Mars Red – Resenha semanal (episódios 1 ao 5)

Os primeiros episódios de Mars Red trazem muita beleza, drama e adrenalina a toda trama de mistério, ficção e cenário vampiresco.

124

Começaremos a partir deste post resenhas semanais sobre os episódios do anime Mars Red. Aqui no Meta já fizemos uma resenha de primeiras impressões e também uma com os personagens principais da animação. Isso pode ajudar vocês a também acompanhar melhor com a gente o anime. A fotografia junto ao tema do anime tem feito com que as pessoas gostem ainda mais da proposta elaborada lá no primeiro episódio. Partiremos assim então com esta primeira resenha dos episódios 1 ao 5. O anime está disponível na plataforma da Funimation.

ALERTA DE SPOILER

A PREPARAÇÃO DE TERRENO

Os três primeiros episódios de Mars Red nos dão muito a dimensão do território que veremos mais a seguir nos outros dois. Primeiramente somos apresentados a toda ambientação de Tóquio no início dos anos 20. Capitão Maeda é recepcionado pelo soldado Moriyama que o leva até a Ilha Tsukishima para visitar Misaki, uma recém vampira transformada misteriosamente. Ao chegar lá com seu soldado, eles adentram uma fortaleza complexa e densa onde a ex-atriz está presa. Misaki desperta algumas memórias de Maeda que passa a criar certa empatia com a mulher.

É nesse momento que o anime já mostra um de seus pontos fortes. Retratando fielmente a cidade japonesa dos anos 20, Mars Red constrói tudo com uma leveza incrível, com traços bem suaves ao mesmo tempo que cria contrastes muito reais. Outro ponto positivo é a trilha sonora junto a construção e coreografia de cena. Tudo parece tudo muito teatral, cheio de drama, o que traz uma carga ainda maior (principalmente no primeiro episódio) para os problemas acontecendo. O estúdio Signal.MD até agora fazendo um ótimo trabalho.

Voltando ao quartel, Maeda é promovido a general e ganha um regimento para si. Se tornando Capitão do 16º Regimento Militar, ele também agora é responsável pelo “Código Zero” (Code Zero). A equipe é composta por alguns vampiros que servem ao exército e tem o intuito de combater a onda de novos casos de vampiros pelo Japão. É aí então que se é explicado que nem todas as pessoas que são mordidas por vampiros, necessariamente tornam-se um. E também eles são classificados de ‘não classificados’ até S. É apresentado então o Código Zero: Kusuru, Takeuchi, Suwa e Yamagami.

PRIMEIRO CONFLITO

Logo após conhecer seus novos companheiros de equipe, Maeda é alertado que Misaki escapou da prisão e está próxima de Tóquio. Rapidamente o Código Zero vai até o local para detê-la, e é aí onde Moriyama morre em uma cena muito dramática e emocionante. Maeda apesar de ter um temperamento mais frio e calmo sentiu a perda de um companheiro. Junto a isso, Kusuru também se sentiu muito fraco (apesar de ser classe A), pois não pode fazer nada por temer não saber controlar ainda seus poderes. Misaki acaba morrendo por se expor ao Sol e então Maeda começa a querer entender mais sobre o Ascra (fonte misteriosa de sangue artificial) e as marcas criadas pelos vampiros.

RELAÇÕES E AÇÕES DO CÓDIGO ZERO

Logo após o caso Misaki, a jornalista Shirase Aoi passa a se interessar ainda mais pelo caso da atriz e dos vampiros em si. Ela entra em contato com um jovem ator, Defrott, que contracenava com Misaki para saber mais do caso e acaba criando certa amizade com ele. O jovem é muito gentil, mas ainda assim apresenta ações muito suspeitas em toda situação que aparece. Pela sua aparência, principalmente pelos olhos, de início já se deduz que ele é um vampiro.

Maeda ainda um pouco abalado pela perda de Moriyama começa a lidar com algumas missões do Código Zero. Ao mesmo tempo em que isso acontece, é explicado as relações entre os personagens. Kurusu junto a Yamagami são os vampiros transformados mais recentes na equipe. Enquanto Kurusu tem classificação A, Yamagami não possui classificação. Logo depois temos o cientista maluco da equipe, Takeuchi, vampiro de classificação D e Suwa, transformado há 300 e com classificação C. Apesar desta classificação, Suwa possui muita experiência e é habilidoso proveniente desta grande carga de vivência. A dinâmica entre todos eles é o que dá um leve alívio cômico para a trama.

Enquanto tudo isso acontece, o Código Zero recebe ameaças de ser descontinuado por conta da grande onda de vampiros aparecer sem explicação. O Comandante Nakajima que controla todo o grupo se mostra muito relutante à ideia. Nesta pequena passagem vemos mais dificuldades sendo encontradas pelos vampiros do Código Zero para além das suas missões noturnas. Dinamizando ainda mais o que a história traz.

NOVAS AMEAÇAS

Os episódios 4 e 5 já nos insere numa nova dinâmica. Novos vampiros começam a aparecer no país, mais precisamente em Yokohama. Novos casos de pessoas infectadas na cidade aparecem, e em um número exorbitante. A cidade possui uma grande movimentação noturna por conta do alto nível de serviços e prostituição no local. O Código Zero é convocado para investigar e parar o acontecido, ao mesmo tempo em que uma grande pressão para que eles sejam substituídos por novos vampiros vindos da Grã-Bretanha acontece. 

Kusuru havia sido treinado por Maeda para que exercitasse mais suas habilidades e não deixasse seus amigos morrerem em batalha. A jornalista Shirase quer investigar ainda mais os casos e entra em contato com um homem misterioso chamado Rufus que a presenteia com um perfume suspeito. Ao falar disto com Defrott, que naquele momento também mostra-se íntimo também do forasteiro, o jovem pede o perfume para ele.

Ao chegarem em Yokohama, pouco tempo depois Yamagami é atacado por diversos humanos transformados em vampiros sem classificação. Kurusu acaba salvando ele sozinho, o que deixa Maeda orgulho. Ao final da missão, ele desmaia sem nenhum motivo aparente, acordando no hospital com Shirase tentando entender o que aconteceu e investigar o caso.

VAMPIROS MAIS FORTES?

Essa horda de vampiros sem classificação aparentemente foi transformada por outros vampiros vindos da Grã-Bretanha a partir do Ascra. Todos eles chegam misteriosamente no Japão e com tom bem ameaçador para todos. Okimura, superior do Comandante Nakajima, o alerta de que chamou novos vampiros vindos da Grã-Bretanha e que ele precisa acabar com o Código Zero e realocá-los. Nakajima se mostra muito relutante e é aí onde acontece uma grande revolta.

Uma grande dinâmica começa a ocorrer em Mars Red, deixando tudo mais enérgico no anime. Maeda, em uma missão escondida, fala para o Código Zero invadir o covil dos vampiros estrangeiro (aparentemente todos de Classe S) e acabar com eles. Nakajima convoca um exército de soldados altamente equipados e armados para acabar com a horda de vampiros sem classificação. Ao mesmo tempo, Ruffus envenena seus superiores libertando os vampiros sem classificação. Todas essas ações deixam a trama de Mars Red ainda mais interessante por tentar entender quais são as reais intenções de cada lado. Okimura se revolta com Nakajima achando que ele foi o responsável pela morte dos vampiros da classe S e acaba sendo morto pelo Comandante.

EXPECTATIVAS

Ao final do quinto episódio, é injetado uma adrenalina imensa. o Código Zero sem entender nada do que está acontecendo tenta entender qual o plano de Maeda, ao mesmo tempo em que ninguém sabe ao certo onde ele está, pois acabou de fugir do hospital. Nakajima agora apresenta-se muito suspeito, ele vai substituir ou não a sua equipe especial por aqueles soldados altamente equipados? E quais as reais intenções de Ruffus? Ele planeja algo com Defrott, porque já demonstrou que ele apesar de jovem é superior e tem o seu respeito? Ou ele pode ter alguma relação com os planos de Nakajima? Quem de fato é Defrott?

Chegamos ao final de tudo isso com uma alta expectativa da trama e muito mistério a se resolver. O próximo episódio está previsto para o dia 10/05 e ainda sem dicas de como tudo isso irá se solucionar.

Siga o Meta no Twitter e Instagram e veja aqui mais resenhas sobre animes.

1 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here