Resenha de A Lenda da Serpente (2019), inspirado em famosa mitologia chinesa

A Lenda da Serpente (2019) se destaca como uma obra cinematográfica que consegue capturar de maneira envolvente a essência da mitologia chinesa, especialmente a fascinante narrativa da Serpente Branca.

A Lenda da Serpente (2019)

Resenha de A Lenda da Serpente (2019), inspirado em famosa mitologia chinesa

A Lenda da Serpente (2019) é uma obra cinematográfica que mergulha nas ricas águas da mitologia chinesa, em particular, na lendária narrativa da Serpente Branca. Este filme, dirigido pelos talentosos cineastas Ji Zhao e Amp Wong, transporta os espectadores para um universo mágico onde mito e realidade se entrelaçam, apresentando uma visão contemporânea e cativante da clássica lenda chinesa. Inspirado na profundidade da tradição cultural, o longa-metragem proporciona uma experiência visual e emocional única, repleta de simbolismo e nuances que refletem a riqueza da herança mitológica chinesa.

Ao explorar os temas atemporais da dualidade, amor proibido e os desafios da imortalidade, A Lenda da Serpente convida o público a embarcar em uma jornada cinematográfica que transcende fronteiras temporais, conectando o passado e o presente de forma sublime. Engraçado que eu assisti antes A Serpente Verde (2021), a animação chinesa que saiu para Netflix, além de trazer a sua resenha. A parte boa que você não precisa necessariamente ter visto ao filme A Lenda da Serpente (2019) para compreender por completo, mas por que NÃO assistir, não é mesmo? É uma produção interessante! Confira abaixo onde assistir e sobre o que se trata!

A Lenda da Serpente (2019)

Ficha técnica

Data de lançamento: Janeiro de 2019 (China)
Título original: Bai She: Yuan qi
Título em inglês: White Snake
Direção: Ji Zhao, Amp Wong
Estúdio: GREAT MOVIES
Produtores: Di Cui, Stephanie Sheh
Elenco: Cheng Ma, Cheng Yin, He Zhang
Gêneros: Animação, Fantasia, Romance
Adaptação de: Lenda da Serpente Branca
Disponível atualmente em: Prime Video

Sinopse:

Um amor se desenvolve entre uma jovem espírito de cobra e um homem caçador de cobras.

Prime Video

Enredo de A Lenda da Serpente (2019)

A Lenda da Serpente (2019)

Já aviso que, mesmo sendo uma história romântica, talvez a sinopse não venda tão bem assim o filme. É muito mais interessante do que parece. Contextualizando algo que contextualizei na resenha de A Serpente Verde (2021): Dentro da mitologia, as irmãs Bai Suzhen e Xiao Qing são duas serpentes demoníacas que se transformam em humanas. Na animação, o nome ocidentalizado das duas irmãs ficou Blanca e Verta. Agora, quanto ao filme A Lenda da Serpente (2019). Em uma manhã, os destinos de Blanca, uma jovem cuja memória se perdeu em um véu de mistério, e Xuan, um nada habilidoso apanhador de cobras originário de uma aldeia próxima, entrelaçaram-se de maneira inesperada e profunda. Xuan, agindo como um anjo guardião improvável, emergiu como o catalisador que desencadeou uma jornada épica repleta de descobertas e reviravoltas emocionantes.

Com a amnésia envolvendo Blanca, a dupla empreendeu uma jornada audaciosa rumo ao desconhecido, buscando desvendar os segredos ocultos de sua verdadeira identidade. Já sabíamos desde o início que ela é uma assassina, foi enviada para matar um general que usava as cobras para aumentar seu poder. O problema é que as cobras estavam quase entrando em extinção com isso. Contudo, demoramos a saber o porquê ela perdeu a memória. Além disso, Xuan e todos os outros de seu povo só caçavam cobras à mando deste mesmo general, não porque era exatamente a atividade favorita local. O próprio Xuan desejava tornar-se médico. À medida que trilham os caminhos sinuosos da descoberta, uma trama emocional se desdobra, alimentando o crescimento de sentimentos profundos e intricados entre eles. O calor do sol testemunha o florescer de uma conexão única, transcendendo os limites do desconhecido.

Mas os problemas sempre pioram…

A Lenda da Serpente (2019)

No entanto, à medida que desenterram os fragmentos do passado de Blanca, os protagonistas inadvertidamente tropeçam em uma teia de intrigas obscuras, onde forças sobrenaturais conspiram e colidem em uma dança perigosa pelo controle do poder. A história deles se torna um épico não apenas de amor e autoconhecimento, mas também de enfrentar as sombras sinistras que ameaçam envolver não apenas suas vidas, mas o próprio destino do mundo.

Cada passo da jornada revela não apenas as complexidades da identidade perdida de Blanca, mas também os elos intrincados que conectam o passado dela às forças sobrenaturais que pairam sobre o tecido do universo. O destino, agora intrinsecamente ligado ao amor florescente entre Blanca e Xuan, pende na balança da incerteza, enquanto eles se encontram no epicentro de uma batalha cósmica que transcende o espaço e o tempo. Falar muito mais do que isso poderá ser um grande spoilers, contudo já posso adiantar que compensa muito assistir essa animação. Outro detalhe é que Verta, irmã de Blanca, também torna-se uma personagem importante no filme. Para quem gostou tanto dela quanto eu, poderá ficar feliz com isso. A jornada de Blanca e Xuan se transforma em um épico inesquecível, tecendo a trama intricada de seus destinos com fios de coragem, amor e o constante suspense do desconhecido.

Trailer

Obrigada por ler até aqui! Você sabia que o portal Meta Galáxia possui muitas resenhas e análises? As nossas últimas resenhas foram Resenha de Oppenheimer (2023), drama histórico protagonizado por Cillian MurphyResenha de Barbie (2023), filme protagonizado por Margot Robbie e Ryan Gosling e Resenha: Compensou assistir Super Mario Bros O Filme (2023)?? Se procura por mais filmes legais, confira em nosso portal: Marte Um: ResenhaBroker – Uma Segunda Chance: Resenha e Crítica Duna 2021 – É bom e vale a pena assistir?? Além disso, você também pode ler a nossa matéria: Critérios – Como fazemos Críticas e Análises.

ANÁLISE CRÍTICA - NOTA
A Lenda da Serpente (2019)
Come to the Dark Side. We have coffee with cookies! ☕
resenha-de-a-lenda-da-serpente-2019-inspirado-em-famosa-mitologia-chinesaA Lenda da Serpente (2019) se destaca como uma obra cinematográfica que consegue capturar de maneira envolvente a essência da mitologia chinesa, especialmente a fascinante narrativa da Serpente Branca. Com uma cinematografia deslumbrante e uma trilha sonora envolvente, o filme transporta os espectadores para um mundo encantador, onde a magia se entrelaça com a realidade de forma cativante. A Lenda da Serpente triunfa ao criar uma narrativa que ressoa com o público, celebrando a riqueza da mitologia chinesa de uma maneira acessível e memorável.

1 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here