Por que a maioria dos animes são adaptações de mangás?

A maioria dos animes são adaptações de mangás e light novels ao invés de ideias originais. A razão por trás disso é, sem surpresa, financeira.

Fairy Tail

Por que a maioria dos animes são adaptações de mangás?

O universo dos animes é um dos meios de entretenimento mais populares nos últimos anos. Milhões de fãs o consomem regularmente porque oferece narrativas cativantes e uma visão da animação singulares. No entanto, existem apenas alguns animes que são projetos originais. Em 2022, um dos únicos que vi e que era completamente original foi Lycoris Recoil. Dos 54 novos animes da temporada de inverno de 2023, apenas 6 deles são séries originais sem material de origem. Por que a maioria dos animes resto são adaptações de mangás, light novels, videogames e outras formas de mídia?

Muitos animes originais deixaram sua marca na comunidade de anime, desde clássicos como Cowboy Bebop e Samurai Champloo até séries mais recentes como Violet Evergarden e Odd Taxi. Alguns podem assumir rapidamente que é graças à preguiça dos estúdios de anime. Sim, similar às reclamações de Hollywood, mas grandes fontes de entretenimento têm métodos semelhantes há décadas. O Mágico de Oz e O Poderoso Chefão se inspiraram em livros também. Confira abaixo o por que a maioria dos animes resto são adaptações de mangás, light novels, videogames e outras formas de mídia.

Ganhos Promocionais

Em muitos casos, pode-se dizer que o anime é uma propaganda massiva de seu material de origem. Especialmente para uma série que não finalizou no momento da adaptação, os fãs podem esperar por mais uma temporada ou checar a fonte para ver como a história termina. Por exemplo, quem gostou de Chainsaw Man e Blue Lock pode pegar o mangá exatamente de onde o anime parou e ver o que acontece a seguir. Eu mesma comecei a comprar os mangás de Chainsaw Man de uma vez por todas graças ao anime. Antes, eu lia apenas na internet e nem dava tanta atenção. O mesmo vale para obras como Fullmetal Alchemist quando foi ao ar nos anos 2000. Mesmo que uma série de mangá tenha sido totalmente adaptada, os fãs ainda podem procurá-la para comparar com o anime ou adicionar à sua coleção.

Mesmo os fãs que preferem o mangá ao anime podem se beneficiar dessas adaptações. Os leitores de mangá também podem obter uma lista dos próximos animes como recomendações de mangá. Se uma série é popular o suficiente para ser animada, isso geralmente significa que há algo especial nela que vale a pena conferir. Ou, se não tiverem certeza sobre uma série, podem assistir a um ou dois episódios do anime e decidir se querem ler o mangá. Seja qual for o motivo, o anime atrairá mais pessoas para o mangá, o que, por sua vez, trará mais audiência para os criadores.

Os Riscos Financeiros e as Recompensas

Embora a animação de um mangá ou videogame o exponha a mais pessoas e potencialmente envie mais espectadores de volta à fonte, há outro motivo para essa abordagem: dinheiro. Produzir qualquer tipo de projeto criativo requer muito dinheiro, principalmente quando o meio em que é calculado é a animação. Não apenas diretores, atores, compositores e outros profissionais de logística precisam de remuneração, mas todo o processo de produção da animação também precisa de fundos. Embora existam movimentos alegando que os animadores deveriam receber mais do que recebem, e com razão, esse é um fator que torna a animação um meio mais caro do que a ação ao vivo.

Portanto, criar um design original envolve um risco financeiro significativo. Um estúdio pode investir milhões de ienes em uma série apenas para vê-la fracassar e não receber nenhum dinheiro de volta. Embora isso seja sempre possível, as ideias originais têm mais incerteza associada a elas. Além da competição com jogos grandes e conhecidos, não se sabe o quão bem o público vai abraçar a ideia. A aposta mais segura financeiramente é se adaptar a uma série que já tenha uma base de fãs, pois isso pode ser um sinal de sucesso. Se milhares de leitores gostam do mangá, com certeza muitos mais irão sintonizar o anime. Para entender isso, você só precisa olhar para exemplos como My Hero Academia e Demon Slayer: Demon Slayer: Anime, ambos os quais se tornaram grandes sucessos após o lançamento do anime.

Embora o anime seja uma expressão de criatividade e uma forma de arte, também é um negócio. A razão pela qual tantas séries são feitas é porque elas ganham dinheiro e, geralmente, os caminhos seguros são melhores do que os desconhecidos.

Caroline Ishida Date
Come to the Dark Side. We have coffee with cookies! ☕

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here