One Piece Filme 1 – O Grande pirata do Ouro

1
87
Cena de "O Grande pirata do Ouro"
Ficha
Nome: O Grande Pirata do OuroAno: 2000
Duração: 51 minFormação do bando: Luffy, Zoro, Nami, Usopp
Cronologia: Após o arco da Vila Syrup.

Sinopse

Um dia existiu um grande pirata chamado de Woonan, que reza  lenda, juntou 1/3 do ouro do mundo. Após seu desaparecimento, diversos piratas passaram a buscar seu tesouro. Dentre eles está El Drago, um pirata apaixonado por ouro que encontrou o mapa para o tesouro. Em busca de ir para Grand Line, os Mugiwaras acabam se envolvendo na busca pelo ouro e o mistério do desaparecimento de Woonan. Assim os caminhos de El Drago e Luffy se cruzam e uma aventura se inicia.


Quase um filler

Primeiro filme de One Piece, “O Grande pirata do ouro” serve muito mais como um filler genérico do que como filme, inclusive se levarmos em consideração sua duração. Talvez tenha sido exatamente essa a intenção na época do seu lançamento, já que se encaixa numa parte consideravelmente inicial do anime, antes mesmo do recrutamento de Sanji e o anime creio eu não fazia tanto sucesso na época. Longe de ser épico e merecedor de aplausos, o filme também não pode ser chamado de ruim, já que ele contém tudo que o anime nos mostrou até aquela altura da história e até talvez com mais qualidade ainda. 

O enrede é bem simples, mas para uma história com poucos minutos é extremamente eficiente em nos apresentar os personagens e seus objetivos. Às vezes dá até um pouco de sensação de que o anime atual poderia seguir o dinamismo encontrado neste filme. A ameaça de El Drago nunca se faz presente, mas esse nunca foi o foco do filme e sim a busca pelo ouro de Woonan que é um mistério bem construído. Apesar da obviedade da resolução da história do ouro, a história de Woonan por outro lado é extremamente bem feita para o pouco tempo de tela. Ainda, sua conclusão remete à busca de Luffy pelo One Piece, onde como sempre na história principal, é valorizado muito mais a aventura do que a conquista.

Lutas nem tão legais

No quesito luta o filme peca bastante, até por que não foge muito aos primeiros arcos do anime em East Blue em que as lutas não eram la muito elaboradas ou duradouras. Talvez seja a única parte em que o filme justificaria uns 10 minutos a mais de duração. Principalmente para luta de Zoro e Goroshi, que ganha poucos minutos de tela. Mas apesar de rápida apresenta bem a visão espadachim pelas lutas naquele universo. Algo que foi abordado logo em seguida no anime pela sua luta com Mihawk. Já Luffy e El Drogo ganham mais tempo de tela e uma luta um pouco mais elaborada. Ainda assim tudo se resolve rápido demais e tira a tentativa de emoção da derrota do vilão, principalmente do golpe final.

Animação

Completando, a animação atinge um nível de qualidade um pouco além do padrão da época em algumas partes, mas num geral mantém o mesmo nível. Para quem assistiu todos os episódios não chega a incomodar. O som não foge muito do padrão também, valendo bastante a nostalgia de assistir novamente a primeira abertura esperando pelo inicio de uma nova aventura.

O Grande Pirata do Ouro Vale a pena?

Sim, para quem já assistiu tudo é um filme extremamente divertido, como o anime costumava ser no seu inicio onde o foco eram coisas mais simples, tendo aquele espírito maior de aventura que se perdeu um pouco conforme a história foi ficando mais séria, principalmente após o time-skip. E para quem iniciou a história é muito interessante para se aprofundar mais ainda nos protagonistas e a maneira de One Piece lidar com seus personagens, dando a atenção necessária aos secundários (apesar de negligenciar o vilão) e possuir todas as características de Luffy, Nami, Usoop e Zoro bem explicitadas durante o filme, ajudando também a conhecermos melhor os personagens antes de seguir para as próximas sagas.

Para mais sobre One Piece, clique aqui!

1 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here