritos dos fãs! Entre eles, podemos ver Roy Kent (Brett Goldstein), treinador Beard (Brendan Hunt), Rebecca Welton (Hannah Waddingham) e o titular Ted Lasso (Jason Sudeikis). Acredita-se que a terceira temporada de Ted Lasso seja a parte final da premiada comédia dramática. Dito isso, então que tal aproveitarmos o momento e relembramos o season finale da temporada 2 de Ted Lasso?

Destaques

É o fim da temporada, e Richmond joga um grande jogo que leva Sam a decidir se deve sair com Edwin Akufo. Ted se pergunta o que fazer com a informação que agora possui sobre Nate delatando seu ataque de pânico para a imprensa, e Roy e Keeley tentam descobrir se algo está realmente errado em seu relacionamento.

Jogo por jogo

Ted e seu pânico

Em primeiro lugar, na season finale da temporada 2 de Ted Lasso: após a publicação da história de Trent Crimm expondo o ataque de pânico de Ted, ele está sendo criticado pelos comentaristas. Entretanto, está feliz por receber mensagens de apoio de Rebecca, Sharon e até de sua ex-esposa. O treinador Beard afirma que não está prestando atenção no que quer que seja esse burburinho. Contudo, assim que Nate começa a trabalhar, Beard balança o tablóide na cara dele, enfatizando que sabe perfeitamente que Nate era a fonte. Felizmente, a equipe demonstra total apoio quando Ted fala com eles no treino e pede desculpas por seus erros.

Mais tarde, Beard pergunta a Ted se ele vai dizer alguma coisa a Nate, e Ted admite que quer que Nate se desculpe sozinho. Beard avisa-o de que isso não vai acontecer e diz que Ted precisa desabafar antes que seu bigode voe com a pressão.

Roy e Keeley

Vemos que Roy confronta Jamie sobre sua confissão a Keeley, mas antes que Roy possa cumprir sua promessa de arrancar os dentes de Jamie, Jamie responde que sabe que foi errado e que respeita o relacionamento e que nunca mais fará isso.

Keeley recebe notícias: as pessoas por trás de Bantr querem dar a ela o financiamento para abrir sua própria empresa de relações públicas. Ela vem falar com Higgins, que está executando o que ele chama de “Mascot Idol”, o processo de escolha de um novo mascote galgo. Keeley explica a ele que tem medo de contar a Rebecca que está indo embora. Mas é claro, quando Keeley conta a ela, Rebecca – embora chorosa – apóia completamente. Rebecca também recebe notícias enquanto eles estão discutindo que Rupert comprou o West Ham United, o que significa que essa manobra explica por que ele devolveu suas ações em Richmond no funeral de seu pai.

Em casa, Keeley compartilha a notícia sobre sua empresa, e Roy diz a ela que perdoou Jamie depois que ele confessou. Então, as coisas estão boas para eles, e eles estão ficando muito aconchegantes quando Keeley de repente recebe uma prévia da divulgação da Vanity Fair. Acontece que a revista não usou nenhuma das fotos do casal, apenas algumas de Keeley sozinha.

Edwin e Sam

Edwin Akufo ainda está cortejando Sam, mas ninguém sabe o que Sam tem em mente. O pai de Sam diz a ele para procurar um sinal no universo, e Sam vê algumas crianças jogando futebol em um parque, uma das quais está vestindo uma camisa “Obisanya” Richmond.

Dia de jogo

Antes do grande jogo, Roy não pede exatamente conselhos aos Diamond Dogs, mas ele compartilha seus sentimentos, que é que Keeley parecia incrível nas fotos sozinha, e isso meio que o fez se sentir desnecessário. E porque ele também menciona que ficou perplexo com suas próprias reações ao Jamie confessar seu amor por Keeley, Nate interrompe para confessar que tentou beijá-la. Roy não se incomoda com isso, o que Nate parece levar para o lado pessoal – em vez de considerar talvez uma situação muito diferente, visto que ele a agarrou sem o consentimento dela e não é seu ex-namorado, enquanto Jamie é seu ex-namorado que compartilhou seus sentimentos por ela de uma forma obviamente muito bem pensada.

Na primeira parte do jogo, a estratégia de Nate não está funcionando muito bem, ao que ele responde repreendendo a equipe por não conseguir executá-la. No intervalo, Ted pergunta à comissão técnica o que eles devem fazer sobre essa nova tática, e Nate cospe que eles devem abandoná-la, já que os jogadores estão estragando tudo. Ted acha que eles deveriam continuar tentando, mas ele pergunta a Roy, que diz que Ted deveria perguntar ao time. Liderada por Jan Maas, a equipe decide mantê-la. E então, liderados por seu capitão, Isaac, todos eles colocaram as mãos no sinal de ACREDITAR.

Quando o intervalo termina, o confronto inevitável entre Ted e Nate finalmente chega. Ted pressiona Nate para contar a ele por que está chateado, e Nate confessa: Ted o construiu e depois Ted o esqueceu.

Na segunda metade do jogo, Richmond puxa para dentro de um, com um gol de Sam. Tudo o que eles precisam é de um empate para seguirem à Premier League. À medida que o tempo diminui, há um longo passe de Jan Maas para Jamie, e então Jamie sofre uma falta. Mas Jamie, que não perdeu um pênalti durante toda a temporada, passa a mão para Dani – que, você deve se lembrar, começou a temporada com um terrível acidente durante uma cobrança de pênalti que levou Higgins a jogar “Mascot Idol”. Dani olha para o novo cachorro mascote, agora equipado com um pequeno capacete, e diz para si mesmo, claro: “Futebol é vida”. Só agora, parece ser a declaração confiante e feliz de um homem em paz, e estou muito feliz por eles terem expandido esse personagem além do esboço geral que ele era quando chegou.

Dani marca o gol, Richmond consegue o empate e eles cumpriram o que pretendiam. Todos estão em êxtase, exceto Nate, que ainda está muito zangado, apesar do fato de que uma estratégia que Ted creditou a ele simplesmente funcionou, e há todas as indicações de que Ted continuará a creditá-lo. Ele vai para o vestiário e, quando Ted chega à sua mesa, descobre que Nate arrancou a placa de ACREDITE e a rasgou em duas.

Consequências

De volta ao vestiário, chamam Sam para a reunião em que dará sua resposta a Edwin. Edwin assume que é um negócio fechado, mas Sam tem notícias: ele está hospedado em Richmond. O que se segue é um discurso profano e hilário que explica por que eles conseguiram o muito engraçado Sam Richardson para interpretar o – até agora – apenas levemente engraçado Edwin Akufo. “Vou dedicar minha vida a destruir você” é a parte mansa.

E na coletiva de imprensa, Ted percebe que Trent Crimm não está lá. Ele passa a abordar a questão da saúde mental no atletismo e, em seguida, dirige-se ao escritório de Rebecca, onde eles estão compartilhando uma bebida comemorativa quando Sam entra. Sam diz a eles que não vai com Edwin e – muito sem jeito – ele entrega para Ted algumas observações que ele pretende para Rebecca: “Gostaria de poder dizer que foi por causa de meus sentimentos por você.

Caroline Ishida Date
Come to the Dark Side. We have coffee with cookies! ☕

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here