One Piece 991 – Por Favor, Deixe-nos Morrer! (Análise)

81
Nekomamushi e Inuarashi em One Piece 991

Após uma semana de pausa, temos o retorno de One Piece com o capítulo 991. No último capítulo, mencionei a possibilidade do lançado esta semana iniciar uma divisão de lutas, o que aparentemente está acontecendo. Além disso, Oda ainda deu um aviso sobre o capítulo mil, indicando que tentará lançar ele até o fim do ano – algo que mencionei também no anterior. – e por isso teremos três capítulos na colada. Vamos então a análise de One Piece 991.

Para a surpresa de…ninguém..

No inicio do capítulo, temos a continuação da conversa entre Luffy e Drake. Para variar, não demora muito para que o Capitão aceite a ajuda do marinheiro, apesar da rejeição dos demais membros do bando. A conversa, no entanto, não tem conclusão e fica o dito pelo não dito. Luffy simplesmente vai em frente junto com Sanji e a aliança fica pela metade. Zoro acaba enfrentando Drake que continua tentando convencer o Combatente a aceitar sua ajuda.

Inicio da divisão das lutas

Indicando o início de um processo que deve se encerrar no capítulo mil com a chegada de Luffy para enfrentar Kaido, o bando começou a se separar novamente. Usopp utilizou toda sua lábia para enganar Page One – e a mim, confesso. – se escondendo atrás de Nami para provocá-los. A cena é engraçada e mostra uma interação comum entre os personagens e o humor clássico da série.

Enquanto Zoro segurava Drake e Luffy fugia, temos Apoo de volta. O personagem, confesso, não é do meu agrado, mas naturalmente não ficaria de fora tão facilmente. Na sequência temos a surpresa aparição de Queen, que eu acreditei ficaria no topo do castelo junto a King. Pelo ângulo que os personagens estão, imagino uma divisão de Drake x Apoo e Zoro x Queen. Não sei se Drake só será usado para enfrentar Apoo, o que não necessitava uma aliança com Luffy, mas como ela não ficou clara, dá no mesmo.

Kaido…sentimental?

E em One Piece 991, Oda nos surpreende com um paternalismo inesperado de Kaido, que soa muito mais humano do que muitos vilões por seus sentimentos. Fica claro que Oden incomoda Kaido até hoje, por sua coragem e até mesmo lhe causa medo. Assim, neste capítulo, vemos o vilão preocupado pela morte de seus homens e com Jack. Lá atrás, Kaido deixou Luffy vivo, o que indica até uma capacidade de ter piedade vinda dele. Enfim, não é o monstro que Oda descreveu em sua introdução.

O que incomodou nesta cena, foi o que talvez seja a reclamação mais recorrente em Wano: lutas em off. A vingança de Nekomomushi e Inuarashi eram um momento esperado e eu não imaginava Oda pulando tal luta e derrotando uma das calamidades de Kaido deste jeito. Apesar das falas do Yonkou justificarem sua derrota, Jack só apanhou desde que apareceu e chegou a virar piada na Internet.

Acreditei que a luta entre Kadio e os Bainhas só iniciaria junto com a chegada de Luffy, todavia tudo indicada que veremos algo no próximo capítulo já. Ainda não sei se Jack voltará a ser usado, mas espero sinceramente que sim, enfrentando Jinbei, talvez.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here