Quais filmes de Dragon Ball são canônicos?

Enquanto Dragon Ball se prepara para seu próximo filme, aqui está uma retrospectiva de quais filmes de anime da franquia são realmente canônicos.

Dragon Ball Super: Broly
Dragon Ball Super: Broly (2018)

Quais filmes de Dragon Ball são canônicos?

Dragon Ball é uma franquia de mídia japonesa criada por Akira Toriyama e está entre as franquias de mídia de maior sucesso de todos os tempos. Anteriormente, nós Listamos todos os filmes de Dragon Ball, mas quais deles exatamente são canônicos? Os filmes mais recentes, Dragon Ball Super: Broly de 2018 e Dragon Ball Super: Super Hero de 2022, são considerados cânones para a história abrangente. Contudo, todos os outros filmes são canônicos também?

Antes de começar: o que é algo considerado “canônico” em uma franquia? A expressão se remete a tudo o que faz parte da trama principal da franquia, acontecimentos que são importantes tanto para o enredo em geral quanto para os seus personagens. Além disso, muitas vezes se refere às obras que não seguiram material de origem ou que não contaram com desenvolvimento direto ou indireto do criador original.

Frequentemente contradizendo os detalhes da trama principal, muitos dos filmes de Dragon Ball são cenários hipotéticos divertidos, em vez de continuações diretas. Contudo, há vários filmes que são canônicos. Confira quais são!

Os filmes de Dragon Ball são canônicos?

Todos os filmes de Dragon Ball são canônicos?? A resposta é não. Para começarmos, o primeiro filme de anime de Dragon Ball Z é geralmente considerado canônico. Dragon Ball Z: Dead Zone de 1989 ocorreu aproximadamente um ano antes de DBZ começar com o vilão Garlic, Jr.. Esse é o vilão que utilizou as Dragon Balls para ganhar a imortalidade antes de sofrer exílio.

Os lançamentos Dragon Ball Z: Cooler’s Revenge de 1991 e Dragon Ball Z: Bojack Unbound de 1993 não são canônicos. Contudo, é interessante notarmos que os filmes não contradizem diretamente a série principal. Possivelmente, é algo que mais confunde os fãs. Afinal, como que algo que se encaixa perfeitamente não é oficial? Contudo, nem todos os filmes tiveram a participação – direta ou indireta – de  Akira Toriyama. Ao menos, não no quesito roteiro.

Conforme o próprio autor Akira Toriyama, os seguintes filmes são parte do cânone:

  • Dragon Ball Z: Batalha dos Deuses (2013)
  • Dragon Ball Z: A Ressurreição de Freeza (2015)
  • Dragon Ball Super: Broly (2018)
  • Dragon Ball Super: Super Herói (2022)

Quanto aos mangás e animes canônicos, temos:

  • O mangá Dragon Ball – Lançado por Akira Toriyama
  • O mangá Dragon Ball Super – escrito por Toriyama e ilustrado por Toyotaro
  • Dragon Ball
  • Dragon Ball Z
  • Dragon Ball Z: Kai
  • Dragon Ball Super

Para a surpresa de muitos fãs, Dragon Ball GT e Dragon Ball Heroes não são canônicos. Isso se deve ao fato de Akira Toriyama não participar da criação do roteiro, embora tenha sim criado os designs dos personagens. Ou seja, isso faz com que as obras sejam parte de outra realidade.

Come to the Dark Side. We have coffee with cookies! ☕

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here